Criptomoeda IOTA rumo à descentralização

Solução para centralização foi anunciada no último dia 28 de maio de 2019!

Siga no

Certamente para os mais críticos da criptomoeda IOTA, este é um projeto centralizado. Isso porque para um projeto descentralizado, não existir ponto central é algo básico. Com isso, foi anunciado pela Fundação o projeto para levar a IOTA rumo à descentralização.

Criptomoeda IOTA rumo à descentralização com fim do Coordinator

Desde meados de 2018, a Fundação IOTA já vem anunciando seus planos para desligar o Coordinator. Isso porque, há ainda um ponto central no projeto, que inicialmente foi concebido para propósitos de segurança da rede.

Entretanto, uma vez que essa rede crescesse, havia planos para desligar essa autonomia da Fundação Iota. Com isso, no último dia 28 de maio, a Iota anunciou a solução chamada Coordicide.

A Fundação Iota anunciou ainda o lançamento do website Coordicide. Com isso, fica definido que a comunidade terá um espaço para acompanhar o trabalho rumo à descentralização. Além disso, a Fundação acredita que a Iota será a primeira blockchain descentralizada e escalável já construída.

IOTA acredita que solução irá permitir grandes inovações

A Fundação Iota pediu na nota que desenvolvedores interessados em conhecer mais sobre o projeto acesse o novo website. Por lá, foram disponibilizados vários documentos explicando o momento pós-coordinator, que será de completa descentralização.

Certamente a comunidade esperava por novidades neste sentido, fato que repercutiu nos preços da criptomoeda. Nas 24 horas após o anúncio a Iota (MIOTA) teve uma valorização de mais de 16%, mostrando que o Coordinator tem um imenso potencial. No momento da escrita deste, a moeda desvaloriza mais de 9% junto com todo o mercado de criptomoedas.

Acesso em 29/05/2019 / Fonte: https://livecoins.com.br/coin-market-cap-capitalizacao-de-mercado-criptomoedas/

Fundação IOTA tem amadurecido com o processo

Em nota, a Fundação responsável pelo projeto afirmou estar amadurecendo com o processo Coordicide, que começou em 2018. Isso porque, todo o material que foi colocado no website será a base para as novas implementações.

A Fundação acredita que isso será possível de ser realizado, e irá trabalhar em cima com a comunidade. Em nota, a Iota disse que a próxima etapa será um marco para essa rede, possibilitando maior liberdade aos usuários.

Nova etapa do projeto está sob análise da comunidade de criptomoedas

Em uma discussão no Reddit sobre o projeto, Vitalik Buterin, cofundador da Ethereum colocou dúvidas sobre a inovação apresentada. Isso porque, na visão do atual CEO da segunda maior rede, o Coordicide se parece com a Avalanche.

Vitalik compartilhou sua visão também pelo Twitter, ao ser indagado por um usuário. Com isso, a nova etapa para a IOTA começa com olhares atentos da comunidade de criptomoedas, que aguarda pelo desenvolvimento do Coordicide.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Robert Kiyosaki Imagem: Instagram

“Compre Bitcoin e Ethereum antes do maior crash da história”, alerta autor de “Pai...

Robert Kiyosaki, o autor do livro de finanças pessoais "Pai rico, Pai Pobre", insiste que as pessoas se protejam da maior crise do mundo,...
Elon Musk alerta sobre criptomoedas. Imagem: TMZ

Elon Musk pede agilidade para que Dogecoin faça melhorias

Após passar um tempo afastado das criptomoedas, esta semana Elon Musk voltou a se mostrar mais ativo no Twitter. Após a AMC divulgar estar...
Itajaí Moeda digital de recompensa

Itajaí vai dar moeda digital para quem contribuir com meio ambiente

O município de Itajaí, no estado de Santa Catarina, vai dar uma moeda digital para a população que contribuir com o meio ambiente. A novidade...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias