“Bitcoin será moeda corrente no Brasil em breve”, diz Dep. federal Aureo Ribeiro

Projeto de lei que regulamenta o Bitcoin deverá ir para o Plenário da Câmara dos Deputados já nos próximos dias.

Deputado Federal Aureo Ribeiro lei Bitcoin
Deputado Federal Aureo Ribeiro - Crédito: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

O deputado federal Aureo Ribeiro (Solidariedade-RJ), disse em uma entrevista que em breve os brasileiros poderão comprar casas, carros e até McDonald’s com Bitcoin, após aprovação de sua lei, que acontecerá em breve.

A conversa foi com o jornalista Marcio Achilles Sardi, para o Painel Eletrônico, da Rádio Câmara que aconteceu após a aprovação do relatório final do Deputado Expedito Netto (PSD-RO) sobre o Projeto de Lei 2.303/15, que pede a regulação das “moedas virtuais”.

A aprovação aconteceu na última quarta-feira (29), quando a comissão se reuniu e votou pela aprovação do parecer, que ao avançar agora será discutido no Plenário da Câmara dos Deputados.

Deputado brasileiro está feliz com aprovação da “lei Bitcoin” e fim das pirâmides de criptomoedas é iminente

O parlamentar afirmou que a comissão aprovou um projeto muito importante para o Brasil, que trata da criptoeconomia.

Ele disse que os brasileiros estão se deparando em muitos lugares com o Bitcoin, com a possibilidade de comprar, vender e investir neste setor. Contudo, Aureo destacou que o mercado não é regulado e não oferece assim um reconhecimento jurídico.

Ele afirmou que tem certeza que com a aprovação de seu projeto de lei, que conta com um texto “inovador”, vários países copiarão o modelo de regulação do Brasil.

“Debatemos alguns anos ali para chegar a um texto que reconhece esse ativo, que permite a transação deste ativo no nosso país, e que vai ser regulamentado por um órgão do governo, porque a gente vai trabalhar com o Banco Central e com a CVM, dependendo de como vai ser reconhecido este ativo, como valor imobiliário ou moeda de uso diário.”

Aureo Ribeiro acredita que o texto tem qualidade para melhorar a realidade do Bitcoin no Brasil. Questionado sobre o que muda com uma lei para as criptomoedas, o parlamentar acredita que o país se torna uma referência para novos investimentos estrangeiros.

Além disso, as pirâmides financeiras com criptomoedas, como aconteceu em Cabo Frio, com a Atlas Quantum e o Grupo Bitcoin Banco, que utilizaram a tecnologia com a falta de regulamentação aplicaram grandes golpes no país, a lei protege mais o mercado na visão do parlamentar.

Veja o que disse o deputado brasileiro

Outro ponto que a lei de Bitcoin no Brasil dará de vantagem, segundo Aureo Ribeiro, será a compra de produtos e serviços com criptomoedas, como casa, carro e até um McDonald’s, destacou o deputado federal.

“A gente quer separar o joio do trigo, criar uma regulamentação para que você possa transacionar, saber onde você está comprando, saber com quem você negocia, e ter esse ativo para comprar uma casa, um carro, vai no McDonald’s comprar um hambúrguer, vai ser uma moeda corrente no país igual acontece em outros países”.

Para Aureo Ribeiro, o projeto de lei que regulamenta as criptomoedas deverá ir para o Plenário da Câmara dos Deputados já nos próximos dias, ou seja, o Bitcoin poderá ser reconhecido pelo Brasil ainda em 2021.

Segundo ele, a situação conta com apoio do governo e já foi alinhada com o presidente da Câmara dos Deputados Arthur Lira (PP-AL), não havendo então barreiras para que não seja aprovada.

Questionado se o mercado é sustentável, Aureo declarou este é um setor inovador, sustentável, funciona no mundo todo, com lastro e veio para ficar. Em outra resposta, o parlamentar afirmou que a valorização do Bitcoin supera qualquer retorno de ativos listados em bolsa, funcionando exatamente como um investimento em Dólar e ouro.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias