Corretora de Bitcoin doa R$ 6.3 milhões para vítimas do Coronavírus

A Binance foi criada na China e depois mudou seus negócios para Malta por razões regulatórias.

Siga no
Binance
Binance

O CEO da maior corretora de bitcoin do mundo, a Binance, twittou que doou 10 milhões de RMB (R$ 6.3 milhões) para ajudar as vítimas do Coronavírus em Wuhan, cidade da China.

A cidade de Wuhan foi isolada pelas autoridades chinesas para minimizar o impacto do coronavírus. Segundo o New York Times, mais de 80 pessoas morreram por causa desse vírus misterioso, e mais de 1000 pessoas foram infectadas em Wuhan. Cinco casos foram confirmados nos EUA.

Binance se esforça por causas humanitárias.

O CEO da Binance, Changpeng Zhao, twittou ontem: “A Binance doará 10 milhões de RMB (US $ 1,5 milhão) para ajudar as vítimas do Coronavírus”. Ele acrescentou que, para Wuhan, não faria sentido fazer a doação em criptomoedas. Ele disse que as pessoas precisam de ajuda para organizar a logística do local.

As vítimas do coronavírus também foram confirmadas em outros países, incluindo Austrália, Malásia, Nepal, Japão, Cingapura e Coréia do Sul. A Organização Mundial de Saúde disse que é muito cedo para declarar o Coronavírus como uma emergência de saúde pública de interesse internacional.

Binance também doou para combater incêndios florestais australianos

A Binance já havia doado US $ 1 milhão em sua criptomoeda BNB para ajudar a combater os devastadores incêndios na Austrália que mataram mais de meio bilhão de animais.

A corretora tem sido generosa quando se trata de ajudar causas humanitárias. A Binance foi criada na China e depois mudou seus negócios para Malta por razões regulatórias. O misterioso Coronavírus causou um estado de pânico na China.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Mão segurando picolé laranja, cor do Bitcoin

Homem compra picolé com Bitcoin em El Salvador em menos de 15 segundos

Um homem gravou um vídeo em El Salvador comprando um simples picolé com Bitcoin, a compra não demorou 15 segundos para ser completada. A...
Roberto Campos Neto, presidente do BCB no Brasil

Presidente do Banco Central do Brasil pede cautela com Bitcoin

O presidente do Banco Central do Brasil (BCB) pediu que as pessoas tenham cautela com o Bitcoin. Reunindo especialistas do setor financeiro brasileiro para...
Imagem: ShutterStock

Fundadores de corretora de Bitcoin desaparecem com R$ 17 bilhões de clientes

Dois irmãos na África do Sul podem ser responsáveis pelo maior golpe Ponzi envolvendo o Bitcoin já aplicado no país. O nome da empresa...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias