Elon Musk explica motivo da venda de Bitcoin pela Tesla: “show à parte”

O bilionário deixou claro que a venda não foi o ponto final desta história entre a Tesla e o Bitcoin. Portanto, é possível que a empresa volte a agitar o preço do Bitcoin no futuro.

Logotipo da Tesla, empresa de Elon Musk, e moedas de Bitcoin.
Logotipo da Tesla, empresa de Elon Musk, e moedas de Bitcoin.

Nesta quarta-feira (20), a Tesla vendeu 75% de suas reservas de Bitcoin, equivalente a quase 1 bilhão de dólares. Horas depois, o CEO da empresa, Elon Musk, contou os motivos da venda e o que pensa sobre o bitcoin.

Para o homem mais rico do mundo, as criptomoedas são um “show à parte”, entretanto, mostrou-se aberto a investir novamente em Bitcoin no futuro, afirmando que a venda “não é um veredito”.

Embora o Bitcoin estivesse apresentando uma forte retomada de preços, a notícia acabou esfriando o mercado, fazendo a criptomoeda cair 7% nas últimas 24 horas. De qualquer forma, muitos acreditam que a queda foi pequena para o tamanho da notícia, mantendo o otimismo.

Elon Musk fala sobre venda de bitcoin pela Tesla

Pegando a todos de surpresa nesta quarta-feira (20), a Tesla anunciou à venda de 75% de sua posição em Bitcoin, tendo convertido o montante para dólares durante o segundo trimestre de 2022. Horas depois, em uma chamada de conferência, Elon Musk explicou o motivo da venda.

“Apenas estávamos preocupados com a liquidez geral da empresa devido a paralisações na China.”

Indo além, também afirmou que as criptomoedas são um “show à parte” e que este assunto não é o verdadeiro foco da Tesla, hoje a maior empresa fabricante de carros elétricos do mundo.

“O objetivo fundamental da Tesla e a razão pela qual estamos fazendo isso, que é minha principal motivação aqui, é que a energia sustentável chegue mais cedo,” afirmou Elon Musk após a venda de bitcoins pela Tesla. “Esse é o nosso objetivo. Não estamos tão focados nas criptomoedas.”

Tesla pode voltar a comprar Bitcoin no futuro

De qualquer forma, o bilionário deixou claro que a venda não foi o ponto final desta história entre a Tesla e o Bitcoin. Portanto, é possível que a empresa volte a agitar o preço do Bitcoin no futuro.

“Estamos certamente abertos a aumentar nossas participações em bitcoin no futuro, então isso não deve ser tomado como um veredito sobre o bitcoin.”

Além do Bitcoin estar crescendo como alternativa ao ouro como reserva de valor, outro motivo importante de sua fala pode ter sido a liquidez do mercado. Afinal, a Tesla não deve ter encontrado problema para vender quase US$ 1 bilhão de dólares em Bitcoin, ou seja, é um ponto positivo do ativo.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias