Dogecoin valoriza 500% em 24 horas e bate recorde histórico

Dogecoin há muito tempo atraiu o interesse do varejo no mercado de criptomoedas, pois é baseado em um meme popular.

Siga no
Dogecoin no carrinho de compra
Dogecoin no carrinho de compra

A criptomoeda Dogecoin valorizou 500% nas últimas 24 horas e bateu um novo recorde de preço. A moeda digital atingiu a marca de US$ 0,050 nas principais corretoras do mundo fazendo seu valor de mercado total superar US$ 5 bilhões e se tornar a 13ª criptomoeda mais valiosa do mundo.

A alta começou depois que alguns membros do grupo WallStreetBets começaram a focar na criptomoeda. Uma conta chamada “WSBChairman”, que diz ser o “presidente” do fórum, tuitou sobre o DOGE na noite passada, iniciando um movimento que fez a moeda sair de US$ 0,01 para US$ 0,05 agora.

Abaixo está uma captura de tela das menções recentes do WallStreetBets no Reddit sobre a Dogecoin. Eles planejaram comprar a criptomoeda em massa para desencadear um movimento semelhante ao que foi visto com as ações da Gamestop.

Dogecoin WallStreetBets
Dogecoin WallStreetBets

Outro motivo que fez a moeda valorizar foi a integração com a plataforma Flare, um protocolo que permite que a máquina virtual Ethereum seja integrada em redes privadas e públicas, adicionando a funcionalidade de contrato inteligente a elas.

Elon Musk

Dogecoin há muito tempo atraiu o interesse do varejo no mercado de criptomoedas, pois é baseado em um meme popular. Muitas pessoas citam a DOGE como a razão pela qual entraram no mercado de criptomoedas.

Elon Musk é um grande fã da Dogecoin, apesar de não investir no ativo, ele vive comentando sobre ela em seu Twitter. Com a alta recente, o CEO da Tesla e SpaceX publicou uma imagem de uma revista chamada “Dogue“.

Isso fez a moeda disparar pelo menos US$ 0,01 em menos de uma hora.

Vale lembrar que em julho do ano passado, Musk escreveu em seu Twitter sobre a perspectiva de usar a tecnologia da criptomoeda Dogecoin como um sistema financeiro global. Pouco depois, a moeda valorizou 17%.

Valorização de 1500%

Apesar de sofrer uma correção depois de encostar nos 500% de lucro nas últimas 24 horas, a Dogecoin tem uma alta acumulada de 400% nos últimos 7 dias.

Se uma pessoa tivesse comprado a moeda digital no mês de dezembro de 2020, o lucro agora seria de 804%.

A alta no acumulado de um ano é de 1562%. Isso é, qualquer um que comprou o ativo digital no início do ano passado com certeza está feliz agora.

Dogecoin valorização ano
Dogecoin valorização ano

Alerta

É importante lembrar que a criptomoeda Dogecoin surgiu como uma brincadeira e acabou perdendo controle.

Aqueles que pensam que ficarão ricos comprando agora (na alta) para vender mais tarde, podem estar correndo um risco enorme e devem saber que podem perder todo o dinheiro investido.

A moeda tem suprimento praticamente infinito e ninguém pode garantir que o ativo vai continuar subindo.

Um investidor pode muito bem encher o bolso de Dogecoin agora, mas se o ativo valorizar, ele pode não conseguir vender, afinal, outras milhares de pessoas querem fazer o mesmo e estão, também, com os bolsos cheios de mais e mais dogecoins.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

DeFi: três setores de grande potencial

De acordo com dados da Messari, o volume trimestral das Corretoras Descentralizadas (DEXs) no final do segundo trimestre de 2021 foi de R$ 2...
Criptomoeda Tether com sinais vermelhos

Michael Burry faz alerta sobre criptomoeda Tether

O lendário trader Michael Burry compartilhou em seu Twitter que a criptomoeda Tether pode estar no meio da confusão da Evergrande na China. Vale notar...
Dedo encostando em aplicativo da Binance

Binance está sendo investigada por manipulação de mercado, diz Bloomberg

A maior corretora de criptomoedas do mundo, Binance, está sendo investigada nos Estados Unidos por suposta manipulação de mercado e inside trading, de acordo...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias