Bitcoin passa por choque de oferta e analistas preveem alta

A falta de pressão de venda é vista como uma dos principais sinais de reversão de tendência para um lado positivo.

Siga no

Com a recente alta do Bitcoin, muitos passaram a acreditar que estamos no início de uma segunda corrida de touros que pode levar a moeda digital para novos recordes de preço até o fim do ano. Com isso, muitos estão de olho nos diferentes sinais que podem indicar que a alta prevista realmente é uma possibilidade.

O Bitcoin também está passando por um choque de oferta, com a diminuição do fluxo de bitcoins nas corretoras.

Um dos principais fatores que levam ao aumento de preço do Bitcoin é justamente as dinâmicas de oferta e demanda. Mesmo com notícias negativas como a China banindo a moeda, o bitcoin tem sua valorização determinada principalmente por quanto do ativo está disponível no mercado.

Choque de oferta

O bitcoin parece estar ficando cada vez mais escasso em meio a recente valorização e promessas de novas altas. Análises on-chain mostram que as atividades do bitcoin nas corretoras é praticamente neutra e não há fluxos significantes de venda nas últimas semana.

Isso é uma indicação clara de que os investidores não estão pretendendo vender suas moedas no momento que o atual valor próximo a US$ 55 mil não vai exercer nenhuma pressão de venda tão cedo no mercado.

Não apenas isso, mas dados da Glassnode revelam que a oferta de bitcoin está em uma tendência de queda. Como não há aumento no balanço das corretoras, a pressão de venda é relativamente baixa.

A falta de pressão de venda é vista como uma dos principais sinais de reversão de tendência para um lado positivo.

Preço do Bitcoin (verde) vs a Oferta em corretoras (vermelho), mostrando uma clara relação inversa entre as duas tendências.
Preço do Bitcoin (verde) vs a Oferta em corretoras (vermelho), mostrando uma clara relação inversa entre as duas tendências.

Através do gráfico é possível ver que há uma relação clara entre a diminuição da oferta de bitcoins nas corretoras e o preço da criptomoeda. Da mesma forma, sempre que a oferta aumenta, o preço cai.

Tendência de alta

Se a tendência do Bitcoin se manter, com certeza podemos esperar um momento de alta baseado em muito mais apenas do que dados históricos.

Com vários analistas prevendo a moeda a US$ 100 mil até o final do ano, e a pressão de venda não demonstrando sinal na casa dos US$ 55 mil, o momento é realmente positivo para a maior criptomoeda do mundo e a esperança dos investidores é justificada.

No entanto, o criptomercado é sempre bem imprevisível e é sempre bom tomar cuidado com seus investimentos.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Mãos em Cuba segurando bandeiras com fundo laranja Bitcoin

Empresas em Cuba começam aceitar Bitcoin como pagamento

Enquanto o Bitcoin continua crescendo como reserva de valor para muitas pessoas e empresas, negócios em Cuba já entendem que a tecnologia é um...
Líder da Gas Consultoria Bitcoin em pronunciamento

“Faraó dos Bitcoins” continua preso após audiência de habeas corpus ser adiada

Glaidson Acácio dos Santos, o "Faraó dos Bitcoins", continua preso e seu pedido de habeas corpus será analisado apenas na próxima semana. Os clientes mais...
TradingView

TradingView: Mercado animado após lançamento do ETF de Bitcoin

EFT de Futuros BITO animou o mercado nessa terça-feira, empurrando o bitcoin até os 65mil dólares. Quanto tempo pode durar esse otimismo? Confira os...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias