Cashback com Bitcoin chega na rede Hotels.com

Pague sua viagem e receba uma porcentagem de Bitcoin de volta!

-

Siga no
Anúncio

Uma grande adoção ao Bitcoin foi anunciada em uma nova parceria entre duas empresas. Isso porque a rede Hotels.com se uniu com a Lolli, proporcionando aos usuários a possibilidade de obter cashback com Bitcoin.

A novidade, que foi anunciada no último dia 25, faz com que mais de 300 mil hotéis estejam disponíveis com recompensas em Bitcoin. Além disso, a Lolli afirmou que está feliz com a parceria, que não é a primeira do setor.

Pague por sua viagem no Hotels.com e obtenha cashback com Bitcoin (BTC)

Um programa de cashback visa retornar para o comprador uma porcentagem do gasto com sua compra. Entretanto, ainda não existem muitas empresas que fazem cashback com BTC.

Anúncio

Entretanto, a Lolli anunciou que a parceria com a Hotels.com trará cerca de 325 mil hotéis para as criptomoedas. Além disso, as pessoas que pagarem com a Lolli suas viagens terão uma porcentagem de volta.

Certamente a Hotels.com leva mais uma opção para usuários, que já utilizam outros serviços como: Priceline, Booking.com, Hotwire, Hilton, Marriott e VRBO. De acordo com a Lolli, estes possuem parceria com a empresa.

Maiores sites de viagens estão disponíveis para compra com Bitcoin

Segundo a Lolli, dois dos três maiores sites de viagens estão agora disponíveis para compra com Bitcoin. Além disso, usuários serão recompensados por comprar com Bitcoin, o que populariza a moeda digital.

A porcentagem definida como recompensa é de 3,5% em cashback com Bitcoin. Além disso, são cerca de 19 mil locais com 325 mil hotéis disponíveis para locação. O Hotels.com possui 85 sites, com 34 idiomas diferentes, atendendo pessoas de todo o mundo.

Fonte: Blog Lolli

Compras na Adidas, Samsung e Wallmart também é possível com a Lolli

Na seção das lojas parceiras da Lolli no website, opções de compras em diversas lojas são encontradas. Dentre várias, os usuários encontram cashback na Adidas, Samsung e até Walmart. Na Adidas, por exemplo, o cashback com Bitcoin foi definido em 6%.

Certamente há vários níveis de cashback, com lojas superando os 50% de recompensa. Isso torna as criptomoedas mais interessantes no uso para compras, uma vez que fintechs já oferecem tais serviços. Finalmente, o uso do Bitcoin em lojas pelo mundo ganha mais um capítulo, podendo ser um marco na adoção.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Leia mais

Investimento em prejuízo no Brasil

Investimento mais conservador do Brasil dando prejuízo

Muitos que procuram investir nas criptomoedas, como Bitcoin, por exemplo, acreditam que a moeda oferece grandes riscos como reserva de valor. Mas na pandemia...
Bitcoin é a maior moeda digital do mundo

Como a crise ajudou na popularização do Bitcoin?

Com a notícia da pandemia do coronavírus todo o mercado de investimentos tradicional e digital foi impactado com a notícia. Sendo assim, as criptomoedas...

Influenciadores do TikTok receberam R$ 2.7 milhões promovendo golpes

Alguns criadores de conteúdo do TikTok estavam promovendo aplicativos com Adwares e Cavalos de Tróia embutidos. O dinheiro arrecadado pelos influenciadores com a promoção...

Últimas notícias

Binance Webinar em Português fala sobre game baseado em Bitcoin

A Binance organizou um evento para a próxima quinta-feira no Brasil. O webinar da Binance, em português, falará sobre games e cripto, fazendo a...

Como a crise ajudou na popularização do Bitcoin?

Com a notícia da pandemia do coronavírus todo o mercado de investimentos tradicional e digital foi impactado com a notícia. Sendo assim, as criptomoedas...

Influenciadores do TikTok receberam R$ 2.7 milhões promovendo golpes

Alguns criadores de conteúdo do TikTok estavam promovendo aplicativos com Adwares e Cavalos de Tróia embutidos. O dinheiro arrecadado pelos influenciadores com a promoção...