Bitcoin cai para mínima de 3 meses após China emitir novo alerta

Moeda digital é negociada na faixa de US $ 40 mil pela primeira vez desde fevereiro.

Siga no
Preço gráfico do Bitcoin em queda
Preço do Bitcoin em queda

O Bitcoin despencou para mínimas de fevereiro depois que o Banco Popular da China (PBOC) publicou um alerta severo contra o Bitcoin.

De acordo com a conta oficial do WeChat do PBOC, as criptomoedas não devem ser usadas nos mercados financeiros ou na economia real porque não são moedas “reais”.

O que aconteceu? Três associações financeiras apoiadas pelo governo chinês emitiram em conjunto um aviso sobre os riscos decorrentes das criptomoedas. Elas alertaram seus membros para ficarem longe de quaisquer atividades relacionadas a criptomoedas.

“A moeda virtual não tem valor real e os preços são extremamente fáceis de serem manipulados.”, diz o texto.

O comunicado acrescentou que as instituições financeiras não podem definir preços de produtos em qualquer moeda digital e estão proibidas de criar qualquer token digital.

Alguns analistas da indústria observaram que o banco central apenas reforçou uma diretriz antiga e que o governo chinês está tentando deslegitimar o Bitcoin antes do lançamento do Yuan digital.

O Bitcoin que já enfrentava um momento conturbado devido as mais recentes criticas do fundador da Tesla, Elon Musk, caiu mais 10% nas últimas 24 horas. O ativo digital agora é negociado por US $ 40.664, o menor valor em 3 meses.

Bitcoin em queda 18 05 2021
Bitcoin em queda 18 05 2021

Queda de 30% em maio

O mês de abril foi o primeiro do ano em que a moeda digital fechou no vermelho, a criptomoeda enfrentou uma queda de 8% no mês passado, sendo que nos três primeiros meses havia encerrado com valores positivos.

Dados do site CoinGecko mostram que o Bitcoin já caiu 30% nos últimos 30 dias, sendo 26,5% só nas últimas duas semanas.

Bitcoin em queda mês de maio. Imagem: Coingecko
Bitcoin em queda mês de maio. Imagem: Coingecko

De acordo com o portal Bybt, nas últimas 24 horas, posições em criptomoedas no valor de US $ 1,92 bilhão foram liquidadas. Em Bitcoin o volume de pedidos liquidados foi menos da metade – US $ 886 milhões.

O pânico no mercado também afetou as criptomoedas alternativas (altcoins). Assim, quase não há ativos digitais que não estão em queda hoje. O Ethereum caiu para menos de US $ 2.900, superando o Bitcoin na queda. Além disso, as perdas máximas na maioria dos casos estão acima de 20%.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Joe Biden. (Imagem: Wikimedia)

Biden planeja indicar crítica de criptomoedas para Gabinete Controlador da Moeda

Joe Biden, presidente dos EUA, planeja nomear Saule Omarova, professora de direito que publicamente se demonstrou ser contra as criptomoedas, para comandar o Escritório...
Símbolo da Binance líder maior corretora do mundo

Binance diz que intervenção do governo em corretoras é bom para o mercado

A Binance parece ter mudado totalmente a sua estratégia de negócios. Embora a exchange tenha crescido por não criar barreiras, não exigindo dados de...
Detran em Salvador na Bahia corrupção esquema

Esquema de corrupção no Detran-BA teve lavagem de dinheiro com criptomoedas

Um esquema de corrupção no Detran-BA investigado pelo Gaeco apontou que algumas pessoas fizeram a lavagem de dinheiro com criptomoedas. De fato, essa é a...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias