Ex-Casseta & Planeta, Marcelo Madureira fala sobre Blockchain

Comediante defendeu o uso da tecnologia como forma de reduzir custos e a burocracia com a emissão de documentos.

Siga no
Marcelo Madureira Youtube

Marcelo Madureira defendeu o uso da blockchain no Brasil. Para o comediante que fazia parte da rede Globo, a tecnologia pode permitir a autenticação de documentos sem a utilização de cartórios. Madureira defendeu o uso da tecnologia blockchain como forma de desburocratizar o país. O famoso enfrentou um problema para vender um imóvel deixado de herança pelo seu pai.

O comediante fez uma dura crítica ao sistema atual de autenticação de documentos no Brasil. Marcelo Madureira afirmou que a tecnologia blockchain pode revolucionar o sistema de documentação física. O famoso publicou um vídeo em seu canal no Youtube criticando a atuação de cartórios e despachantes.

“Com o blockchain, os cartórios não têm serventia nenhuma”

No vídeo publicado por Marcelo Madureira, a blockchain ganha destaque como sendo uma tecnologia que pode substituir o sistema atual de emissão e autenticação de documentos. Com a tecnologia, os documentos poderiam ser autenticados através da internet. Além disso, poderia significar um custo reduzido para todo o processo.

Antes de citar a tecnologia blockchain como algo promissor para o Brasil, o famoso explicou como um serviço de cartório pode ser algo dificultoso. Ao contar sobre a morte do seu pai, Marcelo Madureira explicou que precisou de retirar uma nova certidão de óbito para o falecido.

Famoso precisou de vender imóvel e encontrou dificuldades

Tudo começou quando o famoso tentou vender um imóvel que foi deixado para ele e os irmãos como herança. O imóvel seria vendido para que a mãe do comediante pudesse ter uma reserva financeira para seus cuidados.

A senhora está com mais de noventa anos, segundo Marcelo. Porém, após a tentativa de venda, ele e os irmãos descobriram que precisariam de uma nova certidão de óbito para o pai. O novo documento era necessário para que o acordo de venda do imóvel fosse concluído.

Certidão de óbito com prazo de validade

Ao procurar o serviço de cartório e um despachante, Marcelo Madureira foi surpreendido com o valor total do serviço. O comediante demonstra grande insatisfação ao saber que teria que pagar R$ 1.800 pelo serviço.

O pai de Marcelo faleceu há nove anos atrás. E segundo o cartório, uma nova certidão de óbito deveria ser expedida. O famoso não entendeu como uma certidão de óbito pode ter prazo de validade. Ao questionar o serviço, Madureira alegou que dessa forma o Brasil não pode avançar.

“O atestado de óbito do meu estava estava vencido. É a primeira vez na minha vida que vejo um atestado de óbito ter validade”.

Leia mais sobre:
Paulo Carvalho
Paulo Carvalho
Jornalista em trânsito, escritor por acidente e apaixonado por criptomoedas. Entusiasta do mercado, ouviu falar em Bitcoin em 2013, mas era que nem caviar, "nunca vi, nem comi, só ouço falar".
Elon Musk. Imagem: Youtube

Rumor: Elon Musk está sob investigação da SEC por causa de tweets sobre Dogecoin

O CEO da Tesla, Elon Musk, pode estar sendo investigado pela comissão de valores mobiliários dos Estados Unidos (SEC) por causa de sua suposta...
MAduro conclama o povo a apostar na nova economia com o Bolívar digital. Imagem: VTV

Maduro anuncia bolívar digital e autoriza abertura de contas em dólares

Os planos de Nicolás Maduro de digitalizar a economia da Venezuela parecem estar avançando, com o anúncio do que ele apresentou como um “bolívar...
Baleia jubarte pulando Bitcoin

Empresas compraram Bitcoin na queda, aponta analista do mercado

Ainda que o Bitcoin tenha começado a se recuperar da queda do início da semana, muitos ficaram assustados com o movimento. Enquanto os pequenos...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias

Maduro anuncia bolívar digital e autoriza abertura de contas em dólares

Os planos de Nicolás Maduro de digitalizar a economia da Venezuela parecem estar avançando, com o anúncio do que ele apresentou como um “bolívar...

Empresas compraram Bitcoin na queda, aponta analista do mercado

Ainda que o Bitcoin tenha começado a se recuperar da queda do início da semana, muitos ficaram assustados com o movimento. Enquanto os pequenos...

JPMorgan recomenda que investidores diversifiquem portfólio com Bitcoin

O JPMorgan é um nome muito importante dentro do setor financeiro, contando com milhares de clientes e investidores. A firma conta com diferentes analistas...

Stone Ridge adiciona Bitcoin ao seu fundo de alternativas diversificadas

Em um momento em que o Bitcoin está no centro das atenções, tanto pelo seu preço que está consolidando na faixa de US$ 50...

Coinbase cita Satoshi Nakamoto em documento enviado à SEC

A Coinbase, uma das maiores corretoras de criptomoedas do mundo e a maior dos EUA, está pronta para ser listada na bolsa de valores...