Por que Reginald Fowler é o “cisne negro” das criptomoedas?

Ex-jogador da segunda divisão do futebol americano é potencial “homem bomba” da stablecoin Tether.

Siga no
Cisne-Negro-Bitcoin. Imagem: ShutterStock
Cisne-Negro-Bitcoin. Imagem: ShutterStock

É provável que você nunca tenha escutado falar de Reginald “Reggie” Fowler, o cabeça da Crypto Capital Corp (CCC). Um dos braços da CCC era a Global Trade Solutions, responsável por movimentar o dinheiro da stablecoin Tether e da exchange Bitfinex, do grupo iFinex.

Reggie teve seus bens bloqueados pelo Departamento de Justiça de NY em abril de 2019, acusado de lavagem de dinheiro, fraude bancária, e envolvimento com o Cartel de drogas colombiano. Não bastasse, foram encontrados 14 mil dólares falsos no escritório do rapaz. Já seu comparsa, Ivan Manuel Molina Lee, foi preso na Polônia 6 meses depois.

Reginald “Reggie” Fowler
Reginald “Reggie” Fowler

Envolvimento da Tether e Bitfinex

A iFinex alega que transferiu US$ 1 bilhão para a CCC, porém não conseguiu reaver US$ 850 milhões, apesar de supostamente jamais ter assinado algum contrato formal.

Curiosamente, o Departamento de Justiça encontrou um chat de outubro de 2018 no qual um executivo da iFinex, apelidado de Merlin, implorava para Oz Yosef da CCC pela devolução de 100 milhões, que poderiam ser pagos em dinheiro ou na própria moeda USDT.

Esta fatídica conversa termina com Merlin dizendo “BTC pode cair abaixo de $1,000 se não agirmos rápido.”

iFinex paga multa de US$ 18,5 milhões

Em fevereiro de 2021 a iFinex fez um acordo com a promotoria de NY, pagando uma multa de US$ 18,5 milhões por ter enganado os clientes após perder os US$ 850 milhões.

Muitos se confundem aqui, achando que o caso está encerrado, porém isso não impede processos em outras cortes, ou de ações diretas por clientes que se sintam lesados. Existe uma investigação aberta pelo Departamento de Justiça dos EUA, por exemplo, conforme citado pela Bloomberg em julho de 2021.

Por último, a investigação da promotoria não buscava evidências de manipulação do preço do Bitcoin, ou de Tethers emitidos sem lastro.

Que fim levou Reggie Fowler?

Aí que mora o perigo. Reggie pagou US$ 5 milhões de fiança para aguardar o recurso em liberdade. Além disso, recusou um acordo no qual pagaria uma multa de US$ 371 milhões. Após dar calote nos advogados, seu julgamento está marcado para 14 de fevereiro de 2022.

Novidades no caso

A polícia do Reino Unido confiscou US$ 408 milhões em julho de 2021 ao prender a irmã e comparsa de Oz, Ravid Yousef. Em suma, o cerco está se fechando, e os processos na justiça caminham. Há muitas perguntas em aberto, por exemplo, a relação da CCC e iFinex.

Se a stablecoin Tether vai sobreviver? Só saberemos após o grupo abrir o bico se fizerem acordo ou forem eventualmente condenados.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Marcel Pechman
Marcel Pechman é trader e analista de criptomoedas desde 2017. Atuou como trader por 18 anos nos bancos UBS, Deutsche e Safra. Além de YouTuber em seu canal RadarBTC, foi reconhecido em diversas premiações como um dos maiores interlocutores do Bitcoin do país. Maximalista convicto, acredita na falência da moeda fiduciária, aquela emitida por governos.
Mão segurando Bitcoin com bandeira de El Salvador

Brasileiros foram a El Salvador acompanhar adoção do Bitcoin

O mundo parou para ver El Salvador começar a usar Bitcoin como moeda de curso legal no dia sete de setembro, e dois brasileiros...
Queda da Dogecoin DOGE despenca desvalorização brasileiro

Brasileiro perde R$ 2,6 milhões com queda da Dogecoin, mas ainda acredita na moeda

O brasileiro que mora nos Estados Unidos, Glauber Contessoto, perdeu R$ 2,6 milhões em Dogecoin com a recente queda da moeda no mercado. O fenômeno...
LNBTC

Usuário avisa empresas sobre falha em serviços de custódia da Lightning Network

Reckless Satoshi, um usuário do Reddit, fez uma postagem relatando que serviços de custódia que trabalham com a Lightning Network tinha um ponto de...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias