Bilionário que comprou Bitcoin acredita que, se tivesse comprado ouro, teria pago caro

Michael Saylor é o CEO da MicroStrategy, que tem uma grande soma de Bitcoin e registra um grande lucro.

Siga no
Mão segurando barra com símbolo do Bitcoin ouro
Mão segurando barra com símbolo do Bitcoin

A MicroStrategy é a empresa de capital aberto que mais comprou Bitcoin publicamente no mundo e o seu CEO, o bilionário Michael Saylor, acredita que se tivesse comprado ouro, teria pago caro.

Desde que começou a comprar Bitcoin, essa companhia, que opera em vários países — até no Brasil —, deixou claro que iria colocar a moeda digital em seu patrimônio como uma forma de reserva de valor contra o Dólar.

Inicialmente, o movimento foi normal, com a MicroStrategy adquirindo vários Bitcoins e anunciando ser uma das primeiras listadas em bolsa a fazer esse movimento. Contudo, Saylor acabou comprando a criptomoeda mais vezes, acumulando mais de 100 mil Bitcoins hoje, em uma experiência otimista.

Dentre as empresas públicas a deter Bitcoin, a MicroStrategy supera até mesmo a Tesla, empresa de Elon Musk, que também investe na moeda digital.

Bilionário Michael Saylor não se arrepende de ter comprado Bitcoin como reserva de valor

Tradicionalmente, quando se pensa em reserva de valor, o ouro pode ser um dos primeiros ativos que se vem a mente uma vez que, a séculos, esse metal precioso é adquirido por pessoas que querem proteger seu poder de compra, principalmente em momentos de crise.

Desde 2020, com a diminuição na oferta de empregos e uma estagnação na economia global, uma nova crise emergiu nos mercados, com os órgãos centrais correndo para salvar bancos e empresas. Para isso, começar a imprimir dinheiro de modo prejudicial.

Por conta deste cenário de preocupação extrema, muitas pessoas estão de olho em ativos que oferecem boa proteção para seu patrimônio.

Esse temor também é compartilhado por bilionários pelo mundo, que possuem dinheiro a perder caso façam um investimento equivocado no mercado.

Michael Saylor está seguro da sua estrategia e tem muita confiança no Bitcoin

Ao contrário de muitos bilionários, Michael Saylor, que comprou Bitcoin e não ouro, não tem nada a temer com seu patrimônio.

Em sua visão, a aquisição da moeda digital se provou satisfatória durante a crise atual. Segundo ele, não basta apenas entender que há um problema; é necessário, também, buscar a solução correta para resolvê-lo.

“Se eu tivesse escolhido ouro ao invés de Bitcoin no ano passado, teria sido um erro de vários bilhões de dólares. Não adianta diagnosticar o problema se você não escolher a solução certa.”

Em sua fala, Saylor ainda compartilhou um gráfico de comparação do ouro com o Bitcoin produzido por sua empresa, a MicroStrategy. Nele os dados apresentados indicam que o ouro perdeu 80% de retorno em comparação com o Bitcoin no último ano e obteve uma deterioração de 98% nos últimos cinco anos.

Em apenas 12 meses, o Bitcoin ainda teve uma alta de 376% no mercado, enquanto o ouro despencou quase 6%. Temido por críticos devido a uma possível volatilidade nos preços, o metal precioso ainda registra uma leve melhora nesse quesito.

No entanto, quando o Sharpe Ratio — um índice que mede um desempenho de um ativo após o ajuste de risco — é analisado, o Bitcoin continua sendo muito superior ao ouro.

Gráfico de preço do ouro e Bitcoin produzido pela MicroStrategy
Gráfico de preço do ouro e Bitcoin produzido pela MicroStrategy

Ao ver o comentário de Michael Saylor em seu Twitter, um dos homens mais ricos do México, o bilionário Ricardo Salinas, concordou com a visão de que o Bitcoin é melhor e de menos risco que o ouro, mostrando que pessoas ricas estão cientes do potencial da moeda digital.

“Concordo Totalmente!”

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Youtube NFT

Google lança coleção de NFTs e distribui para Youtubers

Sem alarde, o Google lançou uma coleção de NFTs e distribuiu para alguns criadores de conteúdo no Youtube. No Brasil, dois canais revelaram os...

Crypto.com é hackeada e perde R$ 82 milhões, usuários relatam perdas

Na manhã desta segunda, a crypto.com, uma das maiores plataformas de criptomoedas do mundo, suspendeu saques alegando "atividades suspeitas". Sem dar muitos detalhes, muitos...

CVM da Espanha fecha o cerco para influenciadores de criptomoedas

A Espanha anunciou novas regras para influenciadores de criptomoedas. A partir do mês que vem, a Comissão Nacional do Mercado de Valores da Espanha...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias