Corretora perde R$ 72 milhões em criptomoedas e congela saques

Depois de descobrir o hack, os usuários da plataforma foram impedidos de realizarem saques, a empresa disse que a medida é para proteger os usuários.

A Floating Point Group (FPG), uma corretora de criptomoedas criada no Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), anunciou que perdeu mais de US$ 15 milhões após sofrer um incidente de segurança no último domingo (11).

A empresa emitiu uma declaração confirmando o hack e informando sobre as medidas tomadas em resposta ao ataque.

Após a descoberta do incidente, a empresa imediatamente interrompeu todas as atividades de negociação, incluindo depósitos e saques. A corretora também bloqueou todas as contas de terceiros e disse ter reforçado a segurança das carteiras.

Em um comunicado publicado no Twitter, a FPG disse que está trabalhando em estreita colaboração com o FBI, com o Departamento de Segurança Interna e reguladores, além de ter solicitado assistência da Chainalysis, uma empresa especializada em análise de blockchain.

O objetivo é identificar os responsáveis pelo ataque e recuperar os ativos roubados. No entanto, devido à natureza em andamento da investigação, a empresa não compartilhou detalhes específicos do ataque hacker.

Saques congelados

Depois de descobrir o hack, os usuários da plataforma foram impedidos de realizarem saques, a empresa disse que a medida é para proteger os usuários.

“Interrompemos transações, depósitos e saques, por precaução. Estamos trabalhando com o FBI, o Departamento de Segurança Interna, reguladores e a Chainalysis para entender como isso aconteceu e recuperar os ativos.”

De acordo com um porta-voz da FPG, a compartimentalização interna das contas impediu os hackers de roubarem mais dinheiro.

A informação sugere um ataque de phishing no qual as credenciais de login de administradores da corretora foram usadas para esvaziar as contas de clientes cujos fundos estavam sendo gerenciados pelo referido administrador.

Nesse caso, a investigação em andamento provavelmente está focada em descobrir quantos conjuntos de credenciais podem estar comprometidos.

A corretora não divulgou quais criptomoedas foram roubadas durante o incidente e ainda não forneceu detalhes aos usuários. No entanto, a empresa ressaltou que está empenhada em cooperar plenamente com as autoridades e tomará todas as medidas necessárias para resolver a situação.

Corretora nascida no MIT

O Floating Point Group é uma corretora nascida no MIT que promete simplificar operações para que investidores implementem estratégias centradas em criptomoedas em escala significativa.

Regulada tanto nos EUA quanto no exterior, a empresa oferece a uma base global de clientes uma solução de custódia com integrações para negociação, liquidação e staking.

No ano passado, a FPG obteve a certificação SOC 2 após uma série de auditorias de segurança cibernética e testes de invasão conduzidos pela Prescient Assurance.

A empresa também havia contratado a CertiK, uma renomada empresa de segurança em blockchain, para uma auditoria abrangente de segurança cibernética de sua plataforma FlowVault. As medidas visavam garantir a proteção dos ativos e informações dos clientes.

Por ser fundada no Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), a Floating Point Group conquistou o apoio de investidores de alto nível, incluindo a Tribe Capital e a Coinbase Ventures.

Embora a lista de clientes da empresa não esteja disponível em seu site, a FPG afirma que seus clientes gerenciam mais de US$ 50 bilhões em ativos.

O incidente de segurança sofrido pela FPG nos lembra dos desafios e riscos enfrentados pelas corretoras de criptomoedas em um mercado altamente volátil e propenso a ataques.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias

Bitcoin 2024

Últimas notícias