Criador da Dogecoin rebate críticas e compara moeda com Ethereum

Com o tempo, ele se afastou do projeto meme, mas voltou a comentar sobre a moeda após a recente onda de adoção.

Siga no

Nas últimas semanas, além do Bitcoin, a Dogecoin chamou atenção em comentários feitos por Elon Musk. Com a visibilidade vieram alguns receios quanto a inflação da moeda, mas o criador da DOGE, o desenvolvedor Billy Markus, rebateu algumas críticas.

Muitos que analisam as criptomoedas como investimento e reserva de valor, consideram a inflação como um tema importante. Inclusive, é a inflação das moedas fiduciárias que tem impulsionado às criptomoedas.

No caso do bitcoin, a inflação da moeda é controlada em sua emissão, caindo pela metade a cada quatro anos. Considerando apenas a inflação anual do bitcoin, atualmente a moeda registra 1,78% de aumento na base monetária.

Quanto ao sistema da Dogecoin, o criador afirmou que muitas pessoas comentam o assunto sem conhecimento da tecnologia da moeda.

Criador da Dogecoin afirma que inflação da moeda é controlada e rebate críticas

Grande parte da comunidade costuma apontar a Dogecoin como uma moeda com uma alta inflação. Diferente do Bitcoin, a Dogecoin não tem um limite fixo de emissão ao longo dos anos.

Contudo, o criador da Dogecoin não considera que isso é algo ruim para a moeda. Na verdade, a DOGE tem um sistema inflacionário como o Ethereum, disse Billy Markus em seu Twitter.

Doge igual EThereum
Doge igual EThereum

De acordo com ele, a Dogecoin inicialmente não tinha um modelo de controle de inflação. Ao longo do desenvolvimento da moeda, entretanto, alguns desenvolvedores corrigiram essa “falha”.

“Há uma emissão fixa por bloco e assim é há vários anos. O cronograma de lançamento de novas moedas é previsível e a taxa de inflação diminui lentamente para 0% à medida que a moeda continua”, afirmou Billy em resposta a um artigo publicado pela MarketWatch.

Segundo o criador da Dogecoin, muitas críticas a moeda que fundou costumam usar essa narrativa. Com a correção há alguns anos, ele disse que a Dogecoin tende a ter uma emissão fixa ao ano.

“O suprimento é limitado a 10.000 moedas por bloco, e cada bloco corresponde a um minuto, resultando em cerca de 5,2 bilhões de moedas por ano.”, afirmou o criador da Dogecoin.

SHibetoshi Nakamoto
SHibetoshi Nakamoto

Criadores da Dogecoin, moeda meme preferida de Elon Musk, não estão mais envolvidos com o projeto

Após fundar a criptomoeda Dogecoin, Billy Markus saiu do projeto. Ele hoje acompanha os debates sobre a moeda, contudo, não é mais um dos responsáveis pela inovação e melhoria na moeda.

Outro fundador da Dogecoin, Jackson Palmer, que trabalhou com Billy Markus, também saiu da comunidade de criptomoedas. Na época, ele alegou que a comunidade era tóxica e continuou sendo um funcionário da Adobe.

Apesar do abandono dos criadores, assim como o Bitcoin, a Dogecoin continuou a ser uma moeda com uma comunidade fiel e atraiu grandes apoiadores. A moeda, criada para ser um meme, ganhou atenção até de Elon Musk, um dos principais apoiadores hoje.

Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

NFT raro do ‘Homer Simpson Pepe’ é vendido por $ 1.7 milhão

No início de 2018, um leilão de Rare Pepes (NFTs colecionáveis de Pepe the Frog) foi realizado em Nova York durante o Rare Art Labs Digital Art Festival. Apesar...

Comércio de Bitcoin na China aumenta, apesar de ser banido

Em 2017, a China fechou corretoras locais de criptomoedas, sufocando um mercado especulativo que era responsável por grande parte do comércio global de criptomoedas....
Divulgação/Goldman Sachs

Goldman Sachs reabre mesa de negociação de Bitcoin

A recente alta do Bitcoin reacendeu o interesse de diferentes players no criptomercado, com fontes afirmando que a Goldman Sachs, um dos nomes mais...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias

Comércio de Bitcoin na China aumenta, apesar de ser banido

Em 2017, a China fechou corretoras locais de criptomoedas, sufocando um mercado especulativo que era responsável por grande parte do comércio global de criptomoedas....

Goldman Sachs reabre mesa de negociação de Bitcoin

A recente alta do Bitcoin reacendeu o interesse de diferentes players no criptomercado, com fontes afirmando que a Goldman Sachs, um dos nomes mais...

Bitcoin foi o ativo com melhor desempenho em fevereiro, ouro e B3 em queda

O preço do Bitcoin teve alta de 42% em fevereiro, sendo o melhor ativo do mês. Ao contrário do desempenho da moeda digital, ativos...

Província da China vai banir mineração de Bitcoin por causa do impacto ambiental

A emissão de gases de carbono é uma grande preocupação atualmente, sendo classificado como o principal causador do efeito estufa e um dos motivos...

Desenvolvedores voltam a atualizar Dogecoin

No meio da alta recorde das criptomoedas no ano passado, a Dogecoin (DOGE) se destacou como uma ovelha negra. Ela valorizou 2100% no intervalo...