Bitcoin opera em alta nesta segunda-feira. Maior alta de 2 meses.

Siga no
Kroger abandona Visa e estuda aceitar criptomoedas
Imagem: Flick

O mês de Julho tem sido bom para o Bitcoin – nesta segunda-feira a criptomoeda operou em alta e atingiu um recorde de alta dos últimos dois meses chegando a ser negociado por US $ 7.820, no momento da redação deste artigo o valor é de US $ 7.733, o que representa um aumento de 3.88% nas últimas 24 horas.

A criptomoeda que domina o mercado ganhou cerca de um quinto em valor na semana passada enquanto se recuperava da baixa de junho onde chegou a valer US $ 5.900.

O Bitcoin está superando todos os seus rivais mais significativos, como o BCASH que opera em queda de -1.44% – Ethereum, -3% e Ripple, -1%.

As 10 principais criptomoedas em capitalização de mercado mostraram quedas modestas nas últimas 24 horas:

  1. EOS + 0,06%
  2. Bitcoin Cash  -0,09%
  3. Litecoin  -0,36%
  4. Lumens -0.55%
  5. Waves  -1.20%
  6. Cardano  -1,53%
  7. Ethereum  -1,95%
  8. Tron  -1,96%
  9. IOTA  -2,73%

No último final de semana os ministros das Finanças do G20 reuniram-se na Argentina, e a criptomoeda foi um dos assuntos em discussão. No comunicado resultante, o G20 disse que as criptomoedas não “representam um risco global de estabilidade financeira” no momento, mas era importante permanecer vigilante.

Talvez essa notícia esteja alimentando a atual positividade em torno do Bitcoin – afinal de contas, foram as repressões regulatórias na China e na Coréia do Sul que derrubaram o Bitcoin de quase US $ 20.000 em dezembro passado.

A alta mostra maior preferência do investidor pelo Bitcoin como um instrumento financeiro e reserva de valor e não como uma moeda que pode ser usada para comprar uma xícara de café.

Várias criptomoedas superam o Bitcoin em termos de velocidade e taxas transacionais, incluindo Dash, Litecoin, Bitcoin Cash e Ethereum. Mas esses avanços tecnológicos não foram totalmente refletidos no mercado.

Bitcoin ainda domina por causa de sua capacidade de competir com o ouro. Com o blockchain mais antigo e mais popular, sua vantagem de ser o primeiro o tornou um recurso de criptografia mais valioso.

Sua posição de dominância como criptomoeda número um nunca foi derrotada, apesar de uma queda considerável no domínio desde abril de 2013, quando o Bitcoin detinha 94,29% do mercado total de criptomoedas.

Bitcoin também tem uma vantagem com o mercado futuro. Eles foram lançados em dezembro do ano passado pelo CME Group e pelo Cboe Global Markets.

Os analistas também anteciparam o anúncio de um ETF Bitcoin regulamentado. A VanEck, sediada em Nova York, que concluiu recentemente que o Bitcoin vai rivalizar com o ouro, associou-se à plataforma blockchain SolidX para criar um fundo negociado em bolsa (ETF) baseado em Bitcoin. Eles estão trabalhando com a Cboe na proposta.

SEC recebeu muitos e-mails de fãs do Bitcoin expressando uma reação extremamente positiva à proposta do ETF – com uma aprovação de 97%.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
SourceFortune
Leia mais sobre:
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Fundador do Livecoins. Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org

Ex-presidente do banco central da China faz alerta sobre DeFi

O ex-presidente do banco central da China fez um alerta sobre as finanças descentralizadas (DeFi) e sobre as criptomoedas. De acordo com o site...

Índice de medo e ganância do bitcoin de volta à ganância pela primeira vez...

O índice do Bitcoin de medo e ganância, que monitora o sentimento geral dos investidores sobre o mercado, entrou em um estado de ganância...
Michael-Saylor

Michael Saylor: Bitcoin é “uma oportunidade de um trilhão de dólares” para gigantes da...

O CEO da MicroStrategy, Michael Saylor, disse durante uma videoconferência que sua empresa continuará a comprar e manter bitcoin, uma propriedade digital que ele...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias