Eleição dos EUA é acompanhada pela Ethereum e outra criptomoeda

Pela primeira vez na história de uma eleição nos Estados Unidos a tecnologia blockchain irá realizar o registro do vencedor.

Siga no
Bandeira dos EUA USA Estados Unidos da América Criptomoeda Blockchain Bitcoin Ethereum
Bandeira dos EUA/Pixabay

Pela primeira vez na história a eleição dos EUA é acompanhada pela criptomoeda Ethereum, que irá registrar até o vencedor e seus votos. Além disso, outra criptomoeda também está sendo utilizada para realizar o trabalho pioneiro.

A tecnologia das criptomoedas, também chamada de blockchain, possui uma característica exclusiva. Chamada até de protocolo da confiança, os dados registrados em uma blockchain não podem ser modificados.

Ou seja, em uma eleição polêmica como a de Donald Trump contra Joe Biden em 2020, a blockchain ganha espaço. A ferramenta foi construída por uma associação tradicional dos EUA, que permite que eleitores façam auditoria dos votos.

Ao obter o resultado, a eleição também será registrada em duas blockchains públicas diferentes.

Eleição dos EUA é acompanhada com uso da rede Ethereum e EOS

Um dos eventos mais aguardados pelo mundo em 2020 era certamente a eleição para presidente dos Estados Unidos. Isso porque, com a disputa entre Donald Trump e Joe Biden, o rumo dos próximos quatro anos da principal potência mundial está para ser definido.

Vale o destaque que a eleição deste ano é marcada por um momento ímpar, devido à pandemia do COVID-19. Mesmo assim, eleitores foram às urnas apoiar seus candidatos e o resultado da eleição é aguardado.

Para acompanhar o resultado em tempo real, a Associated Press (AP) lançou uma ferramenta inovadora. Utilizando a tecnologia das criptomoedas, a associação está acompanhando a eleição de 2020.

A API da ferramenta está aberta ao público e segue acompanhando a contagem dos votos para presidente. Para isso, a AP utilizou a blockchain da criptomoeda Ethereum e também da EOS.

Até o momento da redação desta matéria, a AP já havia contabilizado os votos de 44 estados, no total de 52. Desses, 23 haviam escolhido como presidente o Donald Trump e 21 escolheram Joe Biden.

Resultado da principal eleição do ano será registrado em duas blockchains

Considerada então a tecnologia mais promissora atualmente para registro de dados, a blockchain terá uma função nesta eleição. O resultado do pleito será também registrado em ambas as blockchains, da Ethereum e EOS.

Dessa forma, qualquer cidadão do mundo que queira auditar os votos poderão fazê-lo. Essa iniciativa pode moldar como as eleições são feitas no mundo e até impactar o futuro no mundo.

Em alguns países de fato a tecnologia blockchain já é utilizada para realização de eleições. Recentemente, a Rússia usou a blockchain para a votação mais importante do país, e o processo foi até auditado por um brasileiro.

Ou seja, a adoção da tecnologia blockchain em eleições já começou e para presidente dos EUA ganha protagonismo. A Ethereum é a mais famosa criptomoeda a trabalhar com contratos inteligentes hoje. Já a EOS é um protocolo que também trabalha de forma similar a Ethereum.

Os dados da eleição serão publicados na Everipedia, uma concorrente da Wikipédia que utiliza a tecnologia blockchain. Desse modo, o resultado da eleição dos EUA para presidente será gravado em um banco de dados público e imutável.

Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Bitcoin cotação ath

Bitcoin se aproxima de maior cotação ao romper U$ 19 mil

O preço do Bitcoin se aproxima de sua maior cotação da história, ao romper U$ 19 mil nesta terça (24). Este movimento havia sido...
Deputado Estadual PT Ceará Acrísio Sena

Deputado do PT questiona privacidade do PIX

Um deputado do Partido dos Trabalhadores (PT) questionou a privacidade do PIX, novo sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central. O questionamento veio após...
BItcoin-Chocolate-Wall-Marte

Criptomoeda falsa arrecada quase R$ 300 mil em menos de 30 minutos

O criador da Yearn Finance anunciou por meio do Twitter seu novo projeto, uma plataforma de empréstimos chamada Deriswap. Golpistas atentos aproveitaram a oportunidade...

Últimas notícias

Deputado do PT questiona privacidade do PIX

Um deputado do Partido dos Trabalhadores (PT) questionou a privacidade do PIX, novo sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central. O questionamento veio após...

Criptomoeda falsa arrecada quase R$ 300 mil em menos de 30 minutos

O criador da Yearn Finance anunciou por meio do Twitter seu novo projeto, uma plataforma de empréstimos chamada Deriswap. Golpistas atentos aproveitaram a oportunidade...

EUA “esquecem” de apreender R$ 2 milhões em forks do Bitcoin

As autoridades dos EUA perderam aproximadamente $ 400 mil (R$ 2 milhões) em forks de Bitcoin em várias carteiras confiscadas de criminosos ao longo...