Bitcoin opera em alta nesta segunda-feira. Maior alta de 2 meses.

Siga no
Kroger abandona Visa e estuda aceitar criptomoedas
Imagem: Flick

O mês de Julho tem sido bom para o Bitcoin – nesta segunda-feira a criptomoeda operou em alta e atingiu um recorde de alta dos últimos dois meses chegando a ser negociado por US $ 7.820, no momento da redação deste artigo o valor é de US $ 7.733, o que representa um aumento de 3.88% nas últimas 24 horas.

A criptomoeda que domina o mercado ganhou cerca de um quinto em valor na semana passada enquanto se recuperava da baixa de junho onde chegou a valer US $ 5.900.

O Bitcoin está superando todos os seus rivais mais significativos, como o BCASH que opera em queda de -1.44% – Ethereum, -3% e Ripple, -1%.

As 10 principais criptomoedas em capitalização de mercado mostraram quedas modestas nas últimas 24 horas:

  1. EOS + 0,06%
  2. Bitcoin Cash  -0,09%
  3. Litecoin  -0,36%
  4. Lumens -0.55%
  5. Waves  -1.20%
  6. Cardano  -1,53%
  7. Ethereum  -1,95%
  8. Tron  -1,96%
  9. IOTA  -2,73%

No último final de semana os ministros das Finanças do G20 reuniram-se na Argentina, e a criptomoeda foi um dos assuntos em discussão. No comunicado resultante, o G20 disse que as criptomoedas não “representam um risco global de estabilidade financeira” no momento, mas era importante permanecer vigilante.

Talvez essa notícia esteja alimentando a atual positividade em torno do Bitcoin – afinal de contas, foram as repressões regulatórias na China e na Coréia do Sul que derrubaram o Bitcoin de quase US $ 20.000 em dezembro passado.

A alta mostra maior preferência do investidor pelo Bitcoin como um instrumento financeiro e reserva de valor e não como uma moeda que pode ser usada para comprar uma xícara de café.

Várias criptomoedas superam o Bitcoin em termos de velocidade e taxas transacionais, incluindo Dash, Litecoin, Bitcoin Cash e Ethereum. Mas esses avanços tecnológicos não foram totalmente refletidos no mercado.

Bitcoin ainda domina por causa de sua capacidade de competir com o ouro. Com o blockchain mais antigo e mais popular, sua vantagem de ser o primeiro o tornou um recurso de criptografia mais valioso.

Sua posição de dominância como criptomoeda número um nunca foi derrotada, apesar de uma queda considerável no domínio desde abril de 2013, quando o Bitcoin detinha 94,29% do mercado total de criptomoedas.

Bitcoin também tem uma vantagem com o mercado futuro. Eles foram lançados em dezembro do ano passado pelo CME Group e pelo Cboe Global Markets.

Os analistas também anteciparam o anúncio de um ETF Bitcoin regulamentado. A VanEck, sediada em Nova York, que concluiu recentemente que o Bitcoin vai rivalizar com o ouro, associou-se à plataforma blockchain SolidX para criar um fundo negociado em bolsa (ETF) baseado em Bitcoin. Eles estão trabalhando com a Cboe na proposta.

SEC recebeu muitos e-mails de fãs do Bitcoin expressando uma reação extremamente positiva à proposta do ETF – com uma aprovação de 97%.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
SourceFortune
Leia mais sobre:
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Fundador do Livecoins. Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org

“Bitcoin não me atrai”, diz André Esteves do BTG Pactual em áudio vazado

Um áudio vazado de uma conversa de André Esteves, banqueiro do BTG Pactual, deixou claro a opinião dele sobre o Bitcoin como um investimento. O...
Dúvida sobre o Bitcoin ser caçado pela China

China pode estar planejando cancelar proibição do Bitcoin

A China tem sido um dos países que mais aparece nos holofotes do setor financeiro, seja ele o tradicional ou então o criptomercado. Com...

Alemanha vai leiloar R$ 75,2 milhões em Bitcoin

O leilão de criptomoedas realizados por diferentes governos tem sido algo cada vez mais comum, e desta vez um estado da Alemanha vai leiloar...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias