Corretora encontra bug crítico que permitia ‘impressão’ de criptomoedas

A vulnerabilidade foi informada para a corretora através de seu programa de recompensa por bugs. Segundo a página da Kraken, os prêmios variam entre 500 a 1,5 milhão de dólares, dependendo da gravidade da falha.

A Kraken, uma das maiores corretoras de criptomoedas do mundo, revelou ter encontrado um bug crítico em sua plataforma. Em suma, a vulnerabilidade permitia que hackers imprimissem dinheiro para suas contas.

As informações foram apresentadas por Nick Percoco, diretor de segurança da Kraken, nesta quarta-feira (19).

“Descobrimos um bug isolado”, escreveu Percoco. “Isso permitia que um atacante mal-intencionado, sob as circunstâncias certas, iniciasse um depósito em nossa plataforma e recebesse fundos em sua conta sem o completar totalmente.”

“Para deixar claro, os ativos de nenhum cliente estiveram em risco. No entanto, um atacante mal-intencionado poderia, efetivamente, “imprimir” ativos em sua conta da Kraken por um período.”

Seguindo, o executivo da Kraken destaca que a falha foi corrigida em 47 minutos e, portanto, não representa mais nenhuma ameaça.

Kraken dá mais detalhes sobre a vulnerabilidade

Explicando a situação, a Kraken revelou que o bug estava relacionado a uma recente mudança em seu site que permitia que seus usuários negociassem criptomoedas antes que os depósitos fossem confirmados.

No total, três contas teriam abusado da falha, uma delas estava no nome do hacker que enviou o relatório à corretora.

“Esse indivíduo descobriu o bug em nosso sistema de financiamento e o utilizou para creditar US$ 4 em criptomoedas na sua conta”, escreveu a Kraken. “No entanto, esse “pesquisador de segurança” divulgou esse bug para duas outras pessoas com quem trabalha, que geraram fraudulentamente somas muito maiores.”

“Eles acabaram retirando quase US$ 3 milhões de suas contas da Kraken.”

É aqui que a história fica ainda mais interessante. Isso porque a corretora e os hackers entraram em uma disputa.

Kraken acusa hackers de extorsão

A vulnerabilidade foi informada para a corretora através de seu programa de recompensa por bugs. Segundo a página da Kraken, os prêmios variam entre 500 a 1,5 milhão de dólares, dependendo da gravidade da falha.

Valores do programa de Bug Bounty da Kraken. Fonte: Kraken/Reprodução.
Valores do programa de Bug Bounty da Kraken. Fonte: Kraken/Reprodução.

No entanto, Nick Percoco afirma que os hackers não divulgaram os dados sobre as outras duas contas que levantaram US$ 3 milhões. Na sequência, o diretor de segurança da Kraken nota que os hackers não aceitaram os termos do programa, mas sim impuseram novos.

“Eles exigiram uma ligação com a equipe de desenvolvimento de negócios deles”, escreveu Percoco. “Não concordaram em devolver nenhum fundo até que forneçamos um valor especulado em dólares que esse bug poderia ter causado se eles não o tivessem divulgado.”

“Isso não é hacking ético (white-hat), é extorsão!”

Finalizando, Percoco afirma que a Kraken está “sendo acusada de ser irracional e não-profissional por solicitar a devolução dos fundos”. Portanto, esse foi o motivo da divulgação das informações sobre essa história.

“Isso faz de você e sua empresa, criminosos”, disse o executivo sobre o comportamento dos hackers, notando que já entraram em contato com autoridades. O nome da empresa que descobriu o bug não foi revelado.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias

Bitcoin 2024

Últimas notícias