Criador do ChatGPT recebe R$ 500 milhões para lançar criptomoeda

A Worldcoin, atualmente em fase beta, é uma criptomoeda baseada em Ethereum projetada para apoiar uma forma de renda básica universal em escala global.

Em meio ao sucesso do ChatGPT, da OpenAI, Sam Altman, CEO da empresa de inteligência artificial, tem chamado atenção com um novo projeto, a criptomoeda Worldcoin, que busca revolucionar a identidade digital.

A empresa de tecnologia Tools for Humanity, apoiada pelo criador do ChatGPT, anunciou hoje o encerramento de sua rodada de financiamento de série C, liderada pela Blockchain Capital, com um valor total arrecadado de impressionantes US$ 115 milhões.

A startup tem como objetivo direcionar os fundos para uma variedade de projetos, com destaque para o desenvolvimento de uma alternativa ao tradicional CAPTCHA, que há muito tempo tem sido ridicularizado por sua eficácia limitada na distinção entre bots e humanos.

A proliferação de bots tem sido um desafio persistente para projetos baseados em blockchain e criptomoedas, à medida que sistemas automatizados cada vez mais avançados, alimentados por inteligência artificial, são capazes de contornar as soluções tradicionais, como o CAPTCHA.

Worldcoin arrecada 115 milhões de dólares

A Tools for Humanity se junta a outras empresas, como a Civic, que lançou um conjunto de ferramentas no ano passado para impedir que bots tirem vantagens do mercado de criptomoedas, limitando o número de carteiras que uma única conta pode usar.

Embora o valor exato do investimento da Blockchain Capital não tenha sido divulgado, a série C atraiu outros investidores notáveis, incluindo a a16z, Bain Capital Crypto e Distributed Global.

Além do desenvolvimento de soluções antifraude, a Tools for Humanity também direcionará os fundos para pesquisa e desenvolvimento contínuos e expansão de seu projeto principal, o Worldcoin e o World App.

Spencer Bogart, sócio geral da Blockchain Capital, compartilhou insights sobre a visão por trás da iniciativa: “A ideia é criar um novo primitivo para a Internet, que permita que qualquer aplicativo distinga de maneira fácil e rápida entre máquinas e humanos, ou bots e humanos. Isso nos levou a trabalhar mais de perto com nossa equipe de engenharia para avaliar verdadeiramente a magnitude do problema que já existe.”

Worldcoin

Com sede em San Francisco, Califórnia, a Tools for Humanity tem atraído talentos de renome de empresas como Electric Coin Company, Revolut, Uber, Block, Twitter e Apple, impulsionando seu crescimento e expertise no setor.

O anúncio ocorre apenas uma semana após relatos de que o cofundador da Worldcoin e CEO da OpenAI, Sam Altman, estava explorando uma nova rodada de financiamento com uma meta inicial de US$ 100 milhões.

A Worldcoin, atualmente em fase beta, é uma criptomoeda baseada em Ethereum projetada para apoiar uma forma de renda básica universal em escala global.

O projeto aspira a se tornar a maior e mais inclusiva rede financeira e de identidade do mundo, centrada no World ID e no token Worldcoin, com a ambição final de se tornar uma entidade semelhante a uma DAO, com tomada de decisão descentralizada.

Embora cidadãos dos EUA e de outras áreas restritas não possam receber Worldcoins, a Tools for Humanity já registrou quase dois milhões de usuários em cinco continentes.

No entanto, o projeto tem enfrentado resistência em relação à sua abordagem para verificação de identidade. Ao utilizar varreduras de retina no processo denominado “Proof of Personhood” (Prova de Identidade), o projeto gerou ceticismo e preocupação em relação à privacidade e à confiança em uma empresa de tecnologia.

A Tools for Humanity assegura que todas as varreduras oculares são destruídas após o processamento, mas os críticos permanecem cautelosos, incluindo o famoso Edward Snowden.

Apesar das dúvidas, Spencer Bogart, da Blockchain Capital, expressou confiança de que a Tools for Humanity cumprirá suas promessas e ressaltou a importância da transparência:

“Esperamos que a Worldcoin possa fornecer mais informações de forma aberta, o que dará a mais pessoas essa garantia. É um grande obstáculo para eles – é algo que eles precisam superar porque, em última análise, as pessoas devem ser céticas até se sentirem confiantes de que esse é realmente o caso.”

Com o apoio financeiro e a visão da Tools for Humanity, espera-se que seus projetos revolucionem a forma como lidamos com a segurança digital e a identidade na era moderna da tecnologia.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias

Últimas notícias