Bitcoin bate novo recorde e se aproxima de R$ 400 mil

Em comparação com a moeda brasileira, a cotação mais alta ainda era de abril de 2021.

Siga no
Bandeira do Brasil e Bitcoin
Bandeira do Brasil e Bitcoin

Em comparação com o Real, o Bitcoin registrou sua máxima histórica nas últimas horas, quando alcançou R$ 380 mil no mercado.

Com o Dólar cotado em R$ 5,54, o movimento finalmente chegou ao par Real, visto que a última alta histórica do Bitcoin era ainda de abril de 2021, quando no dia 14 chegou a ser cotado em R$ 375 mil. Naquela data cada Dólar valia R$ 5,69, com o Bitcoin valendo US$ 64.800,00.

Águas passadas agora, com o Bitcoin valendo US$ 68.500,00, um movimento que chamou a atenção do mercado financeiro mundial. Em uma recente imagem compartilhada por Elon Musk, um casal observava o preço do Bitcoin em US$ 69 mil, o que está próximo de acontecer.

Com a nova alta do Bitcoin/Real, com volume de negociações nas últimas 24 horas sendo registrado principalmente nas corretoras Binance (39%) e BitPreço (18%), quem comprou Bitcoin no primeiro dia do ano já registrou nos últimos meses uma valorização de 150%, apenas em 2021.

O que mudou desde a última alta do Bitcoin no Brasil?

Vale lembrar que o principal par de negociação do Bitcoin não é o Real, mas sim o Dólar. Dessa forma, a cotação da moeda norte-americana impacta o preço da moeda digital no Brasil.

Mesmo com queda na cotação do Dólar, a inflação segue assustando os brasileiros, que de acordo com um auditor da receita viu dobrar o volume de declarações no último ano.

Em abril, o cenário do Bitcoin era bom e muitas empresas como a Tesla já haviam comprado a moeda, algo que continuou a acontecer com a entrada de mais empresas no setor. Além disso, os primeiros ETFs ligados ao setor foram aprovados pela SEC nos Estados Unidos, mostrando uma maturidade do mercado para investidores institucionais.

Outro ponto que merece atenção foi ver El Salvador ser o primeiro país a regular o Bitcoin como moeda de curso forçado, em setembro. Esses pontos macroeconômicos aliados a uma ainda alta do Dólar no Brasil podem ter levado ao novo movimento de máxima histórica do Bitcoin em Real.

Vale lembrar que o último movimento de alta em Real foi importante, mas dois meses depois, em junho de 2021, o Bitcoin registrou a cotação de R$ 145 mil, com uma grande queda no mercado.

Assim, é importante lembrar que quando a máxima histórica é rompida, o mercado ainda está descobrindo os preços e uma volatilidade pode ser esperada.

De qualquer forma, em breve várias corretoras começarão a atuar no Brasil, como a Mint (BTG Pactual), Transfero Group, Crypto.com, e recentemente o 99 Pay passou a vender Bitcoin, mostrando que o mercado local em Real está chamando a atenção de muitas empresas do mercado.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

CEO da Binance se torna o chinês mais rico do mundo, diz site

Changpeng “CZ” Zhao, o famoso CEO da Binance, é um nome muito importante dentro do criptomercado e até mesmo na economia como um todo....
Criptomoeda do Facebook Diem e Libra

Facebook não vai mais proibir propagandas de criptomoedas

Desde o final da alta das criptomoedas em 2017 o Facebook e outras redes sociais limitaram ou até proibiram propagandas e conteúdo patrocinado sobre...

Homem é abordado na rua e obrigado a transferir bitcoins para assaltantes

Os crimes no criptomercado podem acontecer de diferentes maneiras, desde os roubos realizados em golpes digitais até mesmo roubos físicos. A polícia de São...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias