China bloqueia CoinMarketCap, TradingView e sites de notícias sobre criptomoedas

O bloqueio de serviços de dados de criptomoedas mostra que as autoridades chinesas não apenas baniram as transações de criptomoedas, mas também estão tentando restringir o acesso às informações sobre os mercados.

Siga no
China-bane-bitcoin
China-bane-bitcoin

O governo chinês declarou guerra total ao bitcoin ao proibir transações com os ativos digitais. As autoridades chinesas continuam a ofensiva e agora bloquearam vários sites populares sobre criptomoedas no país, CoinGecko, CoinMarketCap e TradingView são alguns exemplos.

As restrições de acesso afetaram também sites de notícias sobre criptomoedas. Os usuários agora precisam usar VPN para contornar o bloqueio.

A data exata do bloqueio dos sites é desconhecida, mas reclamações massivas dos usuários sobre a impossibilidade de acessá-los começaram a aparecer na manhã desta terça-feira (28).

No aplicativo de mensagens chinês WeChat (similar ao Whatsapp), administradores de grupos sobre criptomoedas começaram a mudar seus nomes e pedir que usuários mudem para o Telegram.

Os administradores de grupos também estão divulgando instruções sobre como usar VPNs (redes privadas virtuais) para contornar os bloqueios.

China não quer que população aprenda sobre criptomoedas

O bloqueio de serviços de dados de criptomoedas mostra que as autoridades chinesas não apenas baniram as transações de criptomoedas, mas também estão tentando restringir o acesso às informações sobre os mercados.

Em 26 de setembro, a corretora de criptomoedas chinesa Huobi anunciou que encerraria todas as contas de usuários chineses até o final do ano.

O Banco Central da China disse que todas as transações relacionadas a criptomoedas são ilegais e deveriam ser proibidas. De acordo com as autoridades chinesas, o comércio de ativos virtuais perturba a ordem econômica, contribui para atividades ilegais, fraude e lavagem de dinheiro.

Em junho, todas as redes de busca chinesas, incluindo a maior delas – Baidu e Sogou, bloquearam resultados de três corretoras de criptomoedas: Binance, Huobi e OKEx.

Em meados de julho, o fundador da corretora BTC China, Bobby Lee, previu uma proibição de criptomoedas na China, já que as autoridades não queriam lidar com um produto financeiro não regulamentado.

Lee aconselhou os mineradores a se livrarem de equipamentos de mineração antes que fosse tarde de mais.

Especialistas acreditam que a legalização de criptomoedas interessa a países com sistema financeiro fraco, que recebem grande fluxo de recursos do exterior.

No início de junho, um desses países foi El Salvador, que reconheceu o bitcoin como moeda de curso legal. O país, com muitos de seus cidadãos trabalhando nos Estados Unidos e enviando dinheiro para casa, está perdendo 1,5% do PIB em taxas de serviço de pagamento.

Os pagamentos de Bitcoin com taxas zero são projetados para resolver esse problema.

O acesso aos sites foi bloqueado pelo “Grande Firewall” – sistema de censura da Internet na China. O site Greatfire.org mostra que os sites de fato não estão mais disponíveis no país.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Celular com aplicativo do PayPal, dinheiro digital

PayPal diz que brasileiros estão prontos para abrir mão do dinheiro físico

Uma pesquisa liberada pelo PayPal nesta segunda-feira (18) indica que os brasileiros estão prontos para abrir mão do dinheiro físico, também chamado de "em...
Encontro marcado pelo Tinder Bitcoin

Apaixonado do Tinder perde R$ 10 milhões em Bitcoin após cair em golpe

Um caso relatado pela Sophos mostra um esquema que começa em aplicativos de encontro, como Tinder, e acaba com corações partidos e carteiras vazias....
Ethereum RIP

Usuários de Ethereum pagaram R$ 5,5 bilhões em taxas nos últimos 30 dias

Segundo estatísticas apresentadas pelo Token Terminal, os usuários de Ethereum pagaram cerca de 1 bilhão de dólares em taxas nos últimos trinta dias. O...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias