O que o inventor da Dogecoin acha das criptomoedas?

Siga no

O criador da Dogecoin se chama Jackson Palmer, uma moeda meme fundada em 2013 e que possui atualmente um valor de mercado de cerca de U$ 570 milhões, ocupando a 20ª posição do Coinmarketcap no momento desta.

Recentemente a mesma chegou ao Top 20 das criptomoedas, embalado por nada mais do que uma comunidade que se recusa a abandonar este projeto mesmo que o seu fundador já tenho o feito.

O fundador Jackson Palmer abandonou o projeto em meados de 2015, e o sentimento na época de acordo com o mesmo é de que a “comunidade era tóxica”.

O mesmo afirma não ter ganhado dinheiro com essa criptomoeda que fundou e nem possuir a mesma, conforme entrevista para o Decrypt Media. Atualmente é funcionário da Adobe, e diz ser holder de Bitcoin, Ethereum, possui alguns Tezos entre outros tokens de ICO, o que mostra que o mesmo ainda é antenado no mercado das criptomoedas.

Dentre algumas opiniões sobre o mercado das criptomoedas, em sua entrevista Palmer disse “Eu acho que ainda é um paradigma não comprovado. Muitas pessoas têm essa fé cega de que é o futuro de tudo, e eu acho que é importante ter um pouco de ceticismo”.

De acordo com o mesmo as criptomoedas devem se manter longe de banqueiros, e diz “Se chegarmos a um ponto em que a distribuição de dinheiro em bitcoins pareça bastante idêntica à dos bancos tradicionais de Wall Street, então o que realmente conseguimos?”.

Essa reflexão é um alerta ao mercado das criptomoedas, que tenta se aproximar por vezes de bancos e no Brasil está a enfrentar sérios desafios.

A visão inicial de Satoshi Nakamoto se mostra presente no discurso de Jackson Palmer, que apesar de se manter longe do projeto que fundou ainda acompanha de longe a comunidade e opinou que acha difícil que os rumores de que a Dogecoin poderia ser listada na Coinbase seja verdade, “Não há como enviar toda a documentação legal que o Coinbase exige. Não é de modo algum provável que eles consigam”.

Saiba o preço da Dogecoin em tempo real pela Calculadora Livecoins.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Rothschild investe R$ 26 milhões em Ethereum

A Rothschild Investment adquiriu mais de 265.302 ações da Grayscale Ethereum Trust, marcando seu primeiro investimento em Ethereum, o ativo digital nativo da plataforma...

Banco central da Turquia proíbe uso de Bitcoin para pagamentos

O banco central (CBRT) da Turquia proibiu o uso de Bitcoin no país, alegando que as criptomoedas possuem riscos significativos devido a volatilidade, transações...
Dogecoin

Dogecoin dispara 120% e supera marca de R$ 1,50, valorização de 14.555% em um...

A criptomoeda meme Dogecoin acaba de realizar um feito histórico, valorizou 120% em poucos minutos, superou a marca de US $ 0,28 (cerca de...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias