Binance apresenta Margin trading em sua plataforma

Siga no

A exchange Binance liberou acesso a um site beta que mostra a opção de margin trading (trading com margem), permitindo que seus usuários operem alavancados.

O site mostra 9 pares, BNB/BTC, BNB/USDT, BTC/USDT, ETH/BTC, ETH/USDT, TRX/BTC, TRX/USDT, XRP/BTC e XRP/USDT e é preciso ter uma conta verificada para operá-los.

O margin trading é uma forma de operar montantes maiores aos quais você possui, onde você fornece uma porcentagem do valor total como garantia, atualmente a alavancagem máxima na Binance é de 2x, ou seja, uma razão de 2:1. Ou seja, você poderá lucrar duas vezes mais, e do outro lado da moeda, perder duas vezes mais e até mesmo ser liquidado e ficar sem nada.

A própria exchange faz um lembrete importante dos riscos:

Trading com margem remete-se a um potencial de lucros maiores, mas também a maiores riscos. Esteja ciente que em tempos de extrema volatilidade de mercado, há o risco de seus ativos serem liquidados.

A Binance Chain

Além disso, a plataforma recentemente lançou a sua própria blockchain, fazendo um swap do token BNB da rede Ethereum para a sua própria rede que é mais rápida, suporta mais transações por segundo e tem taxas de transação mais baratas, além disso, a sua DEX (exchange descentralizada) já está funcionando.

A cada dia mais projetos migram para a Binance Chain, esta semana foi a vez dos projetos Blockmason (BCPT), Gifto (GTO) e Aeron (ARN), ao que tudo indica, esta é a blockchain que pode tomar o lugar do Ethereum já que muitos projetos, como os três listados acima, estão migrando da rede Ethereum para a Binance Chain, além disso, a Binance está dando a luz a novos projetos como o Harmony.One (ONE), através de suas IEOs (Oferta Inicial de Exchange).

Várias Binances

Além da exchange principal e da descentralizada, ela está expandindo, mostrando opções como a Binance Jersey, Binance Singapore e a Binance Uganda.

As diferenças são simples, a Binance.com é centralizada e trabalha apenas com criptomoedas.

A Binance DEX é descentralizada, ela trabalha em cima da Binance Chain e só é possível operar tokens que estão em sua rede.

Já as exchanges Binance Jersey, Singapore e Uganda trabalham com moedas fiduciárias, a primeira trabalha com libra esterlina e euro, a segunda com dólar singapuriano e a terceira com xelim ugandês. Será que um dia veremos a Binance abrindo uma exchange no Brasil?

No mercado de baixa ou de alta, a Binance continua construindo, gerando empregos e melhorando o ecossistema, recentemente 7000 BTC foram roubados da exchange e através do fundo SAFU, nenhum usuário foi afetado. Ela está fazendo de tudo para continuar no topo e está sendo seguida por várias outras exchanges que copiam os seus modelos de negócio.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
sabotag3x
Top 100 poster @ bitcointalk, altcoin maximalist, interessado em mineração, trading, detalhes técnicos e econômicos. Do zero ao milhão em 6 meses com a Iconic Services. Nunca comprei 1 bitcoin, nem mesmo 1 satoshi, e não pretendo comprar.

Criptomoedas mais populares atualmente são de jogos

De acordo com medidores de popularidade de criptomoedas, uma nova tendência parece estar começando dentro do mercado de criptomoedas: a popularização dos ativos ligadas...

Sob pressão regulatória, maior corretora de Bitcoin do mundo decide limitar saques de novos...

A Binance, maior corretora de criptomoedas do mundo, sempre teve uma postura não muito rígida em relação as regras de KYC (identificação de clientes)...
Movimentos de baleias em gráfico do Bitcoin

Baleias compraram 170 mil bitcoins nas últimas cinco semanas

Um recente estudo publicado pela Santiment revelou que as baleias (grandes detentores) compraram 170 mil bitcoins nas últimas cinco semanas, avaliados em cerca de...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias