Eduardo Suplicy fala sobre renda básica universal no evento Ethereum Rio

Ex-senador no Brasil pelo Partido dos Trabalhadores (PT).

Eduardo Suplicy fala sobre renda básica universal em blockchain
Eduardo Suplicy fala sobre renda básica universal em blockchain /Reprodução: Ethereum Rio

O ex-senador Eduardo Suplicy foi ao evento Ethereum Rio para explicar o que pensa sobre a Renda Básica Universal e como ela pode se beneficiar da tecnologia blockchain.

O assunto não é muito novo dentro da comunidade Ethereum, que já viu nascer o projeto chamado “Proof of Humanity”, criado por Santiago Siri. Ou seja, soluções de UBI (Universal Basic Income) não são novidades na comunidade.

Marcos Galperin, CEO do Mercado Livre, testou essa plataforma blockchain de renda básica universal que recompensa seus usuários em março de 2021, mostrando que a solução chama atenção de grandes empresários. No evento que acontece no Rio de Janeiro o assunto acabou voltando a ser discutido.

Eduardo Suplicy fala sobre UBI no evento Ethereum Rio

Em sua participação no Ethereum Rio, que teve um dia de transmissão pela Twitch, vários assuntos foram discutidos pelos convidados, inclusive sobre Renda Básica Universal, com Eduardo Suplicy.

Entrevistado por Camila Rioja, ele explicou que essa renda é um direito de todas as pessoas, não importando origem, raça, sexo, condição econômica social, em participar da riqueza do país, recebendo um rendimento que atende as necessidades básicas de todas as pessoas.

Ele indicou que o Pelé, a Xuxa e presidente do país, por exemplo, podem receber, pois, a renda básica é para todos. A vantagem de se receber uma Renda Básica Universal para membros de famílias pode refletir em toda sociedade, disse o ex-senador, visto que os índices de criminalidades, prostituição, entre outros pode diminuir.

Neste ponto ele citou a música o Homem na Estrada, do Racionais MC’s, que indica um relato de um personagem que saiu do crime e nunca mais quer voltar a cometer delitos. Na visão de Suplicy, caso as pessoas recebam uma renda básica universal essa música seria uma realidade em muitas famílias.

Renda básica universal na blockchain? Ex-senador não comentou diretamente

Ao explicar sobre o assunto, Eduardo Suplicy foi questionado sobre o vínculo da Renda Básica Universal em blockchain, sendo que em Ethereum há projetos, além da presença desse mecanismo em outras redes.

O ex-senador lembrou que a lei brasileira, aprovada em mandato do ex-presidente Lula, garante que a Renda Básica Universal é um direito dado até estrangeiros no Brasil, não sendo negada a ninguém. Ele lembrou que Maricá tem um projeto de moeda social e há muitas moedas sociais no país e bancos comunitários, que ajuda a criar melhores condições para a população.

Ainda que em um evento da comunidade Ethereum, Eduardo Suplicy se ateve a ideia de Renda Básica Universal e não explicou como a blockchain poderia ajudar no processo. Em seu final, ele disse que o UBI poderia ser uma ferramentar de prevenção de guerras e separação de territórios de países, devendo ser instituída por governos de todo mundo.

“É hora de instituir a Renda Básica Universal em todos os países”.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias