Capitual diz que não procede à informação de que interrompeu operações para a Binance

Empresa que fornecia pagamentos para corretora diz que de sua parte está tudo certo.

Capitual
Capitual

Há sete dias sem operar saques e depósitos no Brasil para seus clientes, a Binance apresentou nesta sexta-feira (24) a nova empresa que irá lhe ajudar a atender seus clientes.

Ao apresentar a novidade, a corretora acabou colocando a culpa no Capitual pela falta de suporte, indicando uma ruptura entre as empresas.

“A Binance, maior provedora global de infraestrutura para ecossistema blockchain e criptomoedas, anuncia a brasileira Latam Gateway como sua nova parceira de pagamentos, em substituição à Capitual, que não oferece mais serviços aos usuários desde a semana passada.”

A Binance ainda diz que a nova empresa oferecerá uma solução melhor para seus clientes, pelo menos até que a aquisição da Sim;paul seja finalizada.

Quando os saques começaram a não cair na Binance, a corretora chegou a dizer que acionará o Capitual na justiça.

O que diz o Banco Capitual sobre o problema com a Binance?

Em nota ao Livecoins, o Banco Capitual explicou seu lado da história, após a recente nota da Binance sobre a nova empresa que assumirá seu processamento de PIX para clientes.

O Capitual informa que os serviços prestados às exchanges internacionais com as quais tem parceria estão funcionando normalmente, portanto não procede à informação de que interrompeu as operações para a Binance. Atendendo a uma determinação do Banco Central, o Capitual trabalhou nos últimos dois meses em uma adequação de sua plataforma tecnológica para melhorar e individualizar o processo de verificação de identidade dos usuários para pagamentos em Reais, com o objetivo de reforçar controles e maior segurança nas operações envolvendo criptomoedas.

De acordo com o Capitual, a nova adequação do Banco Central tem relação com uma circular de 2020, divulgada na imprensa nacional.

“Essa adequação entrou em vigor no último dia 16/6 e atende à notificação recebida pelo Capitual do seu parceiro Banco Acesso, com determinação do Banco Central. O teor é baseado na Circular n.º 3.978/20 do Banco Central, que dispõe sobre procedimentos e controles internos a serem adotados por instituições visando à prevenção da utilização do sistema financeiro para a prática dos crimes de lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo.”

Além disso, as corretoras KuCoin e Huobi estão alinhadas com as novidades da autarquia brasileira e a prestação de serviço a essas empresas continua normalmente. Dessa forma, como a Binance não se adequou a nova medida, que é mandatário para a operação, houve problema o Capitual não conseguiu seguir com sua atuação apenas com essa corretora.

As exchanges parceiras KuCoin e Huobi adequaram seus sistemas às modificações ocorridas na plataforma do Capitual e os serviços prestados a seus usuários em transações com reais acontecem regularmente. No caso da Binance, não houve essa adequação.

O Capitual pauta sua atuação pelo cumprimento da legislação e requisições dos órgãos reguladores e está comprometido com as medidas de combate à lavagem de dinheiro e financiamento de atividades ilícitas no mercado de criptomoedas. Desta forma, entende que as exigências de órgãos regulatórios, como o Banco Central, são mandatórias para sua operação e de seus parceiros comerciais.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias