Bitcoin entra em momento crítico e pode perder suporte de US$ 30 mil, diz Forbes

Siga no
Gráfico de preço do Bitcoin apontando para queda
Gráfico de preço do Bitcoin apontando para queda

Em uma recente análise gráfica publicada na Forbes, o colunista Chuck Jones aponta que o Bitcoin está em um momento crítico, com dois padrões técnicos mostrando que a ação do preço pode indicar que no futuro o mercado de urso ainda terá uma certa força em cima da moeda digital, ameaçando até mesmo o atual suporte psicológico dos US$ 30 mil.

2021 tem sido um ano bem interessante para o Bitcoin, mas a movimentação de preço durante o ano foi um grande exemplo de volatilidade e até importante para nos lembrar como todo o ecossistema ainda tem que amadurecer bastante.

Entre 2020 e 2021 o Bitcoin entrou em um período de forte valorização, a moeda não só conseguiu quebrar antigos recordes, como atingiu seu novo topo em abril, atingindo a máxima de US$ 63 mil.

Mas contrariando a positividade dos investidores, depois de atingir esse recorde o Bitcoin entrou em um período de queda que persiste até hoje, com o preço caindo em mais de 50%, se mantendo próximo do suporte dos US$ 30 mil.

Com isso em mente, Jones argumenta que no gráfico é possível ver dois padrões técnicos se formando, um Padrão de Cabeça e Ombros e um Triângulo Descendente.

O primeiro padrão é quando temos três períodos de topo na seguinte configuração. Topo (Ombro) > Topo maior (Cabeça)> Topo próximo ao nível do primeiro (Ombro).

No Bitcoin podemos ver isso entre março e maio, com uma alta em março, seguido por um novo topo em abril e um um novo topo após uma correção. Esse é um sinal de consolidação de uma tendência de queda, como vimos acontecer nos meses seguintes.

Padrões no preço do Bitcoin marcados em azul. Fonte: Forbes

O gráfico é possível ver que entre junho e julho tivemos uma formação de um triângulo descendente, comum em momentos de queda. O problema é que esse tipo de padrão indica ainda mais força para os ursos, indicando distribuição, ou seja, a venda dos ativos em um período próximo.

Essa combinação é complicada para o preço da criptomoeda, de acordo com Chuck Jones isso pode indicar que o suporte de US$ 30 mil tem a possibilidade de não “segurar”.

“Se os padrões se mantiverem, o que não é uma certeza, e o Bitcoin cair abaixo da base do triângulo, existe o suporte de US$ 30 mil, mas o preço pode facilmente cair abaixo desse nível.”

Com isso, pelo menos no curto a médio prazo, o Bitcoin parece que ainda alcançara novos fundos.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Casa a venda por Bitcoin negócio imobiliário

Bitcoin vira garantia em negócio para crédito imobiliário pela primeira vez

Ao tentar obter um crédito imobiliário um credor de uma negociação comprovou ter Bitcoin e conseguiu ter seu financiamento aprovado. Muitas pessoas quando vão ao...
Abilio Diniz, empresário e bilionário brasileiro

O3 Capital, que tem Abílio Diniz como sócio, investe em ETF de criptomoedas

Uma empresa que tem Abilio Diniz como conselheiro investiu em criptomoedas via ETF listado na bolsa de valores brasileira. A aquisição foi feita pela...
Pessoa guardando Bitcoin em carteira

Regulação fechando o cerco contra corretoras faz investidores sacarem US$ 2,5 bi em bitcoin...

Após a crescente pressão de regulamentação sobre corretoras do mercado de criptomoedas, investidores de Bitcoin seguem enviando seus saldos para carteiras seguras. A análise foi...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias