Bitcoin pode ser uma arma financeira chinesa, diz co-fundador do PayPal

O polêmico bilionário conservador disse ainda que "as criptomoedas são libertárias, e a Inteligência Artificial é comunista."

Siga no
Peter Thiel
Peter Thiel

O renomado investidor bilionário e entusiasta do Bitcoin, Peter Thiel, fez um alerta acerca do grau de controle que a China tem sobre a moeda digital e sugeriu que o governo dos Estados Unidos deve considerar regulamentações mais rígidas para as criptomoedas.

A afirmação aconteceu durante um evento virtual realizado por membros da Fundação Richard Nixon, onde ele expressou sua preocupação com o fato de o Bitcoin constituir uma ameaça ao dólar norte-americano.

Apesar de Thiel se definir como um “pró-cripto”, e um “maximalista do Bitcoin”, suas afirmações revelam uma preocupação sobre a possibilidade de a moeda digital representar um risco para a nação americana, principalmente de um perspectiva geopolítica no que muitos descrevem como uma “guerra comercial com a China”.

“Eu me pergunto se neste ponto o Bitcoin também deve ser visto em parte como uma arma financeira chinesa contra os EUA … Ele ameaça o dinheiro fiduciário, mas especialmente o dólar americano … em face do longo alcance da China no Bitcoin, talvez de uma perspectiva geopolítica, os EUA deveriam estar se perguntando algumas questões difíceis sobre como exatamente isso funciona.”

Empresas de tecnologia

O bilionário que é co-fundador do PayPal, abandonou o Vale do Silício em 2018, alegando que o berço de grandes empresas de tecnologia havia se tornado um “estado de partido único”.

Ele afirmou que o escrutínio das empresas de tecnologia americanas também deveria incluir a Apple, que “pode ser considerada como provavelmente a única empresa de tecnologia que é um problema real para os interesses dos EUA”, acrescentando que “a Apple tem sinergias reais com a China”.

Thiel chamou a atenção da comunidade de criptomoedas para pedir ao governo dos EUA para considerar regulamentações mais rígidas contra a China.

“Do ponto de vista da China, eles não gostam que tenhamos essa moeda de reserva, pois ela nos dá muita vantagem … como nas cadeias de abastecimento de petróleo …

Eles não querem que o Reminbi se torne a moeda de reserva porque então eles teriam que abrir conta de capital, perdendo parte do controle centralizado tão importante que eles prezam.

O euro talvez pudesse ser visto como uma arma chinesa potencial contra o dólar … embora a última década não tenha funcionado dessa forma … mas a China pode ter gostado de ver duas moedas de reserva e alavancado o euro.”

Ele também expressou preocupação com o fato de empresas como o Google terem algum tipo de vínculo comercial com a China, e criticou o fato de os EUA não terem banido o TikTok, pois, segundo ele, isso acarreta em um grande risco para uma possível mineração de dados em grande escala.

China e Bitcoin

Naturalmente é estranho sugerir que a China esteja por trás do Bitcoin – controlando e usando ele como uma arma – já que se trata de uma moeda descentralizada e, portanto, sem um controlador central. Mas para analistas e críticos esta tese tem importância especial diante de grupos de mineradores que apoiam a moeda digital.

O governo chinês tem uma postura negativa em relação ao uso de Bitcoin, chegando até mesmo a proibir corretoras no país, mas ao mesmo tempo, em termos de mineração, mais de 60% do poder de computação do Bitcoin está na China.

Quatro das maiores pools de mineração do mundo – Antpool, F2Pool, Poolin e Huobi.pool – são administradas por empresas chinesas. Além disso, a maior corretora do mundo em termos de volume negociado, a Binance, também é chinesa.

Mineração de Bitcoin no mundo. Fonte.
Mineração de Bitcoin no mundo. Fonte.

Muitos comentários classificaram as afirmações do bilionário como críticas infundadas, e que talvez pudessem ser interpretadas como ele apenas afirmando o fato de que a criptomoeda é vista como uma ameaça real ao dólar, e se a China quer que o dólar americano pareça estar enfraquecendo, faz sentido que eles comprem ou minerem Bitcoin.

Bitcoin é libertário, Inteligência Artificial é comunista

O polêmico bilionário conservador disse ainda que “as criptomoedas são libertárias, e a Inteligência Artificial é comunista.” Ele falou especificamente sobre conceitos de descentralização e centralização.

“As criptomoedas são normalmente de código aberto, o que significa que qualquer pessoa com habilidade técnica pode contribuir. Além disso, qualquer pessoa descontente com a trajetória de uma determinada criptomoeda pode “copia-la”, criando uma nova moeda (como vimos tanto no Bitcoin quanto no Ethereum). As criptomoedas também são projetadas para serem extralegais – além do alcance do governo – embora, é claro, a SEC e a receita federal (IRS) esperem anular essa noção.”

“Enquanto isso, a inteligência artificial depende da tendência que veio antes dela, big datas são coletados por grandes entidades. Historicamente, regimes comunistas como a União Soviética e a China maoísta buscaram criar economias de comando altamente centralizadas”, disse ele. “Uma IA suficientemente poderosa poderia realizar o sonho do burocrata de prever com precisão a produção de batata dos agricultores camponeses com meses de antecedência, a milhares de quilômetros de distância.”

Veja o vídeo completo abaixo:

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

Dogecoin passa banco Itaú, Santander e Bradesco em valor de mercado

Dogecoin, a criptomoeda feita como uma piada, surpreendeu o mundo após disparar 150% em poucas horas e ser negociada por um valor recorde de...

Pelé terá coleção NFT na plataforma Ethernity

Edison Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, é o mais famoso jogador de futebol da história e é um grande ícone para os...

Rothschild investe R$ 26 milhões em Ethereum

A Rothschild Investment adquiriu mais de 265.302 ações da Grayscale Ethereum Trust, marcando seu primeiro investimento em Ethereum, o ativo digital nativo da plataforma...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias