Bitcoin cai com rumores de guerra entre Rússia e Ucrânia

Em caso de guerra, é comum a busca por ativos de reserva de valor.

Bitcoin com bandeira da Ucrânia e da Rússia
Bitcoin com bandeira da Ucrânia e da Rússia

O Bitcoin está em queda no mercado com rumores de uma guerra iminente entre Rússia e Ucrânia, que começa a movimentar o noticiário mundial. A tensão envolve também os Estados Unidos e OTAN, que são contra uma invasão russa.

Os problemas entre os países escalaram novamente nos últimos meses, mas nesta sexta-feira (11) chegou a um clima de maior tensão. Um secretário dos Estados Unidos declarou que a Rússia poderá invadir a Ucrânia a qualquer momento, após o país enviar caças F-15 para a região.

Países vizinhos viram a Rússia reforçar de tropas suas fronteiras, apesar das garantias de Putin de que não deve invadir seu vizinho.

De qualquer forma, o mercado de Bitcoin reage com queda de 4% nas últimas 24 horas e chega a ser novamente negociado a US$ 42 mil por unidade.

Embaixadas começam a proibir viagem de sua população para região, Japão pede que população saia da Ucrânia

O mundo já viu duas grandes guerras no passado, e uma terceira corrida armamentista parece ser contra o progresso e evolução dos últimos anos. Mesmo assim, um possível combate militar entre Rússia e Ucrânia vem sendo travado desde que a Crimeia foi anexada pelo governo russo.

Mas novamente a tensão chega para abalar a confiança de paz e países como a Coreia do Sul já emitiram comunicados para que sua população não visite aqueles países, assim como outros europeus como a Inglaterra.

Já o Japão pediu que sua população presente nesses territórios saiam imediatamente da região, segundo o Conflict News.

Não está claro se uma guerra de fato irá ocorrer na região e nem qual seria sua proporção, mas essa suposição levou investidores a buscarem ativos de reserva de valor.

Critico do Bitcoin, Peter Schiff disse que único porto seguro para uma invasão russa é ouro

Com a queda do Bitcoin no mercado em meio a rumores de uma invasão russa na Ucrânia, Peter Schiff publicou nesta sexta-feira (11) que apenas o ouro é um porto seguro. Segundo ele, quem comprar títulos de tesouro dos EUA terão seu patrimônio derretido, visto que a inflação pode aumentar ainda mais.

“Os investidores que compram títulos do Tesouro dos EUA como um porto seguro devido ao risco geopolítico elevado estão cometendo um grande erro.”

Apesar da fala do crítico deixando o Bitcoin de fora como porto seguro, vale lembrar que no início da pandemia uma grande queda ocorreu no preço da moeda digital, que se recuperou rapidamente e acabou superando o ouro, dólar e outros ativos tanto em 2020 quanto em 2021.

Dessa forma, o mercado acompanha a nova queda de mercado do Bitcoin com atenção, ainda que essa possa ser apenas uma simples correção de preço após dias de alta.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias