Criptomoedas são perigosas, livre-se delas, diz Tim Berners-Lee, o pai da internet

“Não guarde a criptomoeda, livre-se dela, coloque-a de volta em dólares imediatamente”, opina Berners-Lee, concluindo que as criptomoedas podem ter alguma utilidade, pois pode ser usada para transferir dinheiro de forma rápida.

Perigosas, especulativas, bolhas e jogos de azar, foi assim que Tim Berners-Lee, o inventor da World Wide Web (www) classificou as criptomoedas em um episódio do podcast “Beyond The Valley” da CNBC.

Discutindo o futuro da internet, Berners-Lee disse que as criptomoedas são apenas especulação e as comparou à bolha pontocom, na qual as ações da internet estavam altamente infladas.

Considerado o pai da Internet, Lee também disse que a natureza especulativa das criptomoedas as torna uma forma de jogo de azar da qual as pessoas procuram “se divertir”.

“É pura especulação. Obviamente, isso é muito perigoso”, disse Berners-Lee ao podcast Beyond The Valley da CNBC.“Investir em certas coisas que são puramente especulativas não é onde eu quero gastar meu tempo.”

Pai da Internet

Tim Berners-Lee é um cientista da computação britânico, conhecido como o inventor da World Wide Web. Ele desenvolveu a ideia de usar hipertexto para criar uma rede de informação global enquanto trabalhava no CERN, a Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear, na década de 1980.

Berners-Lee é considerado uma figura importante na história da tecnologia, pois a World Wide Web revolucionou a forma como as pessoas acessam e compartilham informações e conhecimentos.

Além de sua contribuição para a criação da Web, Berners-Lee é conhecido por defender a liberdade na Internet e pela privacidade dos usuários. Atualmente, ele dirige a World Wide Web Foundation e a startup Inrupt, com o objetivo de reformular a Web e dar às pessoas mais controle de seus dados.

Web3

Berners-Lee está buscando reformular o futuro da internet com sua startup Inrupt, ao lado de John Bruce. Durante o podcast, ele disse que a Web 3.0 é sua própria proposta para reformular a internet, diferenciando-a da Web3. Ele afirmou que a Web 3.0 não é baseada em blockchain, sugerindo que a tecnologia não é rápida ou segura o suficiente.

Muitos especialistas falam sobre o futuro da internet em termos de Web3, uma palavra genérica sem significado claro, que é frequentemente associada à tecnologia blockchain. No entanto, Berners-Lee disse que o futuro da internet é a “Web 3.0”, que ele distingue da Web3.

Berners-Lee prevê a Web 3.0, um projeto de descentralização da web, como a futura iteração da internet. É sua própria proposta para moldar a internet que dará às pessoas mais controle sobre seus dados, mas “Não é blockchain”, afirma.

Apesar das críticas às criptomoedas, o criador da web disse que as moedas digitais podem ser úteis para remessas, se forem “imediatamente convertidas em moeda fiduciária quando forem recebidas.”

“Não guarde a criptomoeda, livre-se dela, coloque-a de volta em dólares imediatamente”, opina Berners-Lee, concluindo que as criptomoedas podem ter alguma utilidade, pois pode ser usada para transferir dinheiro de forma rápida.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Livecoins
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

Últimas notícias