Canadá aprova primeiro ETF de Ethereum do mundo

O ETFs de Bitcoin no Canadá já atraíram cerca de US $ 1,3 bilhão desde que foram lançados, há dois meses.

Siga no

O Canadá está se tornando um dos países mais pró-criptomoedas do mundo. Dois meses depois de aprovar o primeiro ETF de Bitcoin do mundo, os reguladores canadenses agora aprovaram o primeiro fundo de Ethereum negociado em bolsa (ETF).

A aprovação foi concedida à Purpose Investments, empresa de gestão de ativos sediada em Toronto. Ela também foi a primeira a receber aprovação do ETF de Bitcoin da Comissão de Valores Mobiliários do Canadá (OSC) em fevereiro.

Conforme o anúncio da empresa em 16 de abril, a Purpose administrará o ETF, recebendo consultoria da Ether Capital Corporation. A Gemini, corretora americana, será a custodiante dos ativos digitais, e a CIBC Mellon Global Securities Services Company atuará como a administradora do fundo.

Comentando sobre o ETF, o Fundador e CEO da Purpose, Som Seif, disse: “Embora o Bitcoin tenda a receber muita atenção por ser a primeira grande criptomoeda, o que o ecossistema Ethereum representam é uma das mais empolgantes visões de tecnologia hoje na sociedade.”

“Ao lançar o primeiro ETF do mundo que possui e fornece exposição direta ao Ethereum, estamos permitindo que cada investidor tenha acesso a esta oportunidade e ecossistema únicos.”

O ETFs de Bitcoin no Canadá já atraíram cerca de US $ 1,3 bilhão desde que foram lançados, há dois meses. O ETF da Purpose Investments lidera o mercado, com cerca de US $ 1 bilhão em ativos.

O Ethereum é a segunda maior criptomoeda em valor de mercado, o interesse institucional no ativo digital está aumentando dia após dia. O melhor exemplo disso é o enorme sucesso do Ethereum Trust Fund (ETHE) da Grayscale.

Estatísticas do fundo da empresa revelam que o ETHE deu um retorno de 59% aos investidores no final do ano passado e as participações em Ethereum aumentaram 227% desde o início de 2021.

Em qualquer discussão e debate sobre ETFs de criptomoedas, o Canadá está muito à frente dos Estados Unidos, em termos de aprovação de fundos negociados em bolsa.

Os EUA ainda não aprovaram nem mesmo um ETF de Bitcoin, que o Canadá já tem.

A função básica de um fundo negociado em bolsa é permitir que os investidores institucionais se exponham aos ativos digitais, mantendo-os dentro dos limites do sistema financeiro tradicional.

O novo produto baseado em Ethereum deve chegar ao público em breve na bolsa de valores canadense, embora a empresa não tenha indicado uma data de lançamento.

Enquanto isso, outros dois ETFs de Ethereum estão aguardando a aprovação da Comissão de Valores de Ontário. Assim, o Canadá pode lançar 3, e não 1 ETF de Ethereum.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Ethereum RIP

Ethereum morrerá em meados de 2022

O Ethereum morreu. Estamos em meados de 2022, e além de perder a liderança nos smart contracts, não mais figura entre as 20 maiores....
Polícia Civil de Goiás

Servidores do Detran de Goiás são indiciados por corrupção com suspeita de lavagem de...

Servidores do Detran de Goiás são suspeitos de cometer atos de corrupção e até lavagem de dinheiro com criptomoedas. Na ação quatro pessoas foram...

Twitter coloca bandeira da Etiópia na hashtag #ETH, Jack Dorsey está tirando sarro do...

Jack Dorsey, o CEO do Twitter é um grande apoiador do Bitcoin, mas ele não parece apoiar tanto assim outras conhecidas altcoins, como o...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias