Diretor da Ripple na América Latina dá cinco dicas para trabalhar na área

Luiz Antonio Sacco compartilhou sua visão para quem espera entrar na área.

Siga no
Diretor Geral da Ripple na América Latina, Luiz Antonio Sacco
Diretor Geral da Ripple na América Latina, Luiz Antonio Sacco - Reprodução

Com a pandemia do novo coronavírus deixando muitos desempregados no Brasil e no mundo, muitos buscam áreas novas para trabalhar. Para quem espera trabalhar com a tecnologia blockchain, o Diretor da Ripple na América Latina deu cinco dicas básicas para esses profissionais.

O mercado certamente não está para peixe, como diria o famoso ditado popular que faz alusão a uma situação fora do controle. Com a chegada da pandemia do COVID-19, muitos profissionais encontram desafios na hora de conseguir um emprego.

Apenas no mês de maio, de acordo com dados divulgados pelo Ministério da Economia nesta quinta (21), houve um aumento de 76% nos pedidos de seguro desemprego. A medida mostra que o mês de maio poderá fechar com um cenário ainda mais desafiador, devendo os interessados em buscar uma oportunidade olhar com carinho para as novas áreas do futuro.

Cinco dicas para trabalhar com a tecnologia blockchain, por diretor da Ripple
Cinco dicas para trabalhar com a tecnologia blockchain, por diretor da Ripple – Reprodução

Em participação no Channel360TV, Diretor Geral da Ripple na América Latina deu cinco dicas fundamentais para quem quer trabalhar nessa área

A criptomoeda Ripple é uma das principais do mercado, ainda que tenha um funcionamento diferente do Bitcoin, a principal moeda do mundo. Com uma comunidade mundial, a Ripple tem por trás uma empresa que cria soluções de blockchain empresarial.

Com vagas de trabalho abertas pelo mundo, a Ripple possui uma grande equipe e chegou até a abrir escritório no Brasil. A frente do projeto na região da América Latina, está o Diretor Geral Luiz Antonio Sacco.

Em participação no Channel360TV, o diretor da Ripple compartilhou cinco dicas básicas para quem busca um trabalho na área de blockchain. A primeira dica que Luiz Antonio considera fundamental é o Conhecimento, uma vez que um interessado em trabalhar na área deve conhecer a tecnologia.

Esse é o ponto de partida, é fundamental conhecer os conceitos de descentralização, criptografia, rastreabilidade, imutabilidade de registros

Tecnologia Blockchain
Tecnologia Blockchain

Tecnologia é transformadora e resolve problemas reais

De acordo com Luiz Antônio a dica número 2 é proatividade e sociabilidade. Os interessados em trabalhar com blockchain devem correr atrás, tanto de conhecimento, quanto acompanhar as comunidades. Para ele participar de eventos também é fundamental para conhecer pessoas e desenvolver novos negócios.

Na terceira posição, o diretor afirmou que as pessoas devem ser flexível para trabalhar com a nova tecnologia. O diretor da Ripple na América Latina afirmou que a tecnologia blockchain é nova, mas terá uma evolução assim como foi no carro. Logo, se manter atentos as mudanças, é importante em um mercado novo.

Uma dica importante que ficou na quarta posição é a curiosidade. O especialista apontou que novos conteúdos estão disponíveis diariamente e acompanhar o noticiário do mercado é muito importante.

Por fim, Luiz Antônio destacou que é necessário manter o foco ao buscar trabalhar neste mercado.

Trabalhar em setores inexplorados traz vários desafios, e muito ceticismo. Quando o Google surgiu ele também deve ter passado por esse processo logo quem busca uma oportunidade na área deve se manter firme

O conhecimento é adquirido com estudo e é importante para conseguir um bom emprego
O conhecimento é adquirido com estudo e é importante para conseguir um bom emprego

Capacitação é a chave para conseguir qualquer trabalho, inclusive para programadores

Vários cursos para quem pretende aprender mais sobre blockchain estão disponíveis online. Dessa forma, uma vasta quantidade de cursos já foram criados, por exemplo, para programadores em blockchain.

Neste ponto o estudo de linguagem de programação como Java, C++, Java Script, Node.js, Solidity, são diferenciais no setor. Várias empresas do mercado de criptomoedas tem mostrado um potencial enorme de desenvolvimento para os próximos anos. Com o mercado sendo novo, mesmo com todos os desafios, há também diversas oportunidades.

Confira a fala do Diretor da Ripple na América Latina na íntegra abaixo, e fique atento às dicas para conseguir um bom trabalho na área de blockchain:

Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Miami pode ser a primeira cidade a ter reservas em Bitcoin

O prefeito de Miami, Francis Suarez, vem, desde dezembro de 2020, considerando apostar no Bitcoin para fazer parte das reservas da cidade. Segundo Suarez,...
PayPal e Bitcoin criptomoedas blockchain

Ações do PayPal podem valorizar 46% “graças ao Bitcoin”, diz analista

Por causa do Bitcoin, o PayPal pode alcançar uma incrível valorização no preço das suas ações. Um analista da Mizuho Securities elevou sua estimativa...

Irã sofre com apagões, governo culpa mineração de Bitcoin

O governo do Irã tem apontado que os recentes apagões ocorridos no país têm sido causados pelo alto consumo das fazendas de mineração de...

Cotações por TradingView

Últimas notícias

Ações do PayPal podem valorizar 46% “graças ao Bitcoin”, diz analista

Por causa do Bitcoin, o PayPal pode alcançar uma incrível valorização no preço das suas ações. Um analista da Mizuho Securities elevou sua estimativa...

Irã sofre com apagões, governo culpa mineração de Bitcoin

O governo do Irã tem apontado que os recentes apagões ocorridos no país têm sido causados pelo alto consumo das fazendas de mineração de...

Banco Central da Nova Zelândia é hackeado

Há uma semana, no domingo (10), o Banco Central da Nova Zelândia foi alvo de um ataque hacker que deixou graves consequências. As autoridades...

Binance abre inscrições para voluntários no Brasil

Quem busca empreender com criptomoedas ou mesmo ingressar nas comunidades brasileiras, uma oportunidade de aprendizado surgiu nos últimos dias. A Binance, a maior maior...

Uganda desliga internet, comércio de bitcoins para de funcionar

Na véspera das eleições presidenciais, o governo da Uganda bloqueou, sem avisar, a Internet de toda população. Isso ocorreu depois de os ugandeses contornarem...