Concurso de perito criminal no Ceará exige conhecimento em Bitcoin

Não é a primeira vez que um concurso público no Brasil exige conhecimentos em criptomoedas para participantes.

Siga no
Pesquisa e estudo sobre Bitcoin Conhecimentos
Bitcoin e Lupa

Mais um concurso público no Brasil exige conhecimentos em Bitcoin, desta vez para a carreira de perito criminal no estado do Ceará. A remuneração mensal oferecida é R$ 9.830,96, por 40 horas de trabalho semanais.

Bitcoin é a primeira criptomoeda criada com sucesso, ainda em 2009, completando 12 anos em 2021. Desde sua criação, seu uso já ganhou muita fama no mundo, seja como reserva de valor ou meio de pagamento.

Mas essa moeda ainda não é regulamentada em muitos países, como o próprio Brasil, por exemplo. Assim, autoridades costumam associar a tecnologia apenas aos crimes, como pirâmides financeiras e até lavagem de dinheiro.

Perito Criminal deve conhecer de Bitcoin, Ethereum, Tether e Ripple em concurso público aberto no Ceará

O Estado do Ceará publicou um edital de Concurso Público na última sexta-feira (21), para vários cargos e formações. Uma das vagas é para Perito Criminal de Classe A Nível I – com formação em Análise de Sistemas ou Ciência da Computação.

De acordo com o edital, este servidor público deverá “exercer, no campo pericial criminal, a função técnico-científica para constatação da materialidade do fato, exames laboratoriais e proceder a diligências necessárias à complementação dos respectivos exames e  Consequente elaboração dos laudos periciais“.

Serão oferecidas 14 vagas para este cargo, sendo 10 de ampla concorrência, 1 para pessoas com deficiência e mais 3 de cota racial. Além disso, serão oferecidas mais 28 vagas para cadastro reserva.

Chamou atenção que entre os conteúdos que os candidatos deverão estudar para o concurso, o Bitcoin surge como um dos conhecimentos específicos para investidura no cargo de perito criminal. Criptomoedas, blockchain, Ethereum, Ripple e até a Tether são outras exigências da prova.

Concurso Perito Criminal no Ceará exige conhecimentos em Bitcoin, Ethereum, Tether e Ripple
Concurso Perito Criminal no Ceará exige conhecimentos em Bitcoin, Ethereum, Tether e Ripple/Reprodução

Carreira ligada à Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará, serão cinco provas até final do concurso

O concurso público visa reforçar o quadro de funcionários de Segurança Pública no Estado do Ceará. Segundo o estado, o novo certame amplia em 40% o número de servidores, sendo um dos mais aguardados neste setor.

De acordo com Júlio Torres, perito geral da Pefoce, a contratação permitirá mais agilidade na prestação de serviços à população, inclusive no interior do Ceará. As inscrições serão de 7 de junho a 7 de julho, com a primeira prova prevista para 31 de julho de 2021.

“Com mais equipes disponíveis teremos um atendimento otimizado em locais de crime, um número maior de perícias em análises toxicológicas, DNA Forense, balística, informática forense, entre outros campos da criminalística. Ressaltando também a agilidade na emissão de carteiras de identidade, realizada pela Coordenadoria de Identificação Humana e Perícias Biométricas”, citou Júlio

Este concurso não será o primeiro a exigir conhecimentos em Bitcoin no Brasil. Isso porque, em fevereiro de 2021, o Banco do Estado de Sergipe S/A havia colocado essa exigência em seu edital. Em 2020, outro concurso para diplomatas também citou as criptomoedas como conhecimento específico.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Tesla. Imagem: Shutter Stock

Elon Musk diz que Tesla voltará a aceitar Bitcoin

A Tesla começará a aceitar Bitcoin novamente quando a maior parte do processo de mineração da criptomoeda for realizado por fontes de energia renováveis,...
Bitcoin regulação. Imagem: ShutterStock

Deutsche Bank diz que Bitcoin “passou dos limites” e não pode mais ser ignorado

A popularidade crescente do Bitcoin está incomodando governos e bancos centrais. A gota d'água foi a legalização da criptomoeda em El Salvador. De acordo...
Bitcoin Liberdade

Bitcoin, o novo Índice de Liberdade Econômica

Bitcoin pode ser a medida de liberdade mais neutra do mundo que nenhum país pode acusar de ter preconceito ocidental, ao contrário de alguns...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias