“Continuaremos apoiando as criptomoedas”, diz diretor da Visa

É válido notar que o Bitcoin não é apenas uma moeda, ele também é um sistema de pagamento que, embora tenha pouca adoção, é concorrente de empresas de cartão, como a Visa e a Mastercard, que também está investindo no setor.

Bitcoin e Visa criptomoedas blockchain
Bitcoin e Visa

Em entrevista à NDTV, o diretor do setor de criptomoedas da Visa, Cuy Sheffield, mostrou o quanto a empresa está acreditando no futuro desta nova tecnologia que está mudando a vida financeira e cultural de todos. E é claro que eles não pretendem perder esta oportunidade.

Visto que é mais fácil um usuário de Bitcoin converter um pequeno montante para gastá-lo com compras diárias do que convencer milhões de estabelecimentos a aceitar criptomoedas, a Visa agora possui milhões de potenciais clientes em suas mãos.

Isto se deve a popularização do Bitcoin como reserva de valor devido ao contraste em relação às políticas monetárias estatais. Com cada vez mais pessoas possuindo BTC, é provável que ele seja substituto de moedas fiduciárias, basta apenas que as pessoas estudem um pouco sobre as qualidades do Bitcoin.

Parece pouco mas é bastante e vai crescer mais

Um dos grandes desafios para o Bitcoin tornar-se uma moeda é a sua aceitação. Para que uma rede de mercados, por exemplo, treine seus funcionários para aceitar BTC, é preciso haver demanda por este tipo de pagamento.

Com isso, os gateways — intermediários, como exchanges e outros serviços — são a forma mais usada por bitcoiners há anos para gastar suas moedas em bens e serviços.

À medida que o Bitcoin torna-se uma reserva de valor mais popular, com 83% dos milionários da geração Y investindo nele, a Visa está enxergando um grande potencial para ganhar dinheiro com isso, preenchendo um espaço que transformou startups em empresas bilionárias.

“3,5 bilhões de dólares representam gastos cumulativos nos programas de cartões ligados a criptomoedas da Visa. É uma pequena parte do gasto total com cartões Visa, mas quando você considera que esses programas não existiam de forma significativa há um ano, é uma indicação de que eles estão começando a ganhar força.”, afirmou Cuy Sheffield, diretor do setor de cripto da Visa

“No final do dia, queremos servir como uma ponte que conecta o ecossistema de criptomoedas à nossa rede global de 80 milhões de estabelecimentos comerciais e mais de 15.000 instituições financeiras.”

Concorrentes

É válido notar que o Bitcoin não é apenas uma moeda, ele também é um sistema de pagamento que, embora tenha pouca adoção, é concorrente de empresas de cartão, como a Visa e a Mastercard, que também está investindo no setor.

Apesar disso, com o passar do tempo o Bitcoin está tornando-se mais forte como uma reserva de valor, como um ouro digital, devido ao seu limite máximo de 21.000.000 moedas e criação controlada das mesmas.

Então há um caminho aberto para a Visa explorar, quase sem competição, para permitir que investidores de Bitcoin possam usar seu dinheiro em qualquer lugar do mundo. O mesmo pode ser visto com o PayPal, outro gigante do setor de pagamentos que abraçou as criptomoedas.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias