“Bitcoin pode apodrecer no inferno”, diz ex-VP da Amazon

Bitcoin? Espero que imploda, diz ex-VP da AWS

Em uma postagem em seu blog pessoal, postada no último dia 19, Tim Bray deixou seus pensamentos sobre a tecnologia por trás das criptomoedas após a bolsa australiana abandonar a criação de um sistema de negociação em blockchain.

Ex-vice-presidente da Amazon Web Services (AWS), Bray lembra como a gigante entrou no setor em 2016, pressionada por terceiros que diziam que a blockchain era maravilhosa e tornaria todos outros modelos obsoletos.

Em sua pesquisa, o executivo conta que foi “muito, muito difícil encontrar” aplicativos de blockchain que estivessem realmente funcionando. Na sequência, também nota que o marketing de tais projetos não condiziam com a realidade, mas que havia muito dinheiro entrando.

“A AWS já estava ganhando muito dinheiro com blockchain.”

Um bom exemplo são os nodes de Ethereum, segunda maior criptomoeda do mercado. Dados de agosto apontam que 65% deles estão localizados em data centers, 50% destes na AWS, uso também visto em diversos outros projetos.

Startups aproveitaram a moda das criptomoedas

Buscando entender a utilidade da blockchain, Tim Bray foi buscar respostas daqueles que estavam construindo seus projetos em cima de tal tecnologia. Para sua decepção, descobriu que todos poderiam usar bases de dado comuns.

“Todos eles poderiam usar estruturas de dados do tipo ledger, também assinatura e hashing criptográfico”, lembra o ex-VP da AWS. “Mas, por que eles precisam de blockchain? Faltou clareza sobre isso.”

Na época, o mundo vivia a febre das ICOs — sigla inglesa para Ofertas Iniciais de Moedas — então as pilhas de dinheiro pareciam estar cobrindo a visão geral de muitos.

Como consequência, o mercado ficou entulhado de projetos sem sentido. Sendo este um dos motivos pela grande queda das criptomoedas nos anos seguintes.

Sobre blockchains não necessitarem de confiança para funcionar, Bray nota ao leitor que “neste ponto, como civilização, há de haver confiança”, ignorando uma de suas maiores características.

Bitcoin? Espero que imploda, diz ex-VP da AWS

Finalizando seu artigo, Tim Brady volta seus olhos para a maior criptomoeda do mercado, aquela que deu origem a este novo mercado. Sem exitar, não mostra nenhum amor pelo Bitcoin.

“O próprio Bitcoin pode apodrecer no inferno e espero que imploda amanhã.”

O mesmo sentimento aparece quando o executivo fala sobre restante da indústria, ainda cheio de ganância e golpes.

“Mas o pessoal do Ethereum conseguiu que o Proof-of-Stake funcionasse em escala; bom para eles”, continua Tim Brady, ex-VP da AWS. “Ainda assim, as explosões de esquemas Ponzi de criptomoedas não ligadas ao Bitcoin continuam, em um ritmo tedioso e desanimador.”

Por fim, Bray nota que ainda não está preparado para dizer que a tecnologia blockchain não será útil para nada. Entretanto, afirma que manterá seu ceticismo até que veja algo realmente funcionando.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias

Bitcoin 2024

Últimas notícias