Cointrader Monitor retira 3xbit de seu índice de exchanges devido a problemas de saques

Siga no
BadBitcoin

O Cointrader Monitor é um dos principais agregadores de dados sobre exchanges no Brasil. No site você pode acompanhar as cotações e os volumes vendidos nas principais exchanges do país.

Muitos usam essa ferramenta, e outros similares, para tomar decisões sobre onde comprar e vender criptomoedas, sobre oportunidades de realizar a arbitragem e muito mais.

Ocorre que desde que surgiu no mercado, a exchange 3xbit se destacava no agregador de índices como uma exchange com grande volume de negociações.

A exchange terminou sendo excluída do agregador depois que muitas reclamações da parte de usuários da exchange relataram que não estão conseguindo sacar seus valores da exchange.

Wagner, co-fundador da Cointrader Monitor conversou com a equipe da Livecoins e disse que após receberem reclamações diversas via whatsapp, telegram e facebook, decidiram não mais disponibilizar dados referentes à empresa.

O objetivo da ação seria evitar que usuários do seu site pudessem ter problemas futuros caso viessem a tentar comprar criptomoedas na exchange sem tomarem conhecimento do problema presente com os saques.

Procurada pela nossa equipe, a assessoria de imprensa da 3xbit afirmou em nota que “os responsáveis pela empresa não foram comunicados sobre a decisão do cointradermonitor, portanto a 3XBIT não vai comentar o assunto”.

Saint Clair, CEO da 3xBIT, pede desculpas

O CEO da 3xBIT, Saint Clair, rebateu, em um vídeo publicado nas redes sociais que a empresa teria investido recursos de clientes na Atlas Quantum ou no Grupo Bitcoin Banco e por isso estaria sem liquidez para pagar os clientes da empresa que aderiram a um sistema de leasing.

“São afirmações falsas, nunca investimos recursos de nossos clientes em outras plataformas”, declarou

Durante o vídeo, de pouco mais de 3 minutos, gravado na sede da empresa em Campinas, Saint Clair também pede desculpas pelos erros cometidos pela empresa e declara que o sistema de leasing será extinto da plataforma.

O CEO também revelou que está trabalhando para resolver o problema dos clientes que ainda estão com saques bloqueados na plataforma e que parte da 3xBIT foi vendida, especula-se que 20% dela. No entanto, os novos sócios não foram revelados assim como também não foi especificado os prazos para pagamentos.

“Assim como meu sócio não tenho vergonha de dizer que erramos em alguns pontos mas estamos trabalhando para resolver eles (…) Tudo será resolvido 100% com recursos nossos e com os novos recursos provenientes deste novo sócio (…)  Enfim o que eu quero pedir é desculpas e dizer que estamos trabalhando todos os dias para resolver os problemas”, declarou.

Saint Clair também declarou que, para se concentrar na resolução dos problemas abandonou as redes sociais e afirmou que não usará qualquer recurso da Eletropay, que recentemente recebeu um investimento milionário no Shark Tank, para quitar as dívidas da empresa.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Ezequiel Gomes
Ezequiel Gomes é escritor, youtuber, palestrante e jornalista especializado em criptomoedas.
Alibaba Bitcoin

Alibaba proíbe venda de equipamentos de mineração de bitcoin

A proibição do Bitcoin na China começa a afetar outros setores da indústria. Desta vez a gigante Alibaba, 9ª maior empresa do mundo por...
Fachada de agência do Banco do Brasil

Tokecardume ou Bitemoeda? – Vejas as questões sobre criptomoedas do concurso do Banco do...

No último domingo (26), o concurso do Banco do Brasil foi aplicado em diversas cidades do Brasil, com várias questões sendo vistas sobre Bitcoin...
China-bane-bitcoin

China bloqueia CoinMarketCap, TradingView e sites de notícias sobre criptomoedas

O governo chinês declarou guerra total ao bitcoin ao proibir transações com os ativos digitais. As autoridades chinesas continuam a ofensiva e agora bloquearam...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias