Bitcoin pode ser uma arma financeira chinesa, diz co-fundador do PayPal

O polêmico bilionário conservador disse ainda que "as criptomoedas são libertárias, e a Inteligência Artificial é comunista."

Siga no
Peter Thiel
Peter Thiel

O renomado investidor bilionário e entusiasta do Bitcoin, Peter Thiel, fez um alerta acerca do grau de controle que a China tem sobre a moeda digital e sugeriu que o governo dos Estados Unidos deve considerar regulamentações mais rígidas para as criptomoedas.

A afirmação aconteceu durante um evento virtual realizado por membros da Fundação Richard Nixon, onde ele expressou sua preocupação com o fato de o Bitcoin constituir uma ameaça ao dólar norte-americano.

Apesar de Thiel se definir como um “pró-cripto”, e um “maximalista do Bitcoin”, suas afirmações revelam uma preocupação sobre a possibilidade de a moeda digital representar um risco para a nação americana, principalmente de um perspectiva geopolítica no que muitos descrevem como uma “guerra comercial com a China”.

“Eu me pergunto se neste ponto o Bitcoin também deve ser visto em parte como uma arma financeira chinesa contra os EUA … Ele ameaça o dinheiro fiduciário, mas especialmente o dólar americano … em face do longo alcance da China no Bitcoin, talvez de uma perspectiva geopolítica, os EUA deveriam estar se perguntando algumas questões difíceis sobre como exatamente isso funciona.”

Empresas de tecnologia

O bilionário que é co-fundador do PayPal, abandonou o Vale do Silício em 2018, alegando que o berço de grandes empresas de tecnologia havia se tornado um “estado de partido único”.

Ele afirmou que o escrutínio das empresas de tecnologia americanas também deveria incluir a Apple, que “pode ser considerada como provavelmente a única empresa de tecnologia que é um problema real para os interesses dos EUA”, acrescentando que “a Apple tem sinergias reais com a China”.

Thiel chamou a atenção da comunidade de criptomoedas para pedir ao governo dos EUA para considerar regulamentações mais rígidas contra a China.

“Do ponto de vista da China, eles não gostam que tenhamos essa moeda de reserva, pois ela nos dá muita vantagem … como nas cadeias de abastecimento de petróleo …

Eles não querem que o Reminbi se torne a moeda de reserva porque então eles teriam que abrir conta de capital, perdendo parte do controle centralizado tão importante que eles prezam.

O euro talvez pudesse ser visto como uma arma chinesa potencial contra o dólar … embora a última década não tenha funcionado dessa forma … mas a China pode ter gostado de ver duas moedas de reserva e alavancado o euro.”

Ele também expressou preocupação com o fato de empresas como o Google terem algum tipo de vínculo comercial com a China, e criticou o fato de os EUA não terem banido o TikTok, pois, segundo ele, isso acarreta em um grande risco para uma possível mineração de dados em grande escala.

China e Bitcoin

Naturalmente é estranho sugerir que a China esteja por trás do Bitcoin – controlando e usando ele como uma arma – já que se trata de uma moeda descentralizada e, portanto, sem um controlador central. Mas para analistas e críticos esta tese tem importância especial diante de grupos de mineradores que apoiam a moeda digital.

O governo chinês tem uma postura negativa em relação ao uso de Bitcoin, chegando até mesmo a proibir corretoras no país, mas ao mesmo tempo, em termos de mineração, mais de 60% do poder de computação do Bitcoin está na China.

Quatro das maiores pools de mineração do mundo – Antpool, F2Pool, Poolin e Huobi.pool – são administradas por empresas chinesas. Além disso, a maior corretora do mundo em termos de volume negociado, a Binance, também é chinesa.

Mineração de Bitcoin no mundo. Fonte.
Mineração de Bitcoin no mundo. Fonte.

Muitos comentários classificaram as afirmações do bilionário como críticas infundadas, e que talvez pudessem ser interpretadas como ele apenas afirmando o fato de que a criptomoeda é vista como uma ameaça real ao dólar, e se a China quer que o dólar americano pareça estar enfraquecendo, faz sentido que eles comprem ou minerem Bitcoin.

Bitcoin é libertário, Inteligência Artificial é comunista

O polêmico bilionário conservador disse ainda que “as criptomoedas são libertárias, e a Inteligência Artificial é comunista.” Ele falou especificamente sobre conceitos de descentralização e centralização.

“As criptomoedas são normalmente de código aberto, o que significa que qualquer pessoa com habilidade técnica pode contribuir. Além disso, qualquer pessoa descontente com a trajetória de uma determinada criptomoeda pode “copia-la”, criando uma nova moeda (como vimos tanto no Bitcoin quanto no Ethereum). As criptomoedas também são projetadas para serem extralegais – além do alcance do governo – embora, é claro, a SEC e a receita federal (IRS) esperem anular essa noção.”

“Enquanto isso, a inteligência artificial depende da tendência que veio antes dela, big datas são coletados por grandes entidades. Historicamente, regimes comunistas como a União Soviética e a China maoísta buscaram criar economias de comando altamente centralizadas”, disse ele. “Uma IA suficientemente poderosa poderia realizar o sonho do burocrata de prever com precisão a produção de batata dos agricultores camponeses com meses de antecedência, a milhares de quilômetros de distância.”

Veja o vídeo completo abaixo:

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Homem segurando criptomoedas em mão

Secretários de Macaé são acusados de enriquecimento ilícito e investimentos “elevados” em criptomoedas

Alguns secretários municipais de Macaé foram acusados em redes sociais de obter enriquecimento ilícito e negociar criptomoedas, obtendo para si vantagens indevidas. A negociação de...
Homem jogando dinheiro para cima bilionários do Bitcoin

Usuário compra bitcoin por 11 mil dólares durante flash crash da Binance

Durante uma queda repentina nos preços de várias moedas na Binance americana, onde o Bitcoin chegou a ser negociado por 8.200 dólares por menos...

Bitcoin atingiu novo recorde histórico, o que mudou na rede?

OÉ importante manter a conjuntura Macro clara, e para isso, os indicadores cíclicos continuam atualizar a cada dia que passa junto com o preço...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias