Conferência ‘rara’ da SEC com gigantes financeiros sinaliza momento decisivo para ETFs de Bitcoin

A conferência, realizada nesta quinta-feira (21) e classificada como "rara" é uma etapa importante, pois a SEC se aproxima de uma decisão sobre permitir ou não que gigantes como BlackRock, Fidelity e outras vendam esses fundos para investidores individuais.

A Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) está prestes a tomar uma decisão que pode mudar para sempre o mercado de criptomoedas. De acordo com Charles Gasparino, jornalista da FOX Business, a agência reguladora americana está realizando uma conferência “rara” com empresas que desejam oferecer fundos de investimento em Bitcoin, conhecidos como ETFs.

A conferência, realizada nesta quinta-feira (21) e classificada como “rara” é uma etapa importante, pois a SEC se aproxima de uma decisão sobre permitir ou não que gigantes como BlackRock, Fidelity e outras vendam esses fundos para investidores individuais.

“A SEC está tendo o que é descrito como uma rara teleconferência conjunta com possíveis arquivadores de ETF “spot” BTC, enquanto sua decisão observada de perto se aproxima sobre se deve dar a eles luz verde para vender a pequenos investidores acesso a criptomoedas. A Fox informou ontem que a decisão será tomada em 10 de janeiro.” — disse Charles Gasparino.

SEC determina resgates exclusivamente em dinheiro para ETFs de Bitcoin

De acordo com fontes que tiveram acesso a informações da conferência, a SEC instruiu todas as empresas emissoras de ETFs de Bitcoin do tipo “spot” (ao preço atual do mercado) a removerem de seus documentos qualquer menção a resgates “in-kind”.

Resgates “in-kind” são uma forma de reembolso onde os investidores recebem ativos (neste caso, Bitcoin) em vez de dinheiro ao saírem do fundo. A SEC está direcionando essas empresas a usarem apenas resgates em dinheiro, conhecidos como “cash creates”.

A mudança na política da SEC pode ter implicações sobre como os ETFs de Bitcoin operam, potencialmente afetando a liquidez e a estrutura desses fundos.

Ao exigir resgates apenas em dinheiro, a SEC pode estar buscando uma maior estabilidade e prevenção de riscos associados ao manuseio direto da criptomoeda, o que pode refletir uma abordagem mais cautelosa em relação à integração de ativos digitais no mercado financeiro tradicional.

Em última análise, a SEC parece estar alinhando com todos os emissores de ETFs apenas pequenos detalhes para que todos eles sejam aprovados ao mesmo tempo.

ETF de Bitcoin pode ser aprovado em 10 de janeiro

A notícia é crucial porque, até agora, o investimento em Bitcoin, era algo mais acessível para grandes investidores ou para aqueles familiarizados com a tecnologia digital.

Com a aprovação da SEC, o caminho estaria aberto para que mais pessoas pudessem investir na moeda digital através de um método mais convencional, como fundos de investimento.

Os ETFs são uma forma de investimento que permite aos investidores comprar ações de um fundo que rastreia o valor de um ativo subjacente, neste caso, o Bitcoin. Isso significa que os investidores podem investir em Bitcoin sem ter que comprar a criptomoeda diretamente, o que pode ser complicado para alguns.

A decisão da SEC é esperada até o dia 10 de janeiro, conforme relatado anteriormente pela Fox Business. Se a SEC der luz verde, seria um grande passo para a integração do Bitcoin no sistema financeiro tradicional. Isso também pode significar uma maior aceitação e legitimidade para as criptomoedas de um modo geral.

De acordo com relatórios publicados nesta semana, membros de grandes empresas financeiras afirmam que as negociações tendem para um resultado favorável. A antecipação de uma “luz verde” da SEC gerou uma onda de otimismo e especulação nas comunidades financeiras e de criptomoedas.

A potencial aprovação pela SEC também reflete uma mudança de postura em relação à sua abordagem historicamente cautelosa em relação aos investimentos em Bitcoin. A mudança pode ser parcialmente atribuída aos recentes desenvolvimentos jurídicos que desafiaram a extensão da autoridade reguladora da SEC sobre os ativos digitais.

Enquanto o mundo todo aguarda a aprovação dos ETFs, os olhos dos investidores e entusiastas de Bitcoin estão voltados para a SEC. A decisão da agência pode abrir novas oportunidades de investimento para o público em geral e potencialmente transformar a maneira como as pessoas investem na moeda digital.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Vinicius Golveia
Vinicius Golveia
Formado em sistema da informação pela PUC-RJ e Pós-graduado em Jornalismo Digital. Conhece o Bitcoin desde 2014, atuando como desenvolvedor de blockchain em diversas empresas. Atualmente escreve para o Livecoins sobre assuntos de criptomoedas. Gosta de cultura POP / Geek. Se não estiver escrevendo notícias relevantes, provavelmente está assistindo alguma série.

Últimas notícias