Criptomoeda da Binance dispara com rumores de fim de investigação nos EUA

Desde o processo da CFTC, e mais tarde da SEC, a Binance já perdeu diversos executivos, realizou cortes de benefícios e também demissões em massa enquanto culpava a pressão regulatória.

A Binance Coin (BNB) chegou a valorizar mais de 10% na tarde desta segunda-feira (20) após a Bloomberg noticiar que o Departamento de Justiça dos EUA, o DoJ, estaria pronto para oferecer um acordo para encerrar uma investigação contra a corretora.

A quantia do acordo estaria em mais de US$ 4 bilhões (R$ 19,4 bilhões). Mesmo assim, a soma não assustou os investidores, que fizeram o BNB ganhar mais de US$ 3 bilhões em valor de mercado com sua alta de 10%.

Tratando-se da maior corretora de criptomoedas do mercado, a notícia também afetou positivamente o Bitcoin, que chegou aos US$ 37.770 enquanto acompanhava a alta da Binance Coin.

Changpeng Zhao, fundador da Binance, pode ser processado pelo Departamento de Justiça americano

Apesar da animação do mercado com o possível acordo entre o Departamento de Justiça e a Binance, a matéria da Bloomberg cita que Changpeng Zhao pode enfrentar acusações criminais nos EUA. As investigações do DoJ estariam relacionadas a lavagem de dinheiro, fraude bancária, violações de sanções e outros crimes.

Nascido na China, mas autoproclamado canadense, atualmente o fundador e CEO da Binance está morando em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. Segundo a Forbes, sua fortuna está avaliada em US$ 10,2 bilhões, sendo a pessoa mais rica do setor cripto.

Em comparação à multa estimada em US$ 4 bilhões da Binance, a Volkswagem pagou um valor similar (US$ 4,3 bilhões) em 2017 para encerrar um processo sobre um esquema de fraude de emissões em seus motores a diesel. Já a BP (British Petroleum) foi condenada a pagar US$ 20,8 bilhões em 2015 por um vazamento de óleo no Golfo do México.

Além da multa bilionária, Changpeng Zhao também poderia ser processado pelos EUA. Desde o processo da CFTC, e mais tarde da SEC, a Binance já perdeu diversos executivos, realizou cortes de benefícios e também demissões em massa enquanto culpava a pressão regulatória.

Apesar da crise, a Binance continua sendo a maior corretora de criptomoedas do mundo tanto no mercado à vista quanto de derivativos. Cotada a US$ 256, a Binance Coin (BNB) continua na 4ª posição entre as maiores criptomoedas do mundo, atrás apenas do Bitcoin (BTC), Ethereum (ETH) e da stablecoin Tether (USDT).

Zhao e Binance não responderam às tentativas de contato da Bloomberg, primeira a noticiar o possível acordo citando uma fonte anônima. Nas redes sociais, o silêncio também prevalece. O Departamento de Justiça também não se pronunciou sobre as revelações.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias

Bitcoin 2024

Últimas notícias