Bitcoin tem terceiro pior mês da história, Matic e Cardano disparam

A Cardano valorizou 33,86% em maio, enquanto a Matic disparou 138,36%.

Siga no
Bitcoin em cima de outras moedas em um pote
Bitcoin em cima de outras moedas em um pote

O mês de maio foi de grandes desafios para o psicológico de quem acompanha o mercado das criptomoedas. Como o Bitcoin acabou registrando uma grande queda, quem se aventurou em projetos alternativos como a Matic e Cardano acabaram aproveitando da disparada desses projetos.

Considerando a capitalização das criptomoedas, as maiores moedas registraram baixas no mês. O preço do Bitcoin é de fato um dos destaques, visto que essa é a maior de todas, com uma desvalorização de 33,36% em 30 dias.

O preço do ativo caiu mais fortemente apenas duas vezes na história – em novembro de 2018 (em 37%) e em setembro de 2011 (em 40%). maio de 2021, portanto, é o terceiro pior mês da história da moeda digital.

Em meados de abril deste ano, o preço do Bitcoin atingiu uma alta histórica de US $ 64,9 mil. Depois disso, o preço da criptomoeda começou a cair, chegando a US $ 30 mil no dia  19 de maio.

Outras que viram grandes quedas foram Ethereum (-7,86%) e Dogecoin (-12,96%), moedas que vinham performando bem nos últimos meses.

Desvalorizações mais expressivas ainda puderam ser vistas na XRP (-30,49%) e Binance Coin (-41,62%).

Bitcoin, Ethereum, Ripple, Dogecoin e Binance Coin desvalorizaram em maio de 2021
Bitcoin, Ethereum, Ripple, Dogecoin e Binance Coin desvalorizaram em maio de 2021 – Reprodução/Coin360

Nem todas as criptomoedas fecharam com seu preço em queda no mês de maio de 2021

A sangria do mercado certamente assustou muitos investidores nas últimas semanas, com a maior parte das criptomoedas positivamente correlacionada com o Bitcoin. Ou seja, as quedas de altcoins se explicariam, pelo menos a maioria, pela queda do BTC.

Se por um lado alguns projetos desabaram, outros surpreenderam no mercado, segurando suas altas.

Dois dos destaques principais a se manter no verde em maio foram a Cardano e a Matic, que registraram bons ganhos.

A Cardano, por exemplo, valorizou 33,86% em 30 dias, enquanto a Matic disparou 138,36%.

Essas altas, vale o destaque, foram as maiores dentre as principais criptomoedas do mercado.

ADA e Matic valorizaram em maio de 2021
ADA e Matic valorizaram em maio de 2021 – Coin360

Por fim, fica claro que o mercado de criptomoedas acompanha a cotação do Bitcoin, que ainda opera em alta de 25,37% em relação ao dólar americano.

Dessa forma, enquanto a principal moeda se manter em alta no ano, oportunidades até podem surgir nas altcoins, que hoje representam cerca de 60% de valor desse mercado.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

NFT pode “matar” o Bitcoin? Qual a relação entre ambos?

É provável que muita gente conheça os NFTs, regularmente confundidos com “arte digital”. A ação ganhou força após Stephen Curry, astro da NBA, e...
Plataformas NFT e Ethereum empresas

Empresas listadas na bolsa apostam no mercado de NFT

O crescimento do mercado de NFTs tem quebrado barreiras mais rápido do que outros recursos relacionados a blockchain. Hoje até mesmo grandes empresas, listadas...
Dúvida sobre o Bitcoin ser caçado pela China

Mineradores brasileiros comentam banimento de Bitcoin pela China

A proibição de Bitcoin pela China nos últimos dias abalou o mercado, com muitas pessoas ficando preocupadas com isso, menos dois mineradores brasileiros que...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias