Homem que se diz criador do Bitcoin está prestes a ser desmascarado

Um processo que envolve a citação de 374 bilhões de reais em bitcoin pode desmascarar Craig Steven Wright (CSW), autointitulado criador Bitcoin.

Siga no

Um processo que envolve a citação de 374 bilhões de reais em bitcoin pode desmascarar Craig Steven Wright (CSW), autointitulado criador Bitcoin. Hoje CSW está sendo processado pela família de David Kleiman, alegando que o mesmo ajudou CSW a criar o Bitcoin e a minerar uma quantia de 1,1 milhão de bitcoins.

Esta não é a primeira vez que CSW pode apresentar evidências que seja Satoshi, e mesmo provando, não significa que terá que dar algo para a família de Kleiman. Apesar disso, não é a primeira vez que Wright falha em ficar só na conversa e não apresentar provas.

Com isso, não vemos apenas uma família tentando agarrar bilhões de reais em BTC de uma pessoa que não possui tal quantia, como também vemos Wright falhar novamente ao tentar convencer o mundo de que ele é Satoshi.

Todos são Satoshi, menos Craig Wright

Por motivo de ego, ou simplesmente para chamar a atenção, algumas pessoas já afirmaram que eram Satoshi Nakamoto, o criador do Bitcoin, apesar disso nenhuma provou ser. Uma delas é Craig Wright, que alguns anos tenta influenciar a comunidade após se autoproclamar o criador do Bitcoin.

Como Satoshi Nakamoto é uma figura anônima, na qual ninguém sabe se é uma pessoa ou um grupo, seu nome virou sinônimo de descentralização. Como Satoshi não é ninguém, muitos dizem que todos nós somos Satoshi, com exceção a Wright, definitivamente CSW não é Satoshi.

O processo, que está ocorrendo na Flórida, é mais uma oportunidade para que Craig Wright prove ser Satoshi. Para isso, ele apenas precisa assinar uma transação com um endereço antigo de BTC, como aquele que minerou os primeiros 50 BTC da história, não é preciso nem que ele mova sua fortuna.

Apesar disso, CSW não fará isso porque nunca teve acesso a estes endereços, afinal ele não é Satoshi. Continuando a ser motivo de piadas, sendo chamado de Faketoshi (falso Satoshi), por tentar ser alguém que não é.

E-mails sobre parceria de mineração

A família de Kleiman afirma que David e Craig trocaram vários e-mails sobre mineração de BTC, apesar disso CSW afirma que tratava-se de mineração na testnet do Bitcoin, onde as moedas não possuem nenhum valor, como o nome sugere, é uma rede apenas para testes.

O processo envolve a quantia de 374 bilhões de reais em bitcoin, montante possuído pelo verdadeiro Satoshi Nakamoto. De um lado temos uma família tentando ficar bilionária sem fazer nada, do outro temos um falsificador de identidade que não consegue enganar nem a si mesmo.

Por fim, esta é mais uma chance de CSW provar ser Satoshi, o que não vai acontecer. Wright não possui as chaves privadas que dão acessos aos BTC de Satoshi, ou seja, todos somos Satoshi, menos CSW.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Há mais de 5 anos trabalhando com criptomoedas, hoje escrevo artigos e notícias para o Livecoins.

Jack Dorsey abandona Twitter e agora pode se dedicar ao Bitcoin

Jack Dorsey, criador do Twitter, abandonou o cargo de diretor executivo da empresa nesta segunda-feira (29). Seu cargo será ocupado por Parag Agrawal que...

Iate virtual é vendido por R$ 3,7 milhões no Metaverso

O setor do Metaverso parece estar ganhando cada vez mais tração nos últimos dias, após a venda de um terreno por R$ 14 milhões...
Pessoa com óculos de metaverso e encostando em bloco

Banco Inter destaca potencial do Metaverso com criptomoedas

O Banco Inter publicou um novo relatório no qual destaca o potencial do Metaverso com as criptomoedas. Este é apenas mais um relatório publicado...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias