Call center de golpes com criptomoedas é desmantelado pela polícia

Os organizadores do esquema usaram sites e plataformas previamente criados para negociação de câmbio de moedas e criptomoedas, títulos, ouro e petróleo para atrair fundos de cidadãos estrangeiros, garantindo o recebimento de lucros excedentes em pouco tempo.

A Polícia Nacional da Ucrânia realizou uma operação focada em criminosos que estavam usando criptomoedas para aplicar golpes financeiros. Durante a operação as autoridades invadiram um call center onde haviam pessoas operando um grande esquema de fraudes por telefone, envolvendo criptomoedas. As informações são do site oficial da Polícia Nacional da Ucrânia. 

Investigadores do Departamento de Investigação Principal da Polícia Nacional da Ucrânia, juntamente com o SBU, bloquearam um esquema criminoso cujo objetivo era aplicar golpes em cidadãos da Ucrânia e países da União Europeia sob o pretexto de estarem realizando negociações e corretagem envolvendo criptomoedas, títulos, ouro e petróleo.

Os organizadores utilizaram equipamentos e software de alta tecnologia, que permitem alterar os números de telefone dos golpistas para os números de instituições bancárias estatais e reconhecidas pelas vítimas.

Policiais durante a investigação realizada no call center fraudulento na Ucrânia.

Esquema se passava por corretoras com lucro rápido

As autoridades descobriram que os funcionários do call centers se apresentavam como especialistas de diferentes instituições bancárias estatais e extorquiam dados confidenciais dos cartões bancários dos cidadãos para roubar contas em toda a Europa.

Os organizadores do esquema usaram sites e plataformas previamente criados para negociação de câmbio de moedas e criptomoedas, títulos, ouro e petróleo para atrair fundos de cidadãos estrangeiros, garantindo o recebimento de lucros excedentes em pouco tempo.

Os sites eram divulgados como maneiras de conseguir dinheiro fácil através de ótimas negociações. No Brasil é comum esse tipo de golpe, sempre prometendo algum robô milagroso ou método revolucionário criado por especialistas.

Ao apostar nessas promessas fáceis, há uma grande chance de que você acabe ligando para um desses call centers.

Cena da ação policial durante a investigação ao call center na Ucrânia.

Além disso, os membros do grupo, usando os bancos de dados com informações de cidadãos estrangeiros que caíram em um recente golpe de criptomoedas, se passaram por uma suposta “Comunidade de corretores de criptomoedas” e ofereceram às vítimas a devolução da criptomoeda roubada em troco de uma comissão. As promessas não eram cumpridas.

Celulares e equipamentos eletrônicos apreendidos

Policiais realizaram buscas autorizadas no local de “call center” e apreenderam equipamentos de informática, telefones celulares e documentos de registros confirmando muito das atividades ilegais.

De acordo com o Código Penal da Ucrânia, os organizadores de todo o esquema e os participantes podem pegar até 12 anos de prisão.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Matheus Henrique
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Últimas notícias

Bitcoin 2024

Últimas notícias