Declaração de Bitcoin e outros criptoativos no bear market – não caia nessas ciladas

Hoje vamos falar sobre erros de tributação muito comuns durante o bear market e dar dicas para você não cair nessas ciladas.

Mas, afinal de contas, o que significa a expressão bear market? Se você é novo no mercado, é possível que ainda não esteja familiarizado. Então vamos lá!

Acredita-se que o uso dos termos “touro” e “urso” para descrever os mercados foi inspirado na maneira como os animais atacam seus oponentes. Um touro empurra seus chifres para o ar, ao passo que um urso desliza suas patas para baixo. Essas ações são metáforas para o movimento do mercado. Se a tendência for de alta, é um mercado de touro. Se a tendência for de baixa, é um mercado em baixa.

Portanto, bear market é quando o mercado experiencia um declínio prolongado dos preços e o sentimento predominante é o de pessimismo.

Entendi. Ok. E agora? O que eu posso fazer para minimizar os efeitos dessa baixa em meus criptoativos?

Gente, o contexto de um mercado baixista é o cenário ideal para se abordar temas como gestão de risco, administração e pulverização de carteiras, etc., mas o meu foco aqui é chamar a atenção para erros fiscais muito comuns que você não deve cometer.

Da IN1888

O mercado em baixa não o exime de entregar o reporte mensal IN1888 à Receita Federal. Lembrando que a obrigação é tão-somente de informar, mas, em caso de descumprimento, você incorrerá em multas.

Portanto, muita atenção: se existe a obrigação, você deve cumpri-la.

Do limite de isenção

-Aí você me diz que está operando pouco, sempre abaixo do limite de isenção. Inclusive, ouço com frequência a seguinte frase: “Eu saquei menos de 35 mil por mês”.

Genteee, pela milionésima vez, não existe esse limite de isenção para saques, ok? O limite de isenção diz respeito exclusivamente à soma das alienações realizadas no decorrer do mês, quando estas não ultrapassarem 35 mil reais. O CÁLCULO NÃO É SOBRE LUCRO DE 35 MIL REAIS.

– “Eu estou em dolarizado em stablecoin, não transitei em moeda fiduciária”.

Bingo! Equívoco clássico.

A pessoa tem o seu capital distribuído em criptomoedas diversas, e, ao se assombrar com a baixa, converte tudo para STABLECOINS. E ainda se justifica: “Dolarizei tudo em stablecoins, então está tudo ok”.

Esse é sem dúvida um dos equívocos mais graves.

Vamos atentar para o fato de que permuta é tributável, ok? Ao converter seus ativos para stablecoins, você inadvertidamente realiza os seus investimentos. E sobre essa operação incide imposto, sim. Você simplesmente antecipou, na íntegra, o vencimento de todos os seus ganhos de capital até o momento. Grave equívoco. E caro.

Do controle de estoque

“Operei pouco, não preciso controlar nada.”

Afirmação absolutamente equivocada. Operar criptomoedas, ainda que abaixo de quaisquer limites, implica atualização do estoque. Do contrário, como saber se ultrapassou algum limite? Como irá apurar corretamente o seu saldo no fim do ano?

Portanto, mantenha sempre o controle mensal do seu estoque.

Pânico instaurado

“Vou realizar tudo!”

Gente, apenas realiza prejuízo quem vende, não quem segura.

Dica: analise o seu perfil como investidor.

“Calculei todos os meus impostos e tomei um baque.”

Calma, lembre-se de que a Receita concede um prazo máximo de cinco anos para a retificação das declarações. Ainda, havendo a obrigação de pagar, saiba que você pode recorrer ao parcelamento, em até 60x, dos impostos sobre seus ganhos de capital.

Caros leitores, fiz essa pequena lista dos erros mais comuns no intuito de tentar acalmar os ânimos dos investidores.

Vivemos um momento de apreensão – vide os problemas relacionados a saques que têm assombrado muitos investidores –, e some-se a isso a sensação coletiva de perda típica de um bear market, fatores que sem dúvida alguma afetam o sono e a sanidade dos investidores.

Mas bora comigo, gente. Vamos continuar acompanhando o mercado, fazendo a lição de casa. E, principalmente, evitem causar maiores transtornos a si próprios, ok? Não deixem que as tribulações do mercado afetem a sua capacidade de julgamento e ameacem a saúde dos seus investimentos.

Aproveite e leia nosso ebook “Como Declarar Bitcoin e Outros Criptoativos”. Municie-se de informações de qualidade e garanta uma trajetória de sucesso como investidor, seja no bear ou no bull market!

Beijo da Loira!

Vem comigo!

Baixe o NOVO ebook – ‘Como Declarar Bitcoin e Outros Criptoativos no Imposto de Renda –

https://abrir.link/CUm1d

CURSO: ‘Tributação de Criptoativos – Abordagem prática para contadores’

https://www.curso.declarandobitcoin.com.br/

Siga no Twitter https://twitter.com/declarandobtc

Curte a página no Facebook https://www.facebook.com/declarandobitcoin/

Acompanha também no Instagram https://www.instagram.com/declarandobitcoin/

Telegram https://t.me/declarandobitcoin

Tik Tok https://vm.tiktok.com/ZMdo9X2W8/

Linkedin https://www.linkedin.com/in/ana-paula-rabello-declarandobitcoin/

Youtube https://www.youtube.com/c/DeclarandoBitcoin

Chama no whats 📲 + 55 (51) 99893-2200

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Ana Paula Rabellohttps://www.declarandobitcoin.com.br/
Contadora, Perita Judicial e Especialista em Imposto de Renda

Últimas notícias