Consultor Sênior da DASH Core foge com moedas de investidores

Acusações sérias feitas contra um membro!

-

Siga no
Criptomoeda Dash DASH
Criptomoeda Dash (DASH)
Anúncio

Um consultor da Dash (DASH), ligado também ao Core do projeto, é acusado de ter dado um golpe conhecido como exit scam. Nesta modalidade de golpes, um responsável por realizar investimentos com o capital de terceiros foge levando o dinheiro dos investidores.

No setor de criptomoedas, conhecido pelo lema “suas chaves privadas, suas moedas“, golpes assim são cada vez mais comuns. Ao que parece, o golpe demorou a ser revelado pelos afetados da Dash.

Consultor Sênior da Dash Core pode ter dado golpe de exit scam

Segundo informações, o consultor da Dash MooCowMoo, não tem retornado os fundos dos usuários do sistema de masternode compartilhado que o mesmo administrava. Desde setembro de 2019, de acordo com uma discussão no Fórum da Dash, o usuário teria sumido.

Anúncio

No dia 1 de dezembro de 2019, o usuário Erulian teria iniciado a discussão sobre o tema. Com o início, outro usuário do fórum se uniu ao debate, também afirmando não ter mais o contato de MooCowMoo.

O outro usuário que parece ter sido afetado pelo golpe afirmou que envolver o Dash Core pode ser importante para resolver este problema. Para scombo, MooCowMoo era um membro importante do Core, de forma que com o exit scam pode fazer com que pegue mal para o projeto.

Erulian espera que outros afetados por este possível golpe responda ao seu chamado, manifestando o que ocorreu para tentar resolver essa situação. Enquanto a comunidade debate, ainda não há solução para o sumiço do possível golpista que era consultor sênior do projeto.

Dash Core não teria dado apoio, segundo portal de notícias

A Dash é uma moeda digital descentralizada, com mineração Proof of Work e que utiliza o sistema de Masternodes. Com isso, a governança da rede estaria protegida pelos stakeholders do projeto, de duas formas diferentes. Mesmo assim, há uma fundação chamada Dash Core, da qual MooCowMoo era consultor sênior.

Com a fuga do consultor com o dinheiro de alguns do projeto, os usuários teriam reclamado com o restante dos membros da Fundação. Entretanto, os demais participantes não teriam dado apoio para as vítimas, de acordo com o Bitcoinist.

O problema maior é que a identidade de MooCowMoo não é conhecida por nenhum dos membros afetados. Ou seja, recuperar as Dashs roubadas poderá ser uma tarefa muito complicada. Cabe o destaque que essa criptomoeda realiza transações privadas, de forma que é fácil para um golpista ocultar seus rastros nessa rede.

Ainda não é sabido a quantidade de pessoas afetadas pelo caso, nem quanto de Dash foi possivelmente roubada pelo consultor. De fato, com o último contato feito em setembro de 2019, as chances de reaver os fundos são baixas.

Usuário pediu transparência aos acusadores

O usuário emmo comentou no fórum que o antigo consultor da Dash Core ainda não deu sua palavra sobre o assunto. Contudo, falta transparência também aos acusadores deste golpe.

Para emmo, certamente o caso merece ser apurado, com calma e com evidências. O usuário do fórum da Dash lembrou que é importante colocar a quantidade de moedas roubadas para que todos saibam. Além disso, colocar os TxId das transações poderia ajudar a comunidade a verificar os endereços Dash envolvidos nessa trama.

Cabe o destaque que um perfil no Twitter chamado DashUncensored tem coberto o caso de perto.

O perfil verificou que Fernando Gutierrez, CMO da Dash Core, criticou o portal Bitcoinist pela cobertura dada ao caso. Para Fernando, MooCowMoo não seria promotor oficial da Dash há vários anos, logo afirmar que este é um colaborador do projeto seria fake news.

Entretanto, para o perfil DashUncensored, Fernando teria mentido uma vez que até julho de 2019 o acusado de sumir ainda constava no site como colaborador. Além disso, segundo dados consultados no dia 2 de dezembro, MooCowMoo ainda aparece no site da Dash.

Em resumo, conforme apurado pelo Livecoins, a Dash possui um problema com um membro que aparece em vários locais do site oficial, porém, teria dado um golpe. Alguns membros da Dash Core tem acusado a cobertura da mídia como um FUD (medo, incerteza e dúvida), mesmo com o CMO Fernando confessando que o problema existe. Até o momento, nenhuma solução clara foi proposta e não há um posicionamento da Dash Core quanto a fuga do antigo consultor.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Leia mais

Rede social Twitter e Bitcoin (Blockchain)

Blockchain é o futuro do Twitter, afirma Jack Dorsey

O CEO do Twitter, Jack Dorsey, participou nessa sexta-feira (25) do Oslo Freedom Forum 2020. Durante a conversa, Jack deixou claro que a tecnologia...
DeFi pode ser scam?

DeFi Leaks denuncia golpe, investidor pode ter perdido 10 mil DAI

Uma pessoa que detinha pelo menos 10 mil moedas DAI pode ter perdido tudo. Depois que um novo golpe foi denunciado pelo DeFi Leaks,...
Corretora de Bitcoin e criptomoedas Binance

Site da Binance é banido na Rússia

Nesta última quinta-feira, 24, o site da Binance (maior corretora de criptomoedas do mundo) foi bloqueado e colocado na em uma lista negra da...

Últimas notícias

DeFi Leaks denuncia golpe, investidor pode ter perdido 10 mil DAI

Uma pessoa que detinha pelo menos 10 mil moedas DAI pode ter perdido tudo. Depois que um novo golpe foi denunciado pelo DeFi Leaks,...

Site da Binance é banido na Rússia

Nesta última quinta-feira, 24, o site da Binance (maior corretora de criptomoedas do mundo) foi bloqueado e colocado na em uma lista negra da...

Spotify, Epic Games e Tinder se unem contra Apple

Um grupo de empresas está se reunindo contra a App Store, pois sua política tem sido considerada injusta. Dessa forma, empresas como Spotify, Tinder...