Bitcoin em queda? Baleia compra sozinha 30 mil bitcoins

Isso não é algo de se espantar, as baleias são conhecidas por surgirem em momentos de queda para acumular ainda mais bitcoins para o futuro.

Siga no
Baleia Bitcoin. (Imagem: Adobe Stock)
Baleia Bitcoin. (Imagem: Adobe Stock)

Com a recente queda do Bitcoin, muitos estão acreditando que estamos entrando em um mercado de baixa, o famoso “inverno cripto” – a principal criptomoeda do mercado acabou caindo abaixo de US$ 30 mil, uma marca psicológica muito importante.

Com isso, muitos estão esperando que US$ 25 mil seja o próximo nível, que também pode ser quebrado. Mas enquanto a queda preocupa vários investidores, as baleias (grandes detentores) estão aproveitando “para comprar com desconto”.

Várias carteiras que estão entre as maiores do ecossistema começaram a acumular a moeda digital de maneira sincronizada desde o último final de semana (17-18 julho), assim, de acordo com dados do BitInfoCharts, as maiores carteiras de Bitcoin do mundo, todos os endereços entre o rank 89º e 106º, com exceção do 90º, acumularam um total de 28.377 bitcoins a um valor aproximado de US$ 842 milhões, cerca de 4.3 bilhões de reais.

Apenas neste período de 2 dias, as 17 carteiras que tinham exatamente 8 mil bitcoins cada aumentaram suas posições. Além dessas similaridades, o site também revela que quatro endereços receberam bitcoins exatamente ao mesmo tempo no dia 17 e outras três receberam ao mesmo tempo no mesmo dia.

Mega baleia compra cerca de 30.000 bitcoins

As carteiras entre a posição 95 e a posição 102 acumularam exatamente 1.661 BTC, enquanto outras três aumentaram 1.693 BTC e outras três 1.639. O resto dos bitcoins foram distribuídos entre os outros endereços sem muitos padrões.

Vale ressaltar também que essas carteiras estavam dormentes desde 2018 e “acordaram” justamente ao mesmo tempo.

Isso indica muito mais do que uma grande coincidência e é bem provável que os endereços pertençam a um mesmo investidor que aproveitou a recente queda para aumentar ainda mais seu portfólio.

Até o momento da escrita desse artigo, os endereços tinham cerca de 164 mil bitcoins, valor aproximado de US $ 5 bilhões. 

Isso não é algo de se espantar, as baleias são conhecidas por surgirem em momentos de queda para acumular ainda mais bitcoins para o futuro.

Isso acontece desde que o ativo digital começou as ser negociado em corretoras

Geralmente, a pressão de venda afeta primeiro os pequenos investidores, que acabam fazendo o preço cair, enquanto investidores institucionais e grandes carteiras aproveitando para acumular as moedas que foram soltas no mercado.

Claro, é impossível determinar o que vai acontecer no futuro com o preço do Bitcoin, mas essa estratégias dos “grandes” é um fator que sempre vemos se repetir, e o que acontece é que a moeda sempre se recuperou, como em 2019 e 2020.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Debate Descentralizado: stablecoins podem impactar outras criptomoedas

As stablecoins são possivelmente um dos pilares do mercado de criptomoedas atualmente. O USDT, por exemplo, é usado como medidor de demanda por investidores....
Trade na Uniswap baleia

Criador da Uniswap quer melhorar negociações de baleias Ethereum

Hayden Adams, o criador da Uniswap quer implementar uma melhoria para as negociações de baleias de Ethereum. Um estudo está sendo feito em conjunto...
US Marshals na vigilância do telhado bitcoin

Polícia americana contrata empresa para armazenar bitcoins apreendidos

A polícia dos Estados Unidos quer guardar os bitcoins apreendidos em operações e para isso, contratou uma empresa especializada, a Anchorage Digital. De acordo com...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias