Dívida dos EUA se aproxima de US $ 30 trilhões

Atualmente esse número pode dobrar, ou ficar ainda maior, especialmente quando se contabilizam taxas de juros mais altas e o fato de que o enorme déficit não está diminuindo.

A dívida do governo dos Estados Unidos está se aproximando de 150% do seu PIB, sem dúvida o nível mais alto da história. O nível da dívida do governo americano está atualmente na casa dos 29 trilhões de dólares (R$ 164 tri) pela primeira vez, um aumento de 8 trilhões (R$ 48 tri) em apenas dois anos.

O governo Biden agora está gastando 3 trilhões de dólares a mais do que arrecada em impostos, um aumento de 3 vezes em relação ao déficit de 1 trilhão de dólares em 2019.

Esse déficit deve cair, mas combinado com os gastos estaduais, o governo agora responde por quase 50% do PIB.

Essa pode ser uma das razões para a desaceleração significativa no crescimento nos últimos anos em relação aos anos 80 e décadas anteriores, pois um fardo maior foi colocado no livre mercado para apoiar os departamentos governamentais que geralmente são burocráticos.

US government debt, spending, deficit and other stats, Dec 2021
Dívida, gastos, déficit e outras estatísticas do governo dos EUA, dezembro de 2021

Como o Japão, a Itália e outros países mostraram, quanto mais se aumenta a dívida do governo, mais a economia tende a ficar estagnada, pois cada vez mais a produtividade precisa cobrir o peso morto: o pagamento de juros.

Taxas de juros

As taxas de juros devem subir dentro de um ano, algo que aumentará o já alto custo de guarnecer esta dívida, com o Escritório de Orçamento do Congresso (CBO) estimando, ainda em 2019, que mesmo no nível de dívida de 21 trilhões de dólares, cerca de $7 trilhões teriam que ser gastos apenas para pagar juros ao longo desta década.

Atualmente esse número pode dobrar, ou ficar ainda maior, especialmente quando se contabilizam taxas de juros mais altas e o fato de que o enorme déficit não está diminuindo.

O governo, portanto, terá que diminuir o seu tamanho ou os impostos terão que ser aumentados significativamente para que a dívida do governo fique próximo ao seu controle.

Alternativamente, o governo pode se envolver em reformas para promover o crescimento, incluindo a revogação das proibições de investimento e uma liberalização da formação de capital para estimular a inovação e, assim, aumentar o crescimento e a produtividade.

Até o momento, a abordagem de Biden tem tido foco apenas no aumento dos impostos, embora ele cite que isso vale apenas para pessoas que ganham mais de 400.000 dólares por ano, todos sabem que um aumento nos impostos geralmente significa que a classe média é quem pagará esta diferença.

Pode haver uma reorganização com o aumento progressivo em pontos como imposto sobre herança, mas fundamentalmente o problema pode ser a relação entre o Estado e a economia e o fato de o Estado ser muito grande.

Empresas

Cada vez mais o estado está decidindo o que é produzido e consumido, ao invés do povo, e, portanto, estamos vivendo em uma economia cada vez mais parecida com a da União Soviética, embora de um tipo diferente, onde o governo em vez de possuir e administrar empresas como a Iron Inc, acaba tendo cada vez mais poder sobre quais Iron Incs podem ser lucrativas, decidindo com quem os contratos são realizados.

O Google, por exemplo trabalha com o governo e, assim como outros contratos, isso acaba criando uma barreira para a competição porque uma nova startup não vai conseguir esses contratos enormes e, portanto, não terá grandes margens de lucro para competir.

Isso pode explicar por que dívidas mais altas significam mais estagnação. Não apenas em números, embora esses custos também sejam um fardo, mas porque o Estado consegue ter cada vez mais controle sobre a economia e, desta forma, pode cancelar a competição natural, matando completamente o livre mercado.

Em contraste, os gastos do governo da China, ostensivamente comunista, representaram apenas 20% de seu PIB na última década. Mesmo agora, os níveis de dívida do governo estão em 60%, enquanto os EUA não estão em boa forma.

Curiosamente, e isso pode ser uma coincidência, os 37% dos gastos do governo em 2020 e essa dívida de 60% do PIB são os números do Reino Unido, pouco antes do colapso bancário. Coincidentemente o mesmo está acontecendo com a China agora, com um colapso do mercado imobiliário.

Dito isso, pode haver uma causa e efeito muito diretos aqui e, portanto, uma dívida que está chegando a casa dos 150% do PIB é altamente preocupante visto que ela pode muito bem desligar o motor do livre mercado, como provavelmente aconteceu no Japão.

Como tal, esses gastos precisam ser controlados, por meio de uma combinação de liberalização, impostos inteligentes e tornando o governo mais enxuto, porque ele claramente tem gordura demais, já que todo esse gasto deficitário não está fazendo com que a economia americana cresça de forma alguma.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
TrustNodeshttps://trustnodes.com
News on all things Blockchain, Ethereum, IoT, Fintech and Bitcoin.

Últimas notícias