Biden planeja falar sobre ‘problemas’ das criptomoedas no G7

Em julho do ano passado, o então candidato disse no Twitter que não tinha Bitcoin, depois de eleito, o presidente tem mantido silêncio sobre criptomoedas.

Siga no
Joe Biden. (Imagem: Wikimedia)
Joe Biden. (Imagem: Wikimedia)

O atual presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, ainda não falou sobre Bitcoin ou qualquer outra criptomoeda durante seu governo, no entanto, a última declaração do conselheiro de segurança nacional, Jake Sullivan, indica que Biden deve levar a questão ao G7.

“É importante lidar com o desafio das criptomoedas que estão no cerne de como ataques de ransomware são realizados. Ransomware é uma prioridade de segurança nacional.” – Disse Sullivan durante uma coletiva de imprensa na Casa Branca.

Sullivan apelou à regulamentação das criptomoedas, o que representa um desafio sobre como ataques de ransomware estão sendo realizados.

Ransomwares

No início da semana, conforme reportado pelo Livecoins, o Departamento de Justiça dos EUA apreendeu US $ 2,3 milhões em Bitcoin pagos em resgate pela Colonial Pipeline a um grupo de hackers conhecido como Darkside.

O conselheiro de segurança nacional do presidente dos Estados Unidos apela ao G7 para se unir e lutar contra esses ataques de ransomware que acontecem de forma consistente contra empresas americanas.

Ele destacou que será necessário desenvolver uma política comum para combater o uso de criptomoedas para fins criminosos.

Problemas das criptomoedas

Sullivan também disse que as autoridades americanas estão planejando discutir problemas relacionados às moedas digitais durante a visita de Biden à reunião do G-7.

Ele mencionou ainda que é necessário um plano para compartilhar informações com outras democracias a fim de superar os desafios das criptomoedas.

Biden viaja na quarta-feira (9) à Europa para demonstrar firmeza a respeito da Rússia. Será um encontro da Otan, outro com a União Europeia (UE) e por fim uma reunião com Vladimir Putin.

A cúpula do G7 está programada para ser realizada no Reino Unido de 11 a 13 de junho. Será a primeira viagem de Biden ao exterior como presidente dos Estados Unidos desde que assumiu o cargo em janeiro.

Lembre-se que, em reunião realizada em dezembro de 2020, os chefes dos Ministérios da Fazenda e dos Bancos Centrais do G7 confirmaram a necessidade de regular as criptomoedas.

Biden e Bitcoin

Em julho do ano passado, o então candidato disse no Twitter que não tinha Bitcoin, depois de eleito, o presidente tem mantido silêncio sobre criptomoedas.

Agora o governo Biden está revisando as regras existentes sobre criptomoedas e determinando se outras restrições são necessárias para proteger os investidores em face da volatilidade do mercado.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

Dono da maior corretora de criptomoedas da Rússia é preso

Dmitry Vasiliev, ex-CEO e fundador da exchange de criptomoedas da Rússia, Wex, foi preso no começo de agosto pela Interpol e levado para um...
Bitcoin regulação. Imagem: ShutterStock

Mais de 60 corretoras de bitcoin deixarão de funcionar na Coreia do Sul

A Comissão de Serviços Financeiros (FSC) da Coreia do Sul, como muitas outras jurisdições, está aumentando o cerco regulatório em relação as corretoras do...
Gráfico de preço da Cardano em alta

99% dos contratos inteligentes da Cardano continuam inativos

A atualização da rede Cardano para que ela passasse a ter contratos inteligentes foi um dos momentos mais aguardados pelos investidores da moeda digital....

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias