CNBC: Bitcoin vai voltar a valer $ 20.000

"Alvo razóavel atual para o Bitcoin: US $ 6.000"

-

Siga no
Anúncio

Em uma tentativa de vislumbrar o que vai acontecer com o bitcoin, especificamente em termos de preço, o programa da CNBC, “Fast Money” contou com a participação de Brian Kelly, o executivo-chefe da BKCM.

Kelly explicou que o movimento recente do Bitcoin acima de $ 5.000 é realmente uma recuperação sólida, acrescentando que existe uma oportunidade de crescimento rápido para a moeda digital.

Há oito dias o Bitcoin mantém uma tendência de alta. O mercado de criptomoedas conseguiu continuar crescendo e aumentando dia a dia, com os traders continuando a inundar o mercado.

Anúncio

Com base nessas informações, o investidor de criptomoedas olha para o número de endereços ativos, um número que ele vê como um sinal fundamental claro da força do Bitcoin. Este número, para Kelly, aumentou 26% desde janeiro, enquanto os números de transação e a taxa de hash explodiram.

Para trazer mais credibilidade a seu ponto de vista, o chefe da BKCM cita também o recente lançamento da plataforma da Fidelity Investments, e o recente recorde de negociação visto nos contratos futuros de Bitcoin da CME.

Kelly chegou a conclusão de que nos próximos dois anos, o Bitcoin, “sem dúvida”, verá novos recordes de preço. A redução de recompensa por mineração, aos olhos de Kelly, será um grande pivor para esse movimento.

Bitcoin rumo a US $ 6.000 em curto prazo

Kelly acrescenta que, de acordo com a relatórios de sua empresa, que faz análises técnicas e “aspectos fundamentais”, fica claro que o processo de criação de fundos no mercado de criptomoedas provavelmente é positivo e está em andamento.

Ele explica que “pessoas de alta renda e escritórios familiares estão começando a se interessar seriamente por Bitcoin”, tudo conforme as soluções de custódia se estabilizam, os volumes aumentam e os vendedores procuram liquidar seus ganhos.

Finalmente, ele concluiu que um “alvo razoável” para o rali de preços atual, seria de “US $ 6.000”.

Os colegas de Kelly na CNBC estavam igualmente otimistas. Tom Lee, por exemplo, afirmou que com “antigas carteiras de grandes detentores comprando Bitcoin” e “muitas coisas positivas ocorrendo” na indústria, US $ 14.000 poderia ser um alvo justo para o Bitcoin.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Mateus Nunes
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, aprendiz e entusiasta de criptomoedas e blockchain. Sugestão de pauta: [email protected]

Leia mais

Leia mais sobre:

Últimas notícias

Obras públicas do Ceará terão blockchain para medição

As obras públicas que forem feitas pelo estado do Ceará terão o uso da tecnologia blockchain como mediadora. Com essa ferramenta então o governo...

JPMorgan começa a testar criptomoeda, após registro no Brasil

O grande banco JPMorgan, que recentemente pediu um registro no Brasil para sua carteira, agora começa a testar sua criptomoeda. De acordo com a...

Candidata a prefeita pelo PT no Rio quer criar “Moeda Carioca”

A candidata a prefeita pelo PT no Rio de Janeiro, Benedita da Silva, quer criar uma Moeda Carioca caso vença as eleições. Em 2020,...