Bitcoin valoriza 2.163% sobre o ouro nos últimos cinco anos

Em relação a vários ativos, bitcoin sai campeão no período.

Balança com Bitcoin e ouro
Balança com Bitcoin e ouro

Segundo dados do Bitcoin ROI (%), a valorização da moeda digital sobre o ouro e outros ativos nos últimos cinco anos é consideravelmente alta.

Quando se pensa no bitcoin como reserva de valor, uma das funções básicas da moeda, é inevitável para muitos sua comparação com o ouro. Ainda que tenha uma volatilidade maior que o metal precioso, a moeda digital segue na luta para provar a teoria de sua importância no novo cenário de finanças digitais.

Com isso, ao se analisar o histórico de preços do BTC no mercado é importante notar que no longo prazo, como cinco anos, sua alta é relevante e pode mostrar o quanto a perspectiva em relação ao seu preço mudou.

Bitcoin valoriza sobre o ouro 2.163% nos últimos cinco anos

Há séculos o ouro é tratado como um ativo que protege contra inflações e garante aos seus investidores o seu poder de compra. Mas nos últimos anos, com a escalada da inflação em todo mundo, o metal até ajuda em meio a crise.

Em relação ao Dólar, por exemplo, o ouro valorizou pouco mais de 50% nos últimos cinco anos. Ou seja, com sua cotação saindo de US$ 1.287,00 para US$ 1.946,00 hoje, investidores tiveram um bom retorno.

Contudo, no mesmo período o Bitcoin registra uma alta de 3.413% em relação ao Dólar, mostrando que sua proteção foi muito maior que a do ouro para investidores de longo prazo. Mesmo com fortes oscilações no mercado e quedas frequentes, a alta da moeda digital é marcante.

Mas ao se comparar o Bitcoin com o ouro, o BTC valoriza sobre o metal 2.163% neste período. Os dados são da ferramenta Bitcoin ROI (%), que mostra que a alta do Bitcoin sobre a prata também foi de 2.445% no período.

É válido destacar que no período mais curto de 1 ano, o ouro e prata valorizam sobre o bitcoin, com altas de 35% e 27% respectivamente. Mesmo assim, a moeda digital segue no destaque de longo prazo.

S&P 500, Nasdaq e Dow Jones também ficam para trás

Com os dados da ferramenta consultada pelo Livecoins, outros destaques de longo prazo para o Bitcoin aparecem quando se compara com os principais índices financeiros de bolsas de valores dos Estados Unidos.

Ainda que o bitcoin seja uma moeda e não um ativo, a comparação de retorno é exibida pela ferramenta, que apresentou uma alta de 1.745% frente ao S&P 500.

Já em relação ao índice Dow Jones, o BTC leva vantagem de 1.990%, com valorização de 1.229% na comparação com a Nasdaq. No curto prazo de 1 ano, o bitcoin perde em cerca de 30% para todos os três índices.

Ou seja, isso poderia até indicar uma correlação inversa da moeda digital com tais indicadores de mercado. Com esses dados, fica claro que o longo prazo do bitcoin foi positivo nos últimos cinco anos e a moeda protege investidores da inflação e além de oferecer bons ganhos.

Por fim, dados do Mercado Cripto mostram que o Bitcoin volta a valorizar nas últimas 24 horas, com alta de 1,6% em relação ao Real, cotado em R$ 205 mil.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias