Capitalização do Bitcoin está próxima da Netflix

Valor de mercado de moeda está próximo de empresa!

Siga no
Homem assistindo Netflix
Homem assistindo Netflix

O preço das criptomoedas é, assim como em ações, definido por uma oferta e demanda. Com isso, o valor de mercado (market cap) do Bitcoin tem sido relacionado com o de algumas empresas, por exemplo, a Netflix.

Bitcoin (BTC) é a maior criptomoeda em valor de mercado

O Bitcoin passa por uma fase extremamente interessante nos últimos tempos. Desde 2017 que a moeda digital não conseguir dominar mais que 60% do mercado.

Isso certamente foi causado pela ascensão das altcoins no ano de 2017. Enquanto o BTC teve uma valorização meteórica, algumas altcoins valorizaram ainda mais. De fato, com este cenário alguns traders optaram por comprar tais moedas alternativas.

Contudo, o mercado bear (queda de preços) de 2018 empurrou as altcoins para baixas cada vez menores. A maior parte dos projetos perdeu mais que 90% de valor em menos de um ano.

O Bitcoin então teve uma das melhores recuperações do mercado, voltando a representar mais que 60% do mercado todo das criptomoedas. Cabe o destaque que desde junho de 2019, apenas o Bitcoin possui a maior fatia do mercado. Essa realidade só havia sido vista antes de 2017.

Capitalização da Netflix ainda é maior que do BTC

A capitalização de mercado de empresas listadas em bolsa também é definida por oferta e demanda. Com isso, a Netflix possui uma capitalização ainda maior que do Bitcoin.

A gigante de séries e filmes possui atualmente um valor de mercado em U$ 134 bilhões, que daria cerca de R$ 560 bi. Já o Bitcoin possui um valor definido em U$ 130 bi de market cap (mais que R$ 545 bilhões).

Outra empresa que teria o market cap próximo ao do Bitcoin atualmente é a Accenture, com valor de U$ 133 bi. Estas empresas são consideradas de n.º 49 e 50 com maior market cap do mundo.

Segundo apurado pelo Livecoins, mais que 6 mil criptomoedas já foram criadas até o fim de 2019. Ou seja, o mercado de investidores em projetos de moedas digitais não tem apostado suas fichas em alternativas ao Bitcoin, principalmente após junho de 2019.

Domínio do Bitcoin no Market Cap acima de 60% desde 2013
Domínio do Bitcoin no Market Cap acima de 60% desde 2013 – Reprodução/CoinMarketCap

Volume da rede Bitcoin tem queda no dia 03

O volume de transações do último dia 3 de dezembro foi o menor dos últimos 30 dias. A data registrou cerca de U$ 14 bilhões de movimentação nas corretoras pelo mundo.

A última vez que o volume do Bitcoin esteve neste patamar foi em 19 e outubro. Na época, a moeda ainda estava cotada em U$ 7,900 por unidade, com market cap em U$ 143 bilhões.

Mesmo assim, o Bitcoin tem tido um valor de mercado abaixo da Netflix desde 21 de novembro. Antes disso, o market cap do Bitcoin estava bem superior ao da empresa de entretenimento.

No auge da valorização do Bitcoin em 2019 (U$ 13,700), o valor de mercado da moeda foi cerca de U$ 240 bilhões. Ou seja, o Bitcoin chegou ao nível da Intel, que é considerada a 21.ª empresa com maior market cap do mundo.

Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Etiopia-bitcoin

Etiópia descobre bitcoin e volume dispara

O bitcoin chegou à Etiópia, um país africano muito pobre e dividido que se orgulha de nunca ter sido colonizada. A Etiópia é o...
Niall Ferguson

“Bitcoin está vencendo a revolução monetária”, diz premiado historiador da Bloomberg

Niall Ferguson é um premiado jornalista, historiador financeiro, comentarista político e uma figura muito respeitada dentro do mercado financeiro, sendo até um conselheiro de...
Bitcoin-carta-amigos-e-familiares

Desenvolvedor do bitcoin escreve carta para amigos e família: “comprem bitcoin”

O bitcoin continua se mostrando um investimento por diferentes motivos, tanto para quem realiza trades quanto para quem vê a moeda como uma reserva...

Últimas notícias

“Bitcoin está vencendo a revolução monetária”, diz premiado historiador da Bloomberg

Niall Ferguson é um premiado jornalista, historiador financeiro, comentarista político e uma figura muito respeitada dentro do mercado financeiro, sendo até um conselheiro de...

Desenvolvedor do bitcoin escreve carta para amigos e família: “comprem bitcoin”

O bitcoin continua se mostrando um investimento por diferentes motivos, tanto para quem realiza trades quanto para quem vê a moeda como uma reserva...

Comunistas adotam o bitcoin

Use blockchain para “aproveitar os meios de produção monetária”. É assim que começa o livro escrito pelo filósofo Mark Alizart, Criptocomunismo. Ele argumenta que a...