R$ 2.17 milhões em bitcoin minerados em 2009 são movidos, Satoshi Nakamoto?

Endereço continha Bitcoins que foram mineradores nos primeiros meses da história do bitcoin.

-

Siga no

O mercado de criptomoedas tem sido movimentado por diferentes notícias e mudanças na rede. Porém, essa quarta-feira deixou todo mundo ainda mais agitado com uma movimentação misteriosa de alguns Bitcoins.

Isso porque, os Bitcoins movimentados estavam parados desde 2009 e, supostamente, teriam sido criados em um bloco que pertence a Satoshi Nakamoto.

O endereço 17XiVVooLcdCUCMf9s4t4jTExacxwFS5uh estava dormente desde 9 de fevereiro de 2009. O endereço continha 50 BTC que tinham sido mineradores do bloco 3654, pouco mais de um mês após a mineração do bloco gênesis.

Bitcoins movimentados do endereço que estava inativo.

Esse é um dos possíveis endereços que Satoshi mantinha o dinheiro dos 10 mil blocos que ele minerou no começo do Bitcoin. Vale lembrar que Nakamoto realizou um excelente trabalho em esconder a sua real identidade, por isso, é impossível afirmar que esses Bitcoins tenham algum envolvimento com ele.

A movimentação foi notada até mesmo pelos rastreadores de movimentação de grandes quantidades de moedas, com a Whale Alert postando:

“40 BTC (US$ 391 mil) foram transferidos de uma possível carteira de Satoshi para uma carteira desconhecida.”

Vale notar que a transação utilizou serviços de mixer de endereço, para tornar o endereço destinatário desse valor desconhecido e difícil de ser rastreado.

A “carteira” era tão antiga que as moedas estavam em uma chave pública (p2pk), como era na versão 0.1 da implementação do Bitcoin. Na época da mineração das moedas elas não valiam quase nada, com uma taxa de conversão de US$ 1 para cada 1.300 Bitcoins.

Suposta carteira de Satoshi Nakamoto

É claro que o Twitter, onde a criptocomunidade é mais ativa, os entusiastas e teóricos começaram a imaginar que é Satoshi quem estava movimentando esses valores. As especulações ganham força por causa da idade dessa carteira e que ela foi minerada em um dos blocos na altura 3000.

Nessa época, pouquíssimas pessoas mineravam o Bitcoin, o que aponta ainda mais para Nakamoto.

O analista Joseph Young, com mais de 100 mil seguidores, foi um dos que levantou algumas questões sobre o caso.

“50 BTC de fevereiro de 2009 estão sendo movimentos. Essas moedas são de apenas um mês após o primeiro bloco ser minerado. Não existem muitas pessoas que possam fazer isso, talvez alguém próximo de Satoshi.

A minha pergunta é por que, e não quem, está enviando esses 50 BTC pela primeira vez em mais de 10 anos.”

Outros mineradores já estavam ativos na rede

No entanto, muitos já estão duvidando dessas afirmações e dessas questões. Alguns afirmam que existiam outros mineradores ativos na rede durante o período em que essas moedas foram mineiradas.

Um dos que não acreditam que é Satoshi nesse caso é o usuário @noshitcoins, colaborador do CoinTelegraph e também do site brasileiro Portal do Bitcoin. Ele apontou que essas moedas mineiradas não fazem parte do padrão de Satoshi.

“Esse não é Satoshi. Repetindo. Não é Satoshi”

Craig Wright diz que o endereço pertence a ele

Craig Wright, também conhecido como Faketoshi, listou esse endereço como um dos que ele controla. O documento foi entregue para a corte no caso Wright vs Kleiman, em que uma quantia milionária em Bitcoins está em jogo.

De todos os endereços que Craig diz pertencer a ele, e que prova que ele é Satoshi, estão no arquivo de número 266 do processo.

Claro, isso não prova que Craig é Satoshi e nem ao menos há provas de que Craig realmente é o dono desse endereço. Considerando o histórico do criador do BSV, é bem provável que ele esteja mentindo.

Em 2019, um usuário e um dos primeiros mineradores do Bitcoin, provou que o endereço 16cou7Ht6WjTzuFyDBnht9hmvXytg6XdVT não é de Craig e nem de Satoshi.

Assinatura em um dos endereços antigos de Bitcoin provando que a carteira não pertence a Craig ou a Satoshi

No entanto, vale notar que esse endereço continha Bitcoins que foram mineradores na mesma época do que os movimentados hoje. Isso reforça que a carteira pode não ser de Satoshi (muito menos do Faketoshi).

Parte da transação foi para a Coinbase

Satoshi Nakamoto
Dorian Nakamoto, apontado falsamente como criador do bitcoin devido ao seu nome

Por fim, o mais curioso de toda essa movimentação e toda essa especulação é que parte da transação foi enviada para a Coinbase, uma das maiores corretoras do mundo e a mais relevante no mercado Norte-Americano.

Isso é extremamente curioso porque a Coinbase possui KYC (conheça seu cliente) e várias verificações de identidade. Caso seja Satoshi, a corretora então provavelmente sabe quem ele é, possui fotos de seus documentos e de seu rosto.

É difícil acreditar que Satoshi, após tanto tempo escondido e tantas teorias, iria simplesmente entregar sua identidade para uma corretora.

O mais provável é que algum dos mineradores das antigas tenha encontrado a sua carteira depois de muito tempo perdida.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Anúncio

Bitcointrade - 95% dos depósitos aprovados em até 30 minutos!

Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos!

Complete seu cadastro em 5 minutos!
Avatar
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Mão cheia de Bitcoin e Ouro

“Bitcoin é para jovens e ouro para velhos”, afirma JPMorgan

Durante a crise do COVID-19 o comportamento dos investidores em busca de ativos seguros tem estado em alta. De acordo com o JPMorgan, o...
Hardware Wallet - Ledger Nano S

Falha não corrigida da Ledger pode ocasionar perda de Bitcoins

A Ledger é uma das principais carteiras de hardware do mercado, sendo utilizada por centenas de milhares de holders de diferentes moedas com segurança....
Ouro

Quanto ouro há no mundo?

O ouro é utilizado como moeda há mais de 2.500 anos, portanto não há dúvida sobre as qualidades extraordinárias deste metal precioso. Com 1...