Bitcoin já tem data marcada para chegar em US$ 100 mil segundo co-fundador da Morgan Creek 

Especialista revela quando preço do bitcoin poderá chegar aos seis dígitos após uma enorme onda de valorização acontecer no mercado.

-

Siga no
Moedas de Bitcoin nas mãos
Moedas de Bitcoin nas mãos

O Bitcoin poderá vivenciar uma valorização incrível nos próximos dois anos. Para Anthony Pompliano, esse aumento elevará o preço da moeda digital ao patamar de US$ 100 mil em breve. O especialista em criptomoedas acredita que isso acontecerá nos próximos 30 meses.

Nos últimos meses o preço do bitcoin vivenciou uma enorme valorização. Com exceção de julho, nos demais meses a criptomoeda viu seu preço aumentar consideravelmente no mercado. Embora uma correção tenha acontecido em julho de 2019, grandes apostas revelam que o preço do bitcoin subirá ainda mais.

Bitcoin vai subir mais de dez vezes até 2021

Anthony Pompliano aposta em uma onda de valorização para o bitcoin nos próximos anos. O palpite do especialista aponta que a criptomoeda deverá ver seu preço aumentar em mais de dez vezes. Sendo assim, o bitcoin chegará em mais de US$ 100 mil no mercado.

Analisando o preço atual da criptomoeda, por volta de US$ 10 mil, seria difícil imaginar essa onda de valorização. Mas, segundo Pompliano, alguns fatores deverão ajudar o preço do bitcoin a subir nos próximos 30 meses.

Halving e outros motivos por trás da valorização

Além do halving que historicamente influencia no preço do bitcoin, outros acontecimentos podem abalar a cotação da criptomoeda no mercado. Pompliano alega que ao mesmo tempo em que o halving acontecerá em maio de 2020, outras movimentações no mercado financeiro mundial deverão refletir no preço do bitcoin.

Em recente entrevista, Anthony Pompliano apontou que até mesmo a emissão de moedas fiduciárias podem impactar no preço do bitcoin. O especialista disse ainda que uma mudança do Fed e das taxas de juros nos Estados Unidos podem fortalecer o halving do bitcoin no próximo ano.

Bitcoin valerá mais que US$ 100 mil no mercado?

Em 2020 a emissão de bitcoin cairá pela metade com o halving. Certamente isso influenciará no preço da criptomoeda, que pode chegar em mais de US$ 100 mil. Pompliano acredita, inclusive, que este valor pode ser considerado moderado. Ou seja, o especialista aposta que o bitcoin poderá valer até mais que isso.

Outra análise revela que o acontecerá em 2021 ainda será pequeno diante do próximo aumento do preço do bitcoin. O perfil Plan B traçou uma trajetória para a criptomoeda que deverá chegar em até US$ 1 milhão. Este valor pode ser atingido pelo bitcoin após o seu segundo próximo halving, que deve acontecer por volta de 2025.

O modelo de análise gráfica do perfil PlanB no Twitter foi capaz de prever a movimentação do bitcoin entre 2013 e 2019 com 99,5% de precisão. O grande número de acertos nas análises anteriores podem corroborar para a grande aposta do bitcoin chegar em US$ 1 milhão nos próximos seis anos. 

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Anúncio

Bitcointrade - 95% dos depósitos aprovados em até 30 minutos!

Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos!

Complete seu cadastro em 5 minutos!
Paulo Carvalho
Paulo Carvalho
Jornalista em trânsito, escritor por acidente e apaixonado por criptomoedas. Entusiasta do mercado, ouviu falar em Bitcoin em 2013, mas era que nem caviar, "nunca vi, nem comi, só ouço falar".

YouTube exibe anúncios de golpe que rouba Bitcoin

Recentemente os golpes com Live Falsas têm se tornado cada vez mais comuns. Curiosamente, a grande maioria delas também estão utilizando o nome de...
Gráficos de ações listadas em bolsa de valores

Nova Bolsa de Valores no Brasil poderá usar Blockchain

O Brasil poderá ver uma nova bolsa de valores sendo instalada no país em breve, segundo rumores. A iniciativa, que estaria sendo conduzida pelo...

Coluna do TradingView: Enquanto o BTC Dorme, as ALTS Fazem a Festa

A mais de 60 dias consolidado, Bitcoin não mostrou reação, do contrário de suas irmãs altcoins. Confira os estudos dos analistas do TradingView. Adrian Caveira BTCUSD depois...