Bitcoin cai e queda pode ser ainda maior

Promoção de fim de ano?

Siga no
Gráfico de Preço do Bitcoin
Gráfico de Preço do Bitcoin

O Bitcoin despenca seus preços nesta terça, porém, a queda pode ser ainda maior. Cotado em cerca de U$ 6,800, os olhares estão no suporte de U$ 6,500.

Após fechar no dia 16 abaixo de U$ 7 mil, os traders de Bitcoin tem visto um cenário perigoso no fim de ano. Isso porque, a última vez que o Bitcoin fechou abaixo da marca foi em maio de 2019, ou seja, passou quase sete meses acima de U$ 7 mil.

Com a retração, alguns traders tem buscado entender onde o preço do Bitcoin pode parar. A marca de U$ 6,500, para alguns, poderá definir o futuro da moeda nos próximos meses.

Bitcoin despenca e traders acompanham preços de olho em mais queda

De acordo com análise postada por Vildana Hajric na Bloomberg, o Bitcoin está em uma zona de risco para os preços. A proximidade com o suporte em U$ 6,500 é o que mais chama atenção.

A análise feita por Vildana acredita que, se caso o Bitcoin perca o suporte, a queda pode levar os preços até U$ 4 mil dólares. O cenário certamente é desesperador neste sentido, de forma que o Bitcoin viu essa região de preços pela última vez em março de 2019.

Para o analista Matt Maley, as altas e baixas do Bitcoin nos últimos meses não tem sido boas. Além disso, o analista afirmou que a tecnologia da moeda digital poderá demorar até uma possível adoção.

No lado fundamental das coisas, acho que o Bitcoin é viável, mas vai demorar muito mais do que a maioria das pessoas pensa para ganhar tração.

Para Vildana, um grande problema da atual queda de preços é relacionado às pirâmides financeiras de Bitcoin. De acordo com a analista, uma pirâmide estaria por trás da queda, ao vender os BTCs angariados com um golpe.

Pirâmide PlusToken está vendendo Bitcoin em massa

De acordo com um relatório da Chainalysis, a pirâmide PlusToken estaria vendendo Bitcoin no mercado. A fraudulenta operação conseguiu 180 mil bitcoins em um golpe, que estariam sendo despejados nas corretoras. A pressão das vendas estaria fazendo com que os preços do Bitcoin despenquem.

Além disso, a pirâmide estaria utilizando mixers de Bitcoin e mercado OTC para fazer os despejos. Ou seja, será difícil para o movimento de baleia, que está vendendo em massa as moedas digitais.

Na última segunda, o Bitcoin chegou a registrar uma desvalorização superior a 5% em menos de 24 horas. Em resumo, o fim de ano poderá ser de vendas, caso as pirâmides continuem a despejar os frutos de seus golpes no mercado.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Universidad Americana Imagem: Divulgação

Universidade privada do Paraguai vai aceitar pagamentos em Bitcoin e Ethereum

A Universidade Americana do Paraguai vai começar aceitar pagamentos em criptomoedas a partir de agosto, os alunos poderão pagar por cursos e graduação com...
Mulher usa ATM do Santander no Reino Unido

Santander testa ferramenta para rastrear criptomoedas

O Santander quer entender como os seus clientes usam as criptomoedas em simultâneo as contas correntes. Para isso, o banco testou uma ferramenta da...
john mcaffe

Suicídio de John McAfee em prisão na Espanha levanta suspeitas

John McAfee, fundador da empresa de tecnologia McAfee, foi encontrado morto na tarde de hoje (23) na cadeia espanhola de Brians 2, localizada em...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias