Bitcoin entra em momento crítico e pode perder suporte de US$ 30 mil, diz Forbes

Siga no
Gráfico de preço do Bitcoin apontando para queda
Gráfico de preço do Bitcoin apontando para queda

Em uma recente análise gráfica publicada na Forbes, o colunista Chuck Jones aponta que o Bitcoin está em um momento crítico, com dois padrões técnicos mostrando que a ação do preço pode indicar que no futuro o mercado de urso ainda terá uma certa força em cima da moeda digital, ameaçando até mesmo o atual suporte psicológico dos US$ 30 mil.

2021 tem sido um ano bem interessante para o Bitcoin, mas a movimentação de preço durante o ano foi um grande exemplo de volatilidade e até importante para nos lembrar como todo o ecossistema ainda tem que amadurecer bastante.

Entre 2020 e 2021 o Bitcoin entrou em um período de forte valorização, a moeda não só conseguiu quebrar antigos recordes, como atingiu seu novo topo em abril, atingindo a máxima de US$ 63 mil.

Mas contrariando a positividade dos investidores, depois de atingir esse recorde o Bitcoin entrou em um período de queda que persiste até hoje, com o preço caindo em mais de 50%, se mantendo próximo do suporte dos US$ 30 mil.

Com isso em mente, Jones argumenta que no gráfico é possível ver dois padrões técnicos se formando, um Padrão de Cabeça e Ombros e um Triângulo Descendente.

O primeiro padrão é quando temos três períodos de topo na seguinte configuração. Topo (Ombro) > Topo maior (Cabeça)> Topo próximo ao nível do primeiro (Ombro).

No Bitcoin podemos ver isso entre março e maio, com uma alta em março, seguido por um novo topo em abril e um um novo topo após uma correção. Esse é um sinal de consolidação de uma tendência de queda, como vimos acontecer nos meses seguintes.

Padrões no preço do Bitcoin marcados em azul. Fonte: Forbes

O gráfico é possível ver que entre junho e julho tivemos uma formação de um triângulo descendente, comum em momentos de queda. O problema é que esse tipo de padrão indica ainda mais força para os ursos, indicando distribuição, ou seja, a venda dos ativos em um período próximo.

Essa combinação é complicada para o preço da criptomoeda, de acordo com Chuck Jones isso pode indicar que o suporte de US$ 30 mil tem a possibilidade de não “segurar”.

“Se os padrões se mantiverem, o que não é uma certeza, e o Bitcoin cair abaixo da base do triângulo, existe o suporte de US$ 30 mil, mas o preço pode facilmente cair abaixo desse nível.”

Com isso, pelo menos no curto a médio prazo, o Bitcoin parece que ainda alcançara novos fundos.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Bitcoin em alta. Imagem: ShutterStock

Bitcoin rompe alta histórica e é negociado acima dos 65 mil dólares

Com um mercado otimista em relação a questões regulatórias, o preço do Bitcoin rompeu a sua máxima histórica de 64.895 dólares registrada em abril...

Criptomoeda “promissora e fora do radar” desaparece com R$3 milhões dos investidores

Golpes envolvendo arrecadação de dinheiro e então um abandono do projeto são bem comuns, mas a CryptoEats foi além. A falsa empresa usou influenciadores...

FCA faz alerta para “jovens” que investem em criptomoedas

Segundo relatório publicado pela Autoridade de Conduta Financeira (FCA) do Reino Unido, a maior parte dos jovens faz investimentos arriscados por conta da competição...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias