Bitcoin cai após comentários negativos da SEC sobre ETF da BlackRock

Apesar do 'banho de água fria' neste último dia de junho, o Bitcoin tem tudo para fechar seu quinto mês de 2023 com lucros. Após iniciar o mês nos US$ 27.720, a alta é de cerca de 10%.

O Bitcoin voltou a ser negociado abaixo dos US$ 30.000 nesta sexta-feira (30). O motivo pode estar ligado a uma possível rejeição do ETF de Bitcoin à vista da BlackRock.

Segundo o The Wall Street Journal, a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) teria informado a Nasdaq e a Cboe que os recentes pedidos de ETF “não são suficientemente claros e abrangentes”. Além do ETF da BlackRock, o mesmo comentário vale para outros, como o da também gigante Fidelity.

Conforme o Bitcoin teve uma valorização de 27% em apenas oito dias com a entrada da BlackRock, os rumores de que o ETF pode ser rejeitado preocuparam os investidores. Em sua mínima diária, o Bitcoin chegou a US$ 29.500, menor cotação da semana.

Pedidos de ETF teriam sido devolvidos às gestoras

Além dos comentários negativos, a SEC também teria devolvido os documentos. Segundo as fontes do WSJ, o motivo seria a falta da menção de uma corretora de Bitcoin que serviria como contra-parte.

No entanto, o jornal americano aponta que a BlackRock e outras gestoras podem reenviar os documentos com as atualizações necessárias. Tanto a BlackRock quanto Fidelity, Invesco, WisdomTree e Ark Investment não comentaram a situação.

Apesar do primeiro pedido de ETF de Bitcoin à vista ter acontecido em 2013, há 10 anos, investidores estão confiantes no histórico positivo da BlackRock. No total, a gestora teve 575 pedidos aprovados e apenas 1 rejeitado.

Bitcoin fecha mês de junho no positivo

Apesar do ‘banho de água fria’ neste último dia de junho, o Bitcoin tem tudo para fechar seu quinto mês de 2023 com lucros. Após iniciar o mês nos US$ 27.720, a alta é de cerca de 10%.

Vivendo um ano conturbado, com pressão monetária do Fed e processos contra as maiores corretoras de criptomoedas, o Bitcoin acumula ganhos de 82% desde 1º de janeiro.

Segundo Tom Lee, analista da Fundstrat, o Bitcoin foi “testado em campo” e, com a entrada de Wall Street, pode chegar a faixa dos US$ 200.000 (R$ 1.000.000) nos próximos anos.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias